Menu
Europa

O que fazer em Munique, Alemanha? +28 Pontos turísticos de Munique

Atualizado em: 2 de fevereiro de 2021

Munique é uma das maiores e mais importantes cidades da Alemanha, além de ser belíssima. O Centro Histórico é bem cuidado e fotogênico. Parques, museus e palácios também fazem parte do roteiro. Então, o que fazer em Munique não falta.

Neste artigo vamos apresentar os principais pontos turísticos de Munique, com muitas dicas de atrações que valem a pena.

No índice abaixo, você confere como está organizado este artigo. É muita informação para você planejar suas férias dos sonhos!

Depois leia também nosso artigo especial e completão sobre onde ficar em Munique nos melhores bairros, com sugestões dos hotéis econômicos que são bons mesmo!

Principais pontos turísticos de Munique

  • Englischer Garten;
  • Monumentos no Centro Histórico;
  • Igrejas em Munique;
  • Melhores Museus em Munique;
  • Palácio Nymphenburg;
  • Residenz Munique;
  • Oktoberfest e outros festivais;
  • Olympiapark;
  • BMW;
  • Allianz Arena.

Englischer Garten

Englischer Garten
Kleinhesseloher See

O Englischer Garten agrada muitos os moradores, que o aproveitam o ano todo, mas principalmente na primavera e verão. Os turistas também adoram conhecer esse enorme jardim inglês.

Só que como turistas, nós não temos tempo sobrando para percorrer com calma o Englischer Garten, por isso vale a pena ter atenção a alguns destaques.

A Torre Chinesa é uma das atrações, projetada no século XVIII. Perto da Torre, há mesas públicas para almoçar, já que existem restaurantes com comida típica alemã nessa região.

Algo que gostamos bastante foi apenas caminhar na direção do lago. O Kleinhesseloher See é habitado por diferentes tipos de aves e forma a paisagem ideal para muitas fotos.

Além disso, nas proximidades do Lago há restaurantes, mesas e banheiros públicos, sendo um ótimo lugar para tomar uma cerveja.

É claro que todo mundo fala do surfe em pelo Englischer Garten. No rio perto da Haus der Kunst (Casa da Arte) há uma onda de um metro utilizada desde 1972.

Monumentos e atrações no Centro Histórico de Munique

O que fazer em Munique, Alemanha? +28 Pontos turísticos de Munique
Neues Rathaus e rua no Centro Histórico

O Centro Histórico de Munique é um dos locais que os viajantes conhecem primeiro.

Chamado também de Altstadt-Lehel, a área central tem como local mais turístico e visitado a Marienplatz, que é a praça principal.

É lá que fica a Neues Rathaus (prefeitura nova), uma construção em estilo neogótico, erguida a partir de 1867. Saiba que é possível visitá-la internamente.

Além da beleza da arquitetura Neues Rathaus, o que os turistas gostam mesmo é do Glockenspiel na torre do relógio, uma das atrações gratuitas de Munique.

No Glockenspiel acontece uma apresentação de marionetes bastante antiga. Normalmente, isso ocorre às 11h, 12h e 17h. Só de novembro a fevereiro, a apresentação no horário das 17h não é realizada.

Na Marienplatz também fica o Altes Rathaus, a antiga prefeitura. Inicialmente construído no último quarto do século XV, o Altes Rathaus foi destruído na Segunda Guerra Mundial e reconstruído posteriormente.

Por fim, não poderia ficar de fora a Mariensäule (ou coluna de Maria), que dá nome à praça. Ela foi erguida para celebrar o fim do domínio sueco na região. Na ponta da coluna, há uma imagem dourada da Virgem Maria.

Saiba que na Marienplatz ocorre o mercado de natal mais famoso de Munique, entre o final de novembro até a véspera de Natal.

Pertinho dessa praça fica o Viktualienmarkt, que poderíamos chamar de feira ao ar livre focada em comidas, frutas e verduras, mas que é claro também tem cerveja.

Por estar em uma região super central, o Viktualienmarkt é frequentados pelos turistas, mas dá para comer alguns lanches típicos gastando pouco.

Outra praça bastante conhecida é a Odeonsplatz, tendo sido construída no começo do século XIX, até é recente para os padrões europeus.

