Menu
Brasil

O que fazer em Florianópolis? Pontos Turísticos de Floripa

Atualizado em: 18 de junho de 2020

Florianópolis se tornou a cidade queridinha dos turistas brasileiros nos últimos anos. A combinação de mais de 40 praias, baladas e belos cenários naturais atrai cada vez mais visitantes. Antes de visitar a cidade, é importante saber o que fazer em Florianópolis.

A capital catarinense é dividida em Ilha de Santa Catarina, que concentra as atrações, e no Continente, onde se destaca o bairro gastronômico de Coqueiros.

Para você entender bem a geografia da cidade, vale a pena ler nosso guia sobre os melhores bairros para se hospedar em Florianópolis e quais evitar. Porém, de antemão já digo que o melhor é dormir na Ilha.

Como você vai perceber no decorrer deste artigo, os melhores pontos turísticos de Florianópolis estão localizados na Ilha de Santa Catarina.

Com o índice abaixo, você pode ir para a seção com o assunto que mais te interessa:

O que fazer em Florianópolis, SC? Pontos turísticos de Floripa

As melhores praias de Floripa

Praia do Matadeiro
Praia do Matadeiro

No decorrer deste artigo, vamos falar sobre várias praias que gostamos e recomendamos. Nessa seção, queremos apenas reforçar quais são nossas preferidas.

As praias que mais gostamos ficam no Leste e Sul da Ilha.

Para quem prefere natureza e mar bom de nadar, mas que tenha ondas, vale muito a pena ir à Praia do Matadeiro, no Sul da Ilha. É de lá que sai a trilha para a Lagoinha do Leste.

Agora se você procura uma praia familiar, com restaurantes e mar bom para tomar banho, assim como para aprender a surfar, nós recomendamos a Praia da Barra da Lagoa. O mar costuma ser claro e espaço na areia não falta.

No mesmo bairro fica a Prainha, um local pequeno, porém com mar ainda mais tranquilo.

A Praia da Joaquina, que também está localizada na região da Lagoa da Conceição, tem águas claras e um belo cenário com grandes dunas, porém o mar é mais bravo.

No Norte da Ilha, a Praia do Forte é nossa preferida, por ter mar manso e ser um local familiar.

Na mesma região fica a Praia de Jurerê Internacional, que é tranquila para tomar banho, porém muito movimentada nos finais de semana.

Já a Praia da Daniela (vizinha da Praia do Forte) é super tranquila, uma das melhores para quem tem criança.

Os pais também procuram a Lagoa do Peri por possuir estrutura com banheiros e estacionamento e porque a água da lagoa é tranquila, ideal para os pequenos.

Em termos de beleza, a Praia da Ilha do Campeche é espetacular, o problema é o preço do barco para chegar lá, como mostraremos no decorrer do artigo.

Ponte Hercílio Luz

Ponte Hercílio Luz. Fonte: Wikimedia
Ponte Hercílio Luz. Fonte: Wikimedia

A Ponte Hercílio Luz é o cartão-postal de Florianópolis e também do estado de Santa Catarina, mas durante décadas ficou fechada.

Construída entre 1922 e 1926, a Ponte Hercílio Luz deixou de ser utilizada (mesmo para pedestres) em 1991 e ficou passando por reformas intermináveis por 28 anos. Foram 28 anos de polêmicas e gastos intermináveis!

Finalmente, é possível transitar pelo local, que se tornou um dos passeios prediletos dos ciclistas e pedestres, principalmente no final da tarde, com a beleza do pôr do sol.

Nossa dica é primeiro ir à Praça Hercílio Luz (Parque da Luz), que fica na cabeceira da Ponte na Ilha, e de lá tirar várias fotos do cartão-postal, para depois caminhar pela Ponte com calma.

Bairros Gastronômicos

Casario do bairro de Santo Antônio de Lisboa. Fonte: Flickr
Casario do bairro de Santo Antônio de Lisboa. Fonte: Flickr

Comer é uma ótima opção quando o mar nos rodeia.

Florianópolis tem bairros com características diferentes em relação à culinária. Nós os chamamos de bairros gastronômicos. São eles: Santo Antônio de Lisboa, Ribeirão da Ilha e Coqueiros.

Santo Antônio de Lisboa é um bairro tradicional, cheio de construções com arquitetura açoriana.

