Menu
Comidas e bebidas / Listas

Como Economizar com Alimentação em Viagens? 5 Dicas Comer Barato

Atualizado em: 15 de maio de 2020

Viagens gastronômicas estão cada vez mais em alta, porque a comida típica releva muitos aspectos da cultura e história de um local. Porém, quando o orçamento é apertado, torna-se necessário ter macetes para economizar com alimentação em viagens e ainda comer bem.

Modéstia a parte, nós somos experts em se alimentar bem, curtir a comida regional e ainda controlar o orçamento.

Por isso, reunimos 5 dicas para comer barato em viagens que sempre usamos e continuaremos a usar. No final do post, há ainda sugestões de receitas práticas para fazer mesmo viajando!

Como economizar com alimentação em viagens?

Primeiramente, gostaríamos de destacar a importância de você se alimentar bem durante qualquer viagem, evitando passar mal e tendo energia suficiente para curtir as férias.

Além disso, quem se alimenta bem tem idas ao banheiro mais regulares, algo super relevante quando se passa o dia todo fora do hotel.

Agora vamos às dicas para comer barato em bem nas viagens!

Conhecer a comida típica

Enchiladas, comida típica do México. Fonte: Wikimedia

No nosso site não faltam artigos sobre comidas típicas de diversos países e até mesmo comidas regionais.

Existem países com gastronomias milenares, que realmente são reflexo da cultura e da história do local. Mas também existem aqueles nos quais a comida típica é quase inexistente.

Vale a pena estudar a gastronomia do seu próximo destino de férias para entender o que os moradores realmente comem.

Normalmente, as comidas do dia a dia têm bons preços, porque têm como público os residentes e não os turistas.

Também é importante estudar as comidas típicas para saber o que pedir nos restaurantes, aumentando suas chances de acertar no prato escolhido.

Pesquisar os restaurantes baratos

Fonte: Yelp

Mesmo que você queira evitar fazer refeições em restaurantes por causa do orçamento, vale a pena ter alguns estabelecimentos pesquisados de antemão.

Algo que fazemos muito é realizar uma pesquisa ampla no TripAdvisor, comparando as informações com os comentários no Google, que é mais usado pelos moradores do que o Trip.

Além disso, se viajamos para um país que fala espanhol, lemos os comentários em espanhol.

Saiba que os comentários em inglês estão lotados de norte-americanos, que tem mais grana (na maioria das vezes) e um paladar que não fecha com o dos brasileiros. Não dá para confiar no que eles falam.

Também vale a pena ler os comentários dos brasileiros, exatamente por dividirmos o mesmo padrão de alimentação, por mais que existam regionalidades.

Atenção aos comentários relacionados à limpeza e à intoxicação. Evitar se intoxicar é fundamental para garantir uma viagem bem proveitosa.

De qualquer maneira, é bom ter uma lista de remédios para levar na viagem, além de ter escolhido um seguro viagem barato e bom!

Muitos viajantes gostam também de perguntar ao recepcionista, taxista e outras pessoas na hospedagem sobre onde eles gostam de almoçar ou jantar. Essa é outra forma de encontrar estabelecimentos verdadeiramente locais.

Como nos hospedamos muito pelo Airbnb, o próprio anfitrião já deixa uma lista de lugares que ele gosta, caso contrário, nós perguntamos.

Porém, a lista do anfitrião deve passar por uma análise, porque é normal ter restaurantes caros entre as opções.

Hospedar-se em locais com cozinha

Por falar em Airbnb, nós preferimos alugar estúdios e apartamentos durante nossas viagens, até porque costumamos ficar mais tempo nos destinos do que a maioria dos viajantes (afinal temos que escrever sobre esses locais).

Se você pretende ficar mais de 4 noites em uma cidade, também vale a pena se hospedar em locais com cozinha.

Nós sempre pesquisamos o melhor mercado próximo, compramos comidas para o café da manhã, como iogurte, ovos, banana, pão, frutas e petiscos para levar na mochila, além de água.