O que mais chama a atenção na Odeonsplatz é o Feldherrnhalle, um monumento muito semelhante à Loggia dei Lanzi em Florença, que homenageia generais da Baviera.

Além do Feldherrnhalle, há a igreja Theatinerkirche, que também possui influência italiana, com estilo barroco e rococó.

Marienhof
Marienhof

Ao leste da Odeonsplatz, há o Hofgarten, um jardim pequeno, porém organizado, bonito e com estilo italiano. Rende belas fotos nos dias de sol.

Quando você estiver com as pernas cansadas de tanto caminhar pelo centro, dá para aproveitar o Hofgarten para descansar, assim como o Marienhof, o jardim que fica atrás da Marienplatz, cercado de construções e super fotogênico.

Vale mencionar também a Bayerische Staatsoper, que é a casa de espetáculos do estado da Baviera.

Com séculos de existência e uma programação sempre recheada, vale a pena tanto fotografar a Bayerische Staatsoper quando assistir a um espetáculo.

Enquanto você estiver caminhando pelo centro, com certeza encontrará portões antigos, sendo os mais conhecidos o Sendlinger Tor e Isartor.

No Centro Histórico de Munique, também há muitas igrejas, mas vamos falar sobre as melhores para visitar na seção seguinte.

O que fazer em Munique no centro também inclui o palácio Residenz, porém vamos falar sobre ele em uma seção específica.

A última dica sobre o Centro Histórico é participar do free tour por Munique (apenas gorjeta) oferecido no site de passeios Civitatis, sendo este site um dos melhores da Europa e parceiro do nosso site.

Igrejas em Munique

O que fazer em Munique, Alemanha? +28 Pontos turísticos de Munique
Michaelskirche e Frauenkirche

Sem dúvida, o que fazer em Munique de graça inclui visitar as igrejas. Todas que mencionamos nesta seção são gratuitas, cheias de história e muito bonitas.

As igrejas são oportunidades de apreciar arte e arquitetura, mas saiba que no caso de Munique quase todas tiveram que ser restauradas ou reconstruídas após a Segunda Guerra Mundial.

Nós sugerimos as 6 seguintes igrejas para visitar em Munique, todas localizadas no Centro Histórico:

  • Asamkirche: localizada perto do Sendlinger Tor, a pequena Asamkirche tem muitos destaques, sendo a decoração interna barroca o maior deles. Chega a ser difícil absorver tantos detalhes. A Asamkirche foi construída entre 1733 e 1746 pelos irmãos Asam para ser uma igreja privada. Felizmente, ela está aberta ao público.
  • Peterskirche: entre a Marienplatz e o Viktualienmarkt fica a imperdível Peterskirche, uma das igrejas mais antigas de Munique, construída inicialmente no século XII, mas com muitas reformas posteriores. Além de apreciar de graça a decoração bem cuidada, com vários detalhes dourados, vale a pena encarrar os 299 degraus e subir a torre, que custa apenas 3 € por pessoa.
  • Michaelskirche: entre Karlsplatz e Marienplatz está localizada a Michaelskirche, uma igreja jesuíta construída no final do século XVI. A fachada é simples, mas o interior é deslumbrante, com detalhes brancos e dourados. Além disso, é na Michaelskirche que estão túmulos de pessoas importantes, como o Rei Ludwig II, aquele que construiu muitos castelos (como o Castelo de Neuschwanstein) e tinha fama de ser louco.
  • Frauenkirche: a Catedral de Munique é uma igreja dedicada a Nossa Senhora, estando localizada bem perto da Marienplatz. Construída no século XV e reconstruída após a Segunda Guerra Mundial, a Frauenkirche possui o estilo gótico, mas é simples no interior. O que mais se destaca é o exterior, com suas duas torres gêmeas com 98 metros de altura.
  • Heiliggeistkirche: perto da Peterskirche está localizada uma das igrejas de Munique mais surpreendentes. A Heiliggeistkirche possui afrescos no teto e decoração em estuco belíssimos, obra dos irmãos Asam no século XVIII. Vale a pena visitá-la por sua decoração única e por ser totalmente gratuita.
  • Theatinerkirche: localizada na Odeonsplatz, a Theatinerkirche é uma igreja cheia de história e beleza. Ela foi construída quando Ferdinand Maria e Henriette Adelaide, governantes da Baviera, tiveram seu herdeiro depois de anos casados. Inclusive, lá estão sepultados Ferdinand Maria, Henriette Adelaide e seu filho Max Emanuel. Além da história, a Theatinerkirche se destaca por ser uma igreja bonita mesmo, com a fachada rococó toda amarela. O interior é alvo e cheio de trabalhos em estuco.

