As regras de gorjeta ao redor do mundo!

Descubra como funcionam os sistemas de gorjeta em diversos países!

gorjeta

Wikimedia

As regras de gorjeta variam imensamente ao redor do mundo, o que tornam as gafes bem prováveis. No Brasil, estamos acostumados com os 10% na conta, mesmo que o serviço seja ruim. Em muitos países do Extremo Oriente, dar gorjeta não é incentivado, é algo rude de se fazer.

Para você não entrar em roubadas, é recomendado saber minuciosamente quais são as regras de gorjeta do seu próximo destino de viagem. Vale dar a dica de que se o serviço é ruim, a gorjeta em dinheiro pode ser negada. Confira abaixo as regras de gorjeta de 27 países!

 

África do Sul

gorjeta

Cidade do Cabo

Na África do Sul, o comum é dar a gorjeta diretamente ao garçom/garçonete, uma taxa entre 10% a 15% é recomendada. Contudo, vale a pena ficar atento a discriminação dos gastos na conta, para ver se não há outra taxa de serviço embutida.

 

Alemanha

gorjeta

Colônia

É comum que a gorjeta não esteja incluída na conta na Alemanha. Assim, caso o serviço seja bom e você esteja em um restaurante, recomenda-se uma gorjeta de 5% a 10%.

É muito comum também arredondar o valor da conta. Nos bares, apenas o arredondamento já está de bom tamanho, isso quando o serviço é adequado.

 

Austrália e Nova Zelândia

gorjeta

Ruas de Melbourne

Na Austrália e Nova Zelândia, os garçons e garçonetes recebem salários razoáveis. Assim, a gorjeta deve ser deixada quando o serviço é excepcional, normalmente em jantares em restaurantes requintados, sendo aproximadamente 10% da conta.

Na maioria dos restaurantes e bares, não é preciso deixar gorjeta nos países da Oceania!

 

Argentina

gorjeta

Na Argentina, quando o serviço é normal, ou seja, um atendimento padrão, costuma ser dado 10% de gorjeta, diretamente ao garçom/garçonete. Por isso, a gorjeta deve ser dada em dinheiro.

Confira mais informações no episódio do Papo Viagem Podcast sobre Buenos Aires!

 

Chile

gorjeta

Fonte: Wikimedia

As regras da gorjeta no Chile são bastante simples. Nos restaurantes chiques, pode-se cobrar o couvert, para a manutenção da qualidade do serviço. Nos restaurantes comuns, os estabelecimentos sugerem 10%.

Lembre-se que é apenas uma sugestão, se o serviço for ruim é melhor não dar nada. Confira mais dicas no episódio do Papo Viagem Podcast sobre Santiago!

 

China

gorjeta

Distrito Financeiro de Zhengdong. Fonte: Vagabond Journey

Assim como em outros países asiáticos, na China a gorjeta não é comum, não sendo incentivada. Se você se hospedar, jantar e beber em lugares frequentados por locais, não é preciso deixar um dinheirinho a mais.

Em hotéis e restaurantes luxuosos, voltados para atender os turistas, tornou-se comum uma gorjeta de 10% a 15%.

 

Croácia

gorjeta

Parque Nacional Lagos Plitvice

Na Croácia, as gorjetas não estão incluídas na conta. Em lugares simples, uma gorjeta pequena, em torno de 5% está de bom tamanho. Em restaurantes sofisticados, deve-se deixar uma porcentagem maior, recomenda-se 10%.

Confira o episódio do Papo Viagem Podcast sobre a Croácia!

 

Espanha e Portugal

gorjeta

Lisboa

Na Espanha e em Portugal, a gorjeta não está incluída na conta. Mas isso não significa que você deve deixar gorjetas em todos os lugares. Em restaurantes simples e bares, não é esperado que o cliente dê gorjeta.

Em jantares à noite, se o serviço for bom, podem ser dados 1 ou 2 euros de gorjeta. Também é comum arredondar a conta. Cuidado com o couvert, que só aparece na conta quando se come os petiscos oferecidos!

 

Estados Unidos

gorjeta

Fonte: Wikimedia

Nos EUA, é comum pagar gorjetas de 20% em restaurantes e bares. Isso se deve ao fato dos garçom/garçonete dependerem desse dinheiro para conseguir um salário razoável. Assim, quando o serviço for espetacular, a gorjeta esperada é ainda maior.

Saiba mais sobre o complexo sistema de gorjeta nos Estados Unidos aqui!