Santo Antônio de Lisboa é um ótimo lugar para comer peixe e há muitas opções de restaurante, como o Chão Batido, Restaurante Rosso e Marisqueira Sintra.

Não deixe de tirar algumas fotos do casario, comprar lembrancinhas e visitar a pequena igreja. Ao lado fica o bairro do Sambaqui, super charmoso e tranquilo.

O que fazer em Florianópolis? Atrações imperdíveis!
Ribeirão da Ilha. Fonte: Tripadvisor

Já o Ribeirão da Ilha é um dos melhores bairros para se provar ostras, muitas delas cultivadas nas fazendas de ostras do próprio bairro.

Quando se fala em ostra em Florianópolis, o Restaurante Ostradamus é um dos mais conhecidos, com ostras, mariscos e berbigões deliciosos.

Nós provamos deliciosos pastéis de Belém na confeitaria Tens Tempo, o desfecho ideal para um almoço no bairro.

A região conhecida como Via Gastronômica de Coqueiros não fica na Ilha de Santa Catarina, mas sim na porção continental de Florianópolis, no bairro Coqueiros.

Em Coqueiros, há restaurantes e bares dos mais diversos: mexicano, peruano, japonês, frutos do mar, e muitos outros. Um dos mais tradicionais é o Restaurante Rancho Açoriano, focado em peixes.

Além da comida, Coqueiros é aconchegante devido à vista para o mar e as pedras ao fundo. Vale a pena dar uma passada, apesar do trânsito sempre muito intenso!

Melhores trilhas em Floripa

Lagoinha do Leste

Quando o sol aparecer, aproveite para fazer uma das muitas trilhas de Florianópolis, que, normalmente, terminam na praia, uma compensação mais do que merecida pelo esforço.

Uma trilha belíssima é entre a Barra da Lagoa e a Praia da Galheta, com 1,5 km de muitas subidas e descidas.

Ainda no leste da ilha, a trilha da Costa da Lagoa se destaca com seus quase 8 km, trajeto que você pode fazer de barco.

Se você quer fazer trilhas que levam para praias desertas, a trilha de Naufragados, com 2,6 km, e a trilha da Lagoinha do Leste, com 4,3 km, são ótimas opções, além de serem trilhas lindas.

trilha da Lagoa do Peri, chamada de Trilha da Gurita
Voltando de caiaque da Trilha da Gurita

Contudo, sempre faça essas trilhas em grupo, já que são lugares mais afastados e a trilha da Lagoinha do Leste é cansativa e longa.

Ainda no sul da Ilha, há a trilha da Lagoa do Peri, chamada de Trilha da Gurita. Esse passeio tem como recompensa uma cachoeira, além do ambiente familiar da Lagoa do Peri.

Você pode continuar o passeio até a Praia do Matadeiro, uma das melhores de Floripa.

Lagoa da Conceição

Vista da Lagoa a partir do Canto dos Araçás
Vista da Lagoa a partir do Canto dos Araçás

O que fazer em Florianópolis passa por conhecer a Lagoa da Conceição. Nos dias de sol, o passeio começa pelo mirante, antes de chegar propriamente a Lagoa da Conceição.

Confira também o centrinho da Lagoa, que durante os finais de semana sempre há uma feirinha, como muitos produtos artesanais, além de vários bares.

Caminhar pela orla da Lagoa da Conceição (Avenida das Rendeiras) é um ótimo passeio, principalmente quando se termina o passeio descansando na grama à beira da Lagoa.

Em Florianópolis, relaxar é algo indispensável, ainda mais na Lagoa. Você pode relaxar comendo peixe na Costa da Lagoa, basta pegar um dos barquinhos no trapiche, no centrinho.

A Costa da Lagoa é um lugar mágico, com casinhas na encosta e diversos restaurantes com frutos do mar e peixes. Os pratos com peixe são os melhores e há restaurantes com bons preços.

Antes ou depois de saborear um delicioso peixe na beira da Lagoa da Conceição, nadar é uma ótima opção, pois na Costa da Lagoa a água é limpa. Aproveite!

Prainha da Barra da Lagoa
Prainha da Barra da Lagoa

Como Florianópolis possui mais de 40 praias, ir a praia é uma das atrações da Lagoa da Conceição.

Minha praia predileta é a Praia da Galheta, uma praia para nudistas e não-nudistas, mas que atualmente está mais difícil de ser visitada porque não é mais tão tranquila e familiar como antes.