Melhores Museus em Munique

Glyptothek em Königsplatz, a praça com muitos museus nos arredores
Glyptothek em Königsplatz, a praça com muitos museus nos arredores

Munique é repleta de museus dos mais diversos tipos e vale a pena visitar alguns deles, apesar de sabermos que é difícil ter tempo para tantas atrações.

É claro que você não precisa visitar todos. Pergunte-se qual deles agrada mais o seu gosto. Também vale a pena ter alguns museus selecionados para dias de chuva em Munique.

  • Lenbachhaus: é uma galeria focada em quadros de pintores alemães ou que viveram em Munique entre o século XIX e XX, com destaque para os expoentes dos movimentos Blauer Reiter (expressionismo) e New Objectivity (Nova Objetividade, reação ao expressionismo). Além de pinturas diferenciadas de Arte Moderna, há também exposições de Arte Contemporânea. Destaca-se o prédio da Lenbachhaus, composto pela residência de Franz von Lenbach (tipo vila toscana) e uma estrutura anexa moderna. Informações práticas: perto da Königsplatz. Fecha toda segunda-feira. Ingresso adulto custa 10 €. Para mais informações, acesse o site oficial da Lenbachhaus.
  • NS-Dokumentationszentrum München: é um dos melhores museus em Munique, abordando o surgimento, apogeu e declínio do Nazismo na cidade. São utilizados muitos documentos, imagens e textos bem explicados para que o visitante entenda como todo um período da história de Munique está ligado ao Nazismo. Além disso, esse museu é gratuito, possui áudio-guia e tem estrutura que o torna acessível a todos. Para mais informações, acesse o site oficial do NS-Dokumentationszentrum München.
  • Antiga Pinacoteca (Alte Pinakothek): é um dos museus em Munique que os visitantes mais gostam, tendo sua coleção focada em obras europeias do século XIV ao XVIII. Então, lá você vai encontrar pinturas de grandes mestres do Renascimento, principalmente pintores italianos e flamengos. Sem dúvida, a Alte Pinakothek é um museu excelente para quem busca por obras clássicas europeias. Informaçõespráticas: localizada perto da Königsplatz. Fecha às segundas-feiras. O ingresso adulto custa 7 €, sendo que aos domingos custa apenas 1 €. Para mais informações, acesse o site oficial da Alte Pinakothek.
  • Staatliches Museum Ägyptischer Kunst: é um museu de arqueologia focado no Egito Antigo e outras regiões da Antiguidade, com diversas peças arqueológicas dos Assírios por exemplo. Por ser um museu novo, a organização é excelente e com os áudio-guias dá para aprender bastante. Informaçõespráticas: localizado na mesma rua (lado oposto) da Alte Pinakothek. Fecha às segundas-feiras. O ingresso adulto custa 7 €, sendo que aos domingos custa apenas 1 €. Para mais informações, acesse o site oficial do Staatliches Museum Ägyptischer Kunst.
  • Neue Pinakothek: para quem se interessa pelos maravilhosos pintores impressionistas e pós-impressionistas do século XIX, a Nova Pinacoteca é a galeria ideal. Há obras de grandes nomes, como Monet e Van Vogh. Para mais informações, acesse o site oficial da Neue Pinakothek.
  • Pinakothek der Moderne: A Pinacoteca Moderna é uma das galerias mais importantes da Alemanha quando se fala em Arte Moderna, como quadros de pintores famosos como Picasso e Andy Warhol. Informaçõespráticas: fecha às segundas-feiras. O ingresso adulto custa 10 €. Para mais informações, acesse o site oficial da Pinakothek der Moderne.
  • Glyptothek: Localizado na Königsplatz, o museu Glyptothek está abrigado dentro de um belo prédio com inspiração grega. O foco do museu é realmente esse, as esculturas gregas e romanas que fizeram parte da coleção de arte do rei Ludwig I. Informaçõespráticas: fecha às segundas-feiras. O ingresso adulto custa 6 €. Para mais informações, acesse o site oficial da Glyptothek.
  • Deutsches Museum: é um enorme museu voltado à tecnologia e ciência, com foco na área técnica de engenharia. Criado em 1903, o Deutsches Museum tem a coleção bastante variada, com barcos antigos, submarinos, aviões e muitas máquinas. São seis andares de exposição, com um planetário no último andar. Apesar de ter tantos atrativos, falta interatividade e uso de tecnologia para expor os objetos, o que deixa o passeio cansativo. Informaçõespráticas: ingresso adulto 14 €. Para mais informações, acesse o site oficial Deutsches Museum.