Quando o país tem cogumelos baratos, também aproveitamos, afinal, cogumelos são ricos em proteínas e super saudáveis.

Nós preferimos fazer um café da manhã caprichado, almoçar em um bom restaurante e comer algo leve no jantar (no estúdio mesmo), porque em casa esse é o nosso padrão de alimentação.

Eu sei que para seguir nossa estratégia é preciso saber o básico de cozinha, como fazer uma omelete com cogumelos e queijo, por exemplo.

Vale destacar que tanto nos estúdios quanto nos hostels é comum ter sal, azeite e temperos, o que já ajudam na hora de cozinhar.

Há hostels com a seção free food e no final da viagem você pode deixar os alimentos que sobraram ali.

Para saber mais sobre o aluguel de estúdios e apartamentos, confira nosso artigo sobre Airbnb é seguro e confiável?

Desbravar os supermercados

Os mercados públicos também podem ser boas opções. Fonte: Mercado de Curitiba por TripAdvisor

Se a sua viagem não for curtinha demais, vale a pena ir ao supermercado e comprar frutas, iogurte e sanduíches prontos, caso o seu quarto tenha frigobar.

Cada país terá opções diferentes no supermercado ou na loja de conveniência, mas há opções para todos os gostos, ainda mais em supermercados.

Sempre tenham algo na bolsa ou mochila, como frutas que não machucam (maçã, pera, tangerina e até banana não muito madura), barrinhas de cereal com cereais mesmo (que sustentam bem mais), bolachas integrais, oleaginosas e frutas secas (castanhas ou até amendoim – tente uma versão com pouco sal), além de água.

Por exemplo, na Turquia as tâmaras e damascos são muito baratos se comparados ao que compramos no Brasil e as tâmaras dão uma super energia.

Escolher entre o almoço e o jantar

Maria Palenque, um restaurante ideal para almoçar em Cartagena. Fonte: TripAdvisor

Para o viajante comum é difícil ter orçamento para o almoço e o jantar em um restaurante.

Quando se está em um hotel com bom café da manhã, uma solução é encher a barriga com comidas fortes, como proteínas (ovos!), deixando para comer um sanduíche ou algo parecido no meio do dia e deixando a grana para um bom jantar.

Caso você alugue um estúdio com cozinha, ai é preciso ir ao supermercado e fazer seu próprio café.

Na próxima seção compartilhamos com você algumas receitas bem simples que quebram um galho durante nossas viagens.

Receitas práticas para fazer em uma viagem e economizar

Omelete. Fonte: Pixabay

Depois de muita prática (e erros), eu posso dizer que cozinho bem e tenho a habilidade de transformar ingredientes simples em uma boa refeição.

Por isso, na maioria das viagens uso minha experiência na cozinha para economizar com comida e ainda comer bem.

Quero dividir com você algumas dicas e receitas fáceis para viagens. É claro que em cada país a disponibilidade de ingredientes vai mudar.

No café da manhã, nós sempre fazemos uma refeição reforçada incluindo ovos. Você pode fazer o ovo cozido, frito ou como omelete. O queijo traz ainda mais energia e proteína e o pão de forma tostado (pode ser na frigideira) dá mais textura.

No México e outros países da América Latina, é fácil encontrar banana da terra (plátano macho), que quando grelhada é uma boa fonte de carboidratos complexos.

No café da manhã, vale a pena tomar iogurte com aveia, um cereal rico em nutrientes e fibras.

O jantar é uma refeição mais complexa, mas você pode optar por omelete com salada comprada pronta.

Outra dica excelente é optar por massas, principalmente massas frescas recheadas, como ravióli, ou até nhoque. Basta comprar um molho de tomate de qualidade e a refeição fica completa.

Os cogumelos podem entrar tanto na omelete quanto no molho de tomate com macarrão, por exemplo, trazendo ainda mais proteínas.

Outra forma de fazer massas nutritivas é usar atum em lata, mas sempre compre em óleo (para evitar contaminação por metais pesados) e o mais caro, porque há marcas ruins.