A Joaca, também chamada de Praia da Joaquina, é ideal para o surf, sendo limpa e linda, mas o mar é gelado. O visual dessa praia é demais!

A Praia Mole de mole não tem nada, seu mar é bravo, ideal para quem tem muita intimidade com o mar. Porém, a combinação de areia dourada com morros esverdeados cria um belo cenário.

Para quem gosta de praia com restaurantes nas proximidades, a Praia da Barra da Lagoa é a melhor opção. Há diversos restaurantes próximos à faixa de areia, mas parte da praia fica sem restaurantes.

Vale destacar que a Lagoa da Conceição é uma das regiões que mais gostamos sobre onde ficar em Florianópolis, principalmente para quem gosta de praias boas bem perto da hospedagem e ambiente descontraído.

O que fazer no Centro de Florianópolis?

Catedral Metropolitana. Fonte: Flickr

Quando se pensa sobre o que fazer em Florianópolis, o centro da cidade pode ser uma resposta, mas é importante tomar alguns cuidados.

Visite as atrações indicadas a seguir, mas não se aventure muito pelo centro nos finais de semana, porque fica um tanto abandonado. Nos dias de semana, o local é seguro e bastante visitado.

No centro de Florianópolis, recomendamos a você conhecer o Palácio Cruz e Sousa, que contém o Museu Histórico de Santa Catarina, com mobiliário antigo e bela arquitetura.

O Palácio Cruz e Sousa foi construído no século XVIII e recebe esse nome em homenagem ao poeta catarinense Cruz e Sousa. É possível visitá-lo todos os dias e adultos pagam apenas R$ 5.

Mercado Público. Fonte: Flickr

Próximo ao Palácio Cruz e Sousa, localiza-se a Praça XV, com sua figueira centenária, mas não fique muito tempo por ali, vá direto à Catedral Metropolitana.

Dedicada a Nossa Senhora do Desterro, a Catedral Metropolitana foi construída no século XVIII, mas muito modificada nos séculos seguintes.

Ainda no centro, a Praça da Alfândega é um ótimo ponto para comprar artesanato, enquanto no Mercado Público te esperam petiscos e cervejas, além de uma área com peixes e camarões com bons preços.

Ilha do Campeche

Ilha do Campeche
O mar da Ilha do Campeche só fica assim em dia de sol forte. Fonte: TripAdvisor

A Ilha do Campeche possui apenas uma praia, a praia com a água mais transparente de Florianópolis.

Por ser Patrimônio Arqueológico e Paisagístico Nacional, devido às pinturas rupestres, a Ilha do Campeche só permite trilhas guiadas, mas é possível ficar apenas na praia, o que já excelente.

Para chegar a Ilha do Campeche, saem barcos da Armação, Campeche e Barra da Lagoa. Os passeios de barco custam em torno de R$130, dependendo da localidade. Se possível, tente barganhar.

Já que o passeio de barco é caro, o melhor é sair da Barra da Lagoa e poder apreciar todo o Leste da Ilha durante o trajeto, fazendo valer cada segundo do passeio.

Vale destacar a importância de levar seu próprio lanche e trazer de volta o seu lixo.

Fortalezas

O que fazer em Florianópolis? Atrações imperdíveis!ufsc
Fortaleza de Anhatomirim. Fonte: UFSC

Uma das melhores opções de atrações culturais é conhecer as fortalezas na baía norte da Ilha de Santa Catarina.

As fortalezas foram construídas para proteger a Ilha dos ataques inimigos, principalmente dos espanhóis, principais rivais para a tomada do Sul do Brasil.

Há três principais fortalezas que podem ser visitadas, são elas: Anhatomirim, São José da Ponta Grossa e Ratones.

Há passeios de barco para essas fortalezas saindo do centro de Florianópolis, de Canasvieiras e do Sambaqui. Não deixe de conhecer um pouquinho da história de Florianópolis.

Aliás, um dos principais pontos turísticos de Canasvieiras é fazer esse passeio, que custa cerca de R$ 80 por pessoa saindo do bairro, que é um dos mais procurados pelos argentinos, por ser barato e familiar.

Para quem não quer fazer o passeio de barco, basta ir até a Praia do Forte (perto da Praia de Jurerê Internacional), curtir a