Palácio Nymphenburg

O que fazer em Munique, Alemanha? +28 Pontos turísticos de Munique
Fonte: Wikimedia

O Palácio Nymphenburg era a residência de verão dos reis da Baviera, erguido a partir do final do século XVI. Ele passou por muitas modificações, deixando-o ainda mais luxuoso.

Um dos destaques da visita ao interior do palácio é Grande Galeria das Belezas, que contém pinturas de mulheres que o Rei Ludwig I considerava bonitas. Há desde mulheres da corte até prostitutas.

Vale muita pena passar um tempo no gigantesco jardim, que podemos chamar de parque. É uma ótima oportunidade para tirar belas fotos. Saiba que o passeio pelo jardim é de graça, mas costuma fechar no inverno.

Como o Palácio Nymphenburg está distante do centro, o melhor é usar o transporte público. Felizmente, o tram N16 (bonde) vai te deixar na porta do Palácio.

Informações práticas – Horários variam ao longo do ano. O ingresso adulto varia de 15 a 12 € de acordo com a época do ano. Para mais informações, acesse o site oficial do Palácio Nymphenburg.

Saiba que também há visita guiada para o Palácio Nymphenburg, mas é preciso reservar com antecedência e já inclui o valor do ingresso.

Residenz Munique

Residenz Munique
Antiquarium. Fonte: Wikimedia

O Palácio Residenz é uma ótima atividade sobre o que fazer em Munique com chuva, por ser enorme e demandar no mínimo 2h para conhecê-lo.

O Residenz teve sua construção iniciada no século XIV, passando por ampliações e reformas durante a épica que foi sede do governo da Baviera, entre os séculos XVI e XX.

A última grande reconstrução ocorreu após a Segunda Guerra Mundial que, aliás, danificou ou destruiu muito monumentos em Munique.

Atualmente, o Palácio Residenz é aberto ao público e possui um complexo de museus focado em arte decorativa. Sua arquitetura é uma mescla dos períodos do Renascimento, Barroco, Rococó e Neoclássico.

Os destaques do Palácio Residenz são: as joias dos reis, o teatro e os museus. Dependendo do seu gosto e do seu tempo, você pode escolher apenas um dos locais para visitar.

Vale destacar que os jardins Hofgarten são gratuitos e têm um estilo italiano renascentista. São ótimos para fotografar!

Informações práticas – Próximo a Odeonsplatz. Os horários variam ao longo do ano. Os ingressos custam: Museu Residenz (9 €), Joias dos Reis (9 €) e o Cuvilliés-Theater (5 €). Para mais informações, acesse o site oficial do Residenz.

Saiba que também há a opção de visita guiada ao Palácio Residenz, que já inclui o ingresso, mas deve ser reservado com antecedência.

Oktoberfest de Munique e outros festivais

O que fazer em Munique, Alemanha? +28 Pontos turísticos de Munique
Theresienwiese. Fonte: Wikimedia

Munique é conhecida como a cidade da cerveja. Realmente, você vai ver muitos moradores com enormes canecos de cerveja, principalmente nos finais de semana.

As principais cervejarias da cidade são: Hofbraühaus, Augustiner, Paulaner, Löwenbräu. Escolha uma delas, ou todas, e aproveite porque a cerveja também é um ponto turístico de Munique.

A Hofbräuhaus é muita turística e uma das mais caras. Muitos turistas só vão até lá para tirar uma foto e seguem para beber na Augustiner, que é mais em conta, apesar do atendimento deixar a desejar.

Devemos mencionar também os biergartens, espalhados pelos parques principalmente. Mesmo que você não beba, vale a pena ir, porque é um ponto encontro de todos os alemães.