Atualmente, na maioria dos países é fácil encontrar wrap e pão pita, que são ideais para fazer sanduíches com queijo, algum tipo de embutido e salada.

Dependendo do país, os supermercados possuem carnes assadas e outras comidas salgadas prontas, além de quitutes nas padarias.

Há também a seção de enlatados, mas é preciso ficar de olho nos aditivos alimentares que esses produtos podem conter.

Esperamos que essas dicas tenham sido úteis para você economizar com alimentação em viagens e ainda comer bem! Leia outros posts sobre Viajar Barato e sobre Comidas Típicas!

Boa viagem, viajante!

PLANEJAMENTO DE VIAGEM

Reserva de hotéis

RESERVA DE HOTÉIS

Utilize o nosso link do Booking para conseguir as melhores ofertas de hotéis, pousadas e albergues.

O Booking oferece muitas vantagens: preços baixos, cancelamento gratuito de reservas, não é cobrada taxa de reserva e geralmente o pagamento é realizado somente na hora do check-in ou do check-out, na acomodação.

Melhor localização

CHECAR LOCALIZAÇÃO

Encontrou um hotel, mas não tem certeza se ele é bem localizado? Tire a dúvida com esta ferramenta gratuita. Ela analisará a localização, de acordo com uma metodologia específica, e atribuirá uma nota.

Vale dizer que a melhor área possível para se hospedar é aquela área agradável, segura, com acesso ao transporte público, restaurantes e próxima aos principais pontos turísticos.

Melhores hotéis

SELETOR DE HOTÉIS

O Seletor de Hotéis é uma ferramenta online, totalmente gratuita, que seleciona os hotéis, hostels, apartamentos, pousadas e hotéis-fazenda mais adequados ao perfil do viajante. Por meio de um método matemático, o Seletor de Hotéis descobre os hotéis perfeitos para você em qualquer cidade do mundo.

A única coisa que o viajante deve fazer é elencar (de 1 a 5) suas prioridades em relação às características dos hotéis. Qual é a ordem de importância das características do hotel para o viajante? Por exemplo: melhor localização, menor preço, maior qualidade, mais reservado e tamanho do hotel.

Reserva de carros

ALUGUEL DE CARROS

O Rentcars é um comparador de preços para encontrar a melhor tarifa no aluguel de carros em mais de 140 países.

Há várias vantagens em utilizar o serviço: não há cobrança de IOF, você pode realizar parcelamento, são muitas locadoras comparadas e não há cobrança de taxa para emissão da sua reserva.

Além disso, por padrão estão inclusas nas diárias Rentcars: quilometragem livre, proteção básica e as taxas administrativas da locadora.

Melhores seguros viagem

SEGURO VIAGEM

Tá em dúvida sobre qual seguro viagem comprar? O SegurosPromo é um comparador de seguros viagem que te ajuda a encontrar os melhores preços das principais seguradoras.

Utilize o nosso link para conseguir os preços mais baixos, bem como o cupom de desconto NOMADEDIGITAL5 para ganhar 5% de desconto.

Podcast de viagem

GUIA DE VIAGEM

O Papo Viagem Podcast é um guia de viagem em áudio gratuito sobre vários destinos que conhecemos.

Nós contamos a nossa experiência nas cidades e passamos dicas sobre onde se hospedar, melhor época para viajar, atrações e muito mais.

Loja do viajante

LOJA DO VIAJANTE

Sabe quando você utiliza um check-list de viagem e descobre que faltam alguns itens para a sua bagagem?

Selecionamos produtos importantes que nós utilizamos e recomendamos você levar na sua viagem. Eles estão apresentados na Loja do Viajante

Sobre o autor

Internacionalista, jornalista e viajante apaixonada por cultura e história, todos os dias eu consigo unir minhas paixões escrevendo no Guia do Nômade Digital. Acredito que ler e se informar transformam as férias em uma experiência inesquecível. Já escrevi um guia de viagem sobre a Cidade do México e apresentei mais de 80 episódios do Papo Viagem Podcast.

Sem Comentários

    Deixe um Comentário

    error: Conteúdo protegido.