 

França

gorjeta

Mont-Saint-Michel

Na França, a gorjeta costuma estar incluída na conta, em torno de 15%. Se você estiver em um restaurante ou sentado em um bar sofisticado é comum dar ao garçom 1 ou 2 euros.

Uma soma maior, somente em caso de um atendimento realmente espetacular e em um lugar requintado, afinal na conta já está incluída a taxa de serviço.

 

Grécia

gorjeta

Santorini

Na Grécia, há uma regra interessante, se sua conta for pequena, 10% de gorjeta não pesarão no bolso. Caso contrário, 5% já estão de bom tamanho.

 

Indonésia

gorjeta

Na Indonésia, principalmente em Bali, nos restaurantes legalizados, a taxa de serviço é de 10%, somando-se a 10% de taxa governamental.

Em muitos restaurantes simples, essas taxas não são aplicadas. Descubra Bali no Papo Viagem Podcast!

 

Irlanda e Reino Unido

gorjeta

Cliffs of Moher

Na Irlanda e Reino Unido, apenas quando o atendimento for excepcional, recomenda-se deixar 10% de gorjeta. Fique atento, porque pode ser cobrada uma taxa de serviço na conta, então, não é necessário deixar gorjetas.

 

Itália

gorjeta

Veneza

Na Itália, paga-se o couvert nos restaurantes. Mesmo que você não coma os aperitivos oferecidos, o couvert aparecerá na sua conta, aproximadamente 10%. Isso não seria considerado gorjeta, mas nos restaurantes não é comum deixar gorjeta. Nos bares, é mais raro ainda dar gorjeta.

Confira as belezas de Veneza no Papo Viagem Podcast!

 

Japão

gorjeta

Osaka. Fonte: TripAdvisor

Na sociedade japonesa, a gorjeta não é comum. Assim, vale a dica dada na seção da China: se você está em um local frequentado por locais, não dê gorjeta, você pode ofender seus anfitriões sem querer.

Descubra o incrível Japão no Papo Viagem Podcast!

 

Malásia e Cingapura

gorjeta

Assim como na Indonésia, na Malásia e Cingapura, a taxa da gorjeta já está incluída na conta, apenas em casos de ótimo atendimento deixe algo a mais.

 

Oriente Médio

gorjeta

Dubai. Fonte: Wikimedia

Na maioria dos países do Oriente Médio, como Egito, Dubai e Israel, as gorjetas estão incluídas na conta. Apenas quando o serviço for acima da média, podem ser deixadas algumas moedas.

Na Arábia Saudita, a gorjeta não está incluída na conta, espera-se de 5% a 10%. Nos Emirados Árabes, a regra de gorjeta dos EUA se aplica.

 

República Tcheca

gorjeta

Fonte: Wikimedia

Na República Tcheca, é comum ser cobrada uma taxa de serviço, mesmo assim, recomenda-se deixar uma gorjeta, de no máximo 15%, quando o atendimento for muito bom.

 

Suécia

gorjeta

Estocolmo. Fonte: Wall Papers Travel

Muitos restaurantes já incluem uma taxa de serviço na conta final, que é dividida com o staff no final da noite. Nos bares, não são esperadas gorjetas. Isso deriva dos bons salários que os garçons e garçonetes recebem, consistente com o treinamento que possuem.

 

Tailândia

gorjeta

Koh Phi Phi

Na Tailândia, não é comum deixar gorjetas de modo geral, em táxis ou hotéis, a não ser que alguém te ajude.

Deixe apenas uma pequena contribuição se o atendimento for excelente em restaurantes sofisticados. Se você for a restaurantes que são usualmente frequentados por locais, as gorjetas não são necessárias.

Descubra a paradisíaca Koh Phi Phi!

 

Turquia

gorjeta

Istambul

Na Turquia, há muitos restaurantes simples, apenas para fazer um lanche. Nesses restaurantes, as gorjetas não são necessárias, apenas em lugares mais sofisticados, principalmente em jantares. 10% é uma taxa razoável para um bom atendimento.

Descubra Istambul no Papo Viagem Podcast!

 

Fontes: CN Traveler e The Guardian.

 

Gostaram das dicas? Então, curta nosso site e este post!

Boa viagem, Viajante!

[P.S: não se esqueça de reservar o seu hotel pelo nosso link do Booking. Você não paga nada a mais pela sua hospedagem e ainda ajuda o site. Obrigado!]

Posts que você deve ver também!

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Receber notificações de
avatar
wpDiscuz
error: Conteúdo protegido.