É claro que também devemos falar sobre a Oktoberfest de Munique. Diferente da versão brasileira, a festa da cerveja de Munique ocorre entre meados de setembro e o começo de outubro.

A Oktoberfest de Munique atrai turistas de todo o mundo, afoitos para curtir a combinação de cerveja, comida e música boa. A atmosfera é bem legal.

Sua história começou no século XIX como uma celebração ao casamento do rei. O evento deu tão certo, que foi transformada em um evento anual.

É claro que para participar da Oktoberfest de Munique nós recomendamos muito planejamento meses antes da festa. Exagere na antecedência da escolha do hotel.

No nosso artigo sobre onde se hospedar em Munique, há tanto hospedagens perto de Theresienwiese, onde acontece a festa, quanto hotéis baratos espalhados pela cidade.

Para mais informações sobre os horários e atrações da Oktoberfest, acesse o site oficial.

Há também outros eventos na cidade, como:

  • Tollwood: é um festival/mercado que acontece duas vezes ao ano, uma no verão e outra no inverno. Há performances musicais, comidas, cervejas e mercados variados;
  • Munchener Fruhlingsfest: é uma mini Oktoberfest na primavera;
  • Munich Filmfest: em junho e julho acontece esse festival de cinema relevante na Alemanha.

Olympiapark – Parque Olímpico

Olympiapark - Parque Olímpico

O Parque Olímpico foi originalmente construído para os Jogos Olímpicos de 1972, que ocorreram na cidade.

Sua grande beleza deriva da combinação entre o espaço verde e as áreas construídas, com destaque para a cobertura do Estádio Olímpico e áreas adjacentes, super moderna para época e perfeita para tirar fotos incríveis.

Há também vistas bonitas na colina (de graça) ou você pagar para subir na Torre Olímpica, mas o custo é alto, 9 € por pessoa, até mesmo para estudantes.

Em Agosto, acontece o Theatron Festival, com shows de hip-hop, rock até musica gospel. Esse festival é gratuito e deve ser muito bom curtir um show legal em um parque tão bonito e bem cuidado.

BMW Headquarters

Pertinho do Olympiapark fica o BMW Headquarters, onde está localizado o museu da empresa, focado em carros antigos e também automóveis com tecnologia mais limpa.

Já no BMW Welt chama a atenção por ser um prédio moderno, onde fica o showroom dos carros lançados no ano corrente e, por isso, tem entrada gratuita.

Vale reforçar que essas duas atrações só fazem sentido para quem gosta muito de carros.

Allianz Arena

O que fazer em Munique, Alemanha? +28 Pontos turísticos de Munique

Já para os apaixonados por futebol, o campo do Bayern de Munique não pode ficar de fora do roteiro. Apesar de distante do centro, é fácil chegar de trem.

O tour clássico inclui conhecer as arquibancadas, a sala de imprensa, os vestiários e o campo. Outra opção é tentar assistir a um jogo do campeonato alemão ou de outro campeonato que estiver acontecendo.

Para mais informações, acesse o site oficial do Futball-Club Bayern München.

Mapa com os pontos turísticos de Munique

Confira no mapa a localização dos pontos turísticos de Munique mencionado ao longo deste artigo. Basta clicar no “botão com seta” para acessar a legenda do mapa.

Passeios a partir de Munique

Campo de Concentração de Dachau. Fonte: Wikimedia
Campo de Concentração de Dachau. Fonte: Wikimedia

Nós temos um post específico e longo sobre passeios bate-volta saindo de Munique. Então, nesta seção vamos apenas te dar algumas ideias de lugares a visitar.

Saiba que dá para fazer passeios a partir de Munique econômicos por causa do “regional day ticket for Bavaria”.

Esse ticket custa 25 € para um passageiro usar o transporte público (trens regionais) da Baviera durante um dia inteiro. Ele fica econômico porque podem viajar até 5 pessoas juntas e cada pessoa a mais custa apenas 8 € extra.

Por exemplo, caso viajem 4 amigos juntos, o custo total do “regional day ticket for Bavaria” 12,25 € por pessoa (25 + 8 + 8 + 8), sendo que poderão usar os trens regionais durante um dia inteiro.

Mas para quais lugares visitar a partir de Munique?

Para quem só tem metade de um dia, há duas opções diferentes: o Campo de Concentração de Dachau e os Palácios Schleissheim, locais fáceis de visitar por conta própria.

