Menu
Brasil

Passeio ao Jardim Botânico do Rio de Janeiro: Destaques

Atualizado em: 29 de janeiro de 2024

O Jardim Botânico do Rio de Janeiro é uma atração histórica e de natureza, afinal, foi fundado pelo príncipe regente D. João VI em 1808. O Jardim é enorme, cheio de árvores gigantescas do Brasil todo e de várias partes do mundo.

Nós o visitamos em um dia nublado, mas mesmo assim conseguimos aproveitar os jardins, monumentos históricos e belas paisagens, além de ver macacos e tucanos.

Confira a seguir os principais destaques do Jardim Botânico do Rio de Janeiro e informações essenciais para planejar seu passeio!

História do Jardim Botânico do Rio

Como mencionamos, a história do Jardim Botânico é longa, já que ele foi criado como um jardim de aclimatação para plantas estrangeiras, principalmente especiarias orientais, na época que a Corte Portuguesa foi transferida para o Rio de Janeiro.

Várias plantas foram aclimatadas no Jardim, como camellia sinensis, a planta do chá preto, tendo objetivos econômicos.

Porém, o Jardim Botânico do Rio sempre teve função científica, assim como foi área de lazer desde a Independência (1822), duas funções que permanecem nos dias de hoje.

O que fazer no Jardim Botânico do Rio de Janeiro?

Chafariz das Musas (foi trazido do Largo da Lapa em 1905)

Nossa visita ao Jardim Botânico do Rio de Janeiro foi proveitosa. Ficamos lá mais de 2h porque o mapa nos ajudou a desbravá-lo da melhor maneira possível.

Há mapas gratuitos na bilheteria, porém os ingressos devem ser comprados online, como explicamos no final do post. Perto da bilheteria, você também encontra banheiros, construções históricas e um café.

O Jardim Botânico é cortado por ruas adornadas por árvores, chamadas de aleias. Cada uma delas recebeu o nome de uma importante personalidade da história da instituição.

Logo após a bilheteria, nós viramos à esquerda para ver o busto de D. João VI, que se encontra no lugar onde ficava a Palma Mater, a primeira palmeira imperial trazida ao Brasil das Ilhas Maurício em 1829.

Infelizmente, a Palma Mater foi derrubada por um raio em 1972. No seu lugar foi plantada a “Palma Filia” e colocado o busto de D. João VI.

As palmeiras imperiais foram plantadas em várias cidades do Brasil, principalmente em parques públicos. Acredita-se que todas elas descendem da Palma Mater, que teve suas sementes contrabandeadas ao longo do século XIX.

Aleia Barbosa Rodrigues e as palmeiras imperiais

Em 1842, elas começaram a ser plantadas na rua principal do jardim, a Aleia Barbosa Rodrigues, que hoje possui 140 exemplares enfileirados em 740 metros.

A Aleia Barbosa Rodrigues é um dos lugares mais fotogênicos do Jardim Botânico do Rio. Na sua esquina com a Aleia Frei Leandro fica o Chafariz das Musas, outro símbolo do Jardim e lugar excelente para fotografar.

Voltando ao local do busto de D. João VI, vale a pena continuar o caminho pelo jardim dos cáctos e seguir até o Lago Frei Leandro, onde ficam vitórias-régias e ninfeias.

Apesar dessa área não ser grande, por alí ficam as estufas com orquídeas e bromélias.

O Orquidário abriga mais de 470 espécies de plantas! O Bromeliário é uma estufa com bromélias das mais diversas espécies, principalmente do Brasil. Ao total são 530 espécies.

Bromeliário. Fonte: Wikimedia

No caminho para as estufas, você verá a Casa dos Pilões, um monumento histórico pertencente à Real Fábrica de Pólvora da Lagoa Rodrigo de Freitas, que funcionou entre 1809 e 1831.

Nessa mesma região, há uma área chamada de Meliponário, com abelhas e colméias do Rio de Janeiro, algumas muito pequenas e todas elas sem ferrão. Eu achei maravilhoso ter contato com esses animais.

Aliás, enquanto você caminha pelo jardim espere ver tucanos (de-bico-preto) e macacos (normalmente macaco prego), além de jaqueiras com jacas enormes.

A maior parte do Jardim Botânico do Rio é composta por árvores, que estão dispostas entre as aleias. Destacam-se: pau-mulato, nativo das várzeas do Rio Amazonas, localizado na Aleia Campos Porto; sumaúma, uma das maiores árvores do mundo; e o pau-brasil.

Vale mencionar o Jardim Japonês, elaborado em 1935 usando 65 espécies de plantas do Japão. Portanto, há lagos com carpas, salgueiros, bonsais, cerejeiras e bambus.

Jardim Botânico

Nós gostamos muito dos canteiros com plantas medicinais, onde se encontram 185 espécies nativas e exóticas. Então, é um jardim bem grande.

O Jardim Botânico também possui um roseiral, localizado entre as aleias de Frei Leandro e do Barão de Capanema. O final da primavera e o começo do verão é a época de floração das rosas.