O Campo de Concentração de Dachau foi o primeiro do tipo na Alemanha e serviu de modelo para os demais. Sem dúvida, é um passeio que você não esquecerá.

Saiba que o Campo de Concentração de Dachau tem entrada gratuita, mas também há tours para Dachau saindo de Munique.

Já em Schleissheim ficam três palácios belíssimos e jardins enormes! Mesmo no verão, esse complexo de palácios não é tão visitado, garantindo tranquilidade.

O Neues Schloss Schleissheim (Novo Palácio) é o grande destaque, sendo do início do século XVIII, um dos melhores exemplos de palácio barroco.

Contudo, o passeio a partir de Munique mais famoso é para Füssen, onde ficar o Castelo de Neuschwanstein.

Por ser procurado demais, é melhor ler nosso artigo sobre o que fazer em Füssen porque é o tipo de bate-volta que exige planejamento.

Há também a opção de uma excursão ao Castelo de Neuschwanstein saindo de Munique.

Outra belezura é o Palácio de Herrenchiemsee localizado em Herreninsel, a maior ilha do lago Chiemsee.

Essa construção começou a ser erguida a partir de 1878 a mando de Ludwig II, o mesmo idealizador do Castelo de Neuschwanstein.

A ideia de Ludwig II era erguer um palácio semelhante ao de Versailles. Há muitas semelhanças sim, como a Galeria dos Espelhos, porém o Palácio de Herrenchiemsee não foi finalizado.

Além da suntuosidade do palácio, a paisagem da região é demais, com os Alpes Chiemgau refletindo no lago.

Saiba que é possível fazer esse passeio por conta própria, mas também há tours guiados para Herrenchiemsee saindo de Munique.

Você também pode visitar cidades maiores, mas a viagem será bem corrida, como no caso de Nuremberg e Salzburg.

Um passeio menos procurado é para Regensburg, uma das cidades medievais mais bem preservadas da Alemanha.

O que fazer em Munique de graça?

O que fazer em Munique, Alemanha? +28 Pontos turísticos de Munique
Biergarten no Englischer Garten

Apesar de ser caro se hospedar em Munique, dá para visitar muitas atrações gratuitas ou bem econômicas.

O que fazer em Munique de graça se concentra nos pontos turísticos do Centro Histórico e parques.

Fotografe bastante o Centro Histórico, suas praças e construções antigas. Para apreciar a arquitetura, principalmente barroca, entre nas igrejas que mencionamos. Elas são lindas e bem cuidadas.

Além disso, a principal atração de Munique é de graça, o Englischer Garten. Apenas se paga pela cerveja e caso você queira pedalar por lá, o que é uma ótima ideia.

O Olympiapark é outro parque gratuito e rende belas fotos.

Já em termos de museu, o NS-Dokumentationszentrum München é totalmente gratuito e muito bom.

Aos domingos, vários museus custam apenas um euro e entre eles está a Alte Pinakothek, a galeria com pinturas de grandes mestres europeus.

Já entre os passeios, os mais econômicos são o Campo de Concentração de Dachau e os Palácios Schleissheim, sendo que o primeiro é de graça e a visita guiada custa apenas 3,5 €.

Nós temos um post onde apresentamos 9 formas para viajar barato que sempre usamos nas nossas viagens.

Roteiros de viagem a Munique de 1 a 4 dias

Viktualienmarkt
Viktualienmarkt

O que fazer em Munique em 1 dia ou 2 dias?

O roteiro de viagem a Munique de 1 dia deve ser bem pensado e focado nas suas prioridades.

Particularmente, acredito que tenho apenas 1 dia inteiro, o melhor é bater perna pelo Centro Histórico, tirando várias fotos. Dá até para entrar nas igrejas rapidamente.

O final da tarde pode ser passado no Englischer Garten e à noite em alguma cervejaria ou restaurante de comida típica do seu gosto.

Já no roteiro de 2 dias em Munique, você pode acrescentar algumas atrações fechadas, e mais demoradas, que te agradam mais.

É possível visitar algum dos museus que mencionamos ou até o Palácio Nymphenburg, que além da área interna, tem jardins super elogiados.

O que fazer em Munique em 3 ou 4 dias?

O roteiro de viagem a Munique de 3 dias é o ideal para quem deseja conhecer bem a cidade, mas sem sobrar muito tempo.

Com três dias inteiros, você poderá dedicar um dia só para o Centro Histórico. Em cada dia, será possível visitar um museu ou palácio, além dos jardins que a cidade possui.

Quem conseguir planejar bem os dias vai poder fazer até um passeio de metade de um dia.

Já com 4 dias em Munique já é possível incluir um passeio de um dia inteiro, desde Füssen até Salzburg, dependendo do seu gosto.

Esperamos que as dicas sobre o que fazer em Munique tenho sido úteis para planejar suas férias! Saiba também onde ficar em Munique (inclusive hotéis econômicos e apartamentos no Airbnb) e confira as regras do seguro viagem à Europa!

Boa viagem!

Comparador de seguro viagem Seletor de hotéis

Teste o seletor de hotéis do Guia!

PLANEJAMENTO DE VIAGEM

Reserva de hotéis

RESERVA DE HOTÉIS

Utilize o nosso link do Booking para conseguir as melhores ofertas de hotéis, pousadas e albergues.

O Booking oferece muitas vantagens: preços baixos, cancelamento gratuito de reservas, não é cobrada taxa de reserva e geralmente o pagamento é realizado somente na hora do check-in ou do check-out, na acomodação.

Melhor localização

CHECAR LOCALIZAÇÃO

Encontrou um hotel, mas não tem certeza se ele é bem localizado? Tire a dúvida com esta ferramenta gratuita. Ela analisará a localização, de acordo com uma metodologia específica, e atribuirá uma nota.

Vale dizer que a melhor área possível para se hospedar é aquela área agradável, segura, com acesso ao transporte público, restaurantes e próxima aos principais pontos turísticos.

Melhores hotéis

SELETOR DE HOTÉIS

O Seletor de Hotéis é uma ferramenta online, totalmente gratuita, que seleciona os hotéis, hostels, apartamentos, pousadas e hotéis-fazenda mais adequados ao perfil do viajante. Por meio de um método matemático, o Seletor de Hotéis descobre os hotéis perfeitos para você em qualquer cidade do mundo.

A única coisa que o viajante deve fazer é elencar (de 1 a 5) suas prioridades em relação às características dos hotéis. Qual é a ordem de importância das características do hotel para o viajante? Por exemplo: melhor localização, menor preço, maior qualidade, mais reservado e tamanho do hotel.

Reserva de carros

ALUGUEL DE CARROS

O Rentcars é um comparador de preços para encontrar a melhor tarifa no aluguel de carros em mais de 140 países.

Há várias vantagens em utilizar o serviço: não há cobrança de IOF, você pode realizar parcelamento, são muitas locadoras comparadas e não há cobrança de taxa para emissão da sua reserva.

Além disso, por padrão estão inclusas nas diárias Rentcars: quilometragem livre, proteção básica e as taxas administrativas da locadora.

Melhores seguros viagem

SEGURO VIAGEM

Tá em dúvida sobre qual seguro viagem comprar? O SegurosPromo é um comparador de seguros viagem que te ajuda a encontrar os melhores preços das principais seguradoras.

Utilize o nosso link para conseguir os preços mais baixos, bem como o cupom de desconto NOMADEDIGITAL5 para ganhar 5% de desconto.

Podcast de viagem

GUIA DE VIAGEM

O Papo Viagem Podcast é um guia de viagem em áudio gratuito sobre vários destinos que conhecemos.

Nós contamos a nossa experiência nas cidades e passamos dicas sobre onde se hospedar, melhor época para viajar, atrações e muito mais.

Loja do viajante

LOJA DO VIAJANTE

Sabe quando você utiliza um check-list de viagem e descobre que faltam alguns itens para a sua bagagem?

Selecionamos produtos importantes que nós utilizamos e recomendamos você levar na sua viagem. Eles estão apresentados na Loja do Viajante

Sobre o autor

Internacionalista, jornalista e viajante apaixonada por cultura e história, todos os dias eu consigo unir minhas paixões escrevendo no Guia do Nômade Digital. Acredito que ler e se informar transformam as férias em uma experiência inesquecível. Já escrevi um guia de viagem sobre a Cidade do México e apresentei mais de 80 episódios do Papo Viagem Podcast.

Sem Comentários

    Deixe um Comentário

    error: Conteúdo protegido.