Como você pode perceber, o Jardim Botânico é enorme, histórico e essencial nas férias no Rio de Janeiro.

Leve repelente, compre o ingresso online e não desgrude do mapa para ter um passeio perfeito, como foi o nosso.

Nossa visita foi auto-guiada e a pé, mas saiba que há outros tipos de visitas, como a que utiliza um carrinho de golfe, visita guiada a pé (apenas sábado durante 1h30min.) e até visita noturna (é guiada e a pé).

Informações práticas

O Jardim Botânico do Rio de Janeiro abre todos os dias das 8h às 17h. Apenas às quartas-feiras, ele começa a funcionar a partir das 11h.

Para os brasileiros, compre o ingresso pelo site oficial, porque na bilheteria deve-se pagar em dinheiro.

Para os brasileiros, o ingresso custa R$ 29, sendo de graça para crianças até 5 anos. Os moradores da área metropolitana do Rio pagam R$ 18, tendo comprovante de residência.

Os visitantes dos países do Mercosul pagam R$ 55, enquanto os demais estrangeiros pagam R$ 75.

Então, passe no Centro de Visitantes para pegar um dos ótimos mapas disponíveis. Há também uma versão do mapa online, disponibilizada pela Associação dos Amigos do Jardim.

Espero que as informações sobre nosso passeio ao Jardim Botânico do Rio de Janeiro tenham sido úteis para planejar suas férias! Conheça também uma das paisagens mais bonitas do Rio, o Forte Duque de Caxias!

Boa viagem, viajante!

Comparador de seguro viagem Seletor de hotéis

Teste o seletor de hotéis do Guia!

PLANEJAMENTO DE VIAGEM

Reserva de hotéis

RESERVA DE HOTÉIS

Utilize o nosso link do Booking para conseguir as melhores ofertas de hotéis, pousadas e albergues.

O Booking oferece muitas vantagens: preços baixos, cancelamento gratuito de reservas, não é cobrada taxa de reserva e geralmente o pagamento é realizado somente na hora do check-in ou do check-out, na acomodação.

Reserva de carros

ALUGUEL DE CARROS

O Rentcars é um comparador de preços para encontrar a melhor tarifa no aluguel de carros em mais de 140 países.

Há várias vantagens em utilizar o serviço: não há cobrança de IOF, você pode realizar parcelamento, são muitas locadoras comparadas e não há cobrança de taxa para emissão da sua reserva.

Além disso, por padrão estão inclusas nas diárias Rentcars: quilometragem livre, proteção básica e as taxas administrativas da locadora.

Melhores seguros viagem

SEGURO VIAGEM

Tá em dúvida sobre qual seguro viagem comprar? A Real Seguro Viagem oferece um comparador de seguros viagem que te ajuda a encontrar os melhores preços das principais seguradoras.

Utilize o nosso link para conseguir os preços mais baixos e com desconto.

Loja do viajante

LOJA DO VIAJANTE

Sabe quando você utiliza um check-list de viagem e descobre que faltam alguns itens para a sua bagagem?

Selecionamos produtos importantes que nós utilizamos e recomendamos você levar na sua viagem. Eles estão apresentados na Loja do Viajante

Melhor localização

CHECAR LOCALIZAÇÃO

Encontrou um hotel, mas não tem certeza se ele é bem localizado? Tire a dúvida com esta ferramenta gratuita. Ela analisará a localização, de acordo com uma metodologia específica, e atribuirá uma nota.

Vale dizer que a melhor área possível para se hospedar é aquela área agradável, segura, com acesso ao transporte público, restaurantes e próxima aos principais pontos turísticos.

Melhores hotéis

SELETOR DE HOTÉIS

O Seletor de Hotéis é uma ferramenta online, totalmente gratuita, que seleciona os hotéis, hostels, apartamentos, pousadas e hotéis-fazenda mais adequados ao perfil do viajante. Por meio de um método matemático, o Seletor de Hotéis descobre os hotéis perfeitos para você em qualquer cidade do mundo.

A única coisa que o viajante deve fazer é elencar (de 1 a 5) suas prioridades em relação às características dos hotéis. Qual é a ordem de importância das características do hotel para o viajante? Por exemplo: melhor localização, menor preço, maior qualidade, mais reservado e tamanho do hotel.

Podcast de viagem

GUIA DE VIAGEM

O Papo Viagem Podcast é um guia de viagem em áudio gratuito sobre vários destinos que conhecemos.

Nós contamos a nossa experiência nas cidades e passamos dicas sobre onde se hospedar, melhor época para viajar, atrações e muito mais.

Sobre o autor

Internacionalista, jornalista e viajante apaixonada por cultura e história, todos os dias eu consigo unir minhas paixões escrevendo no Guia do Nômade Digital. Acredito que ler e se informar transformam as férias em uma experiência inesquecível. Já escrevi um guia de viagem sobre a Cidade do México e apresentei mais de 80 episódios do Papo Viagem Podcast.

Sem Comentários

    Deixe um Comentário

    error: Conteúdo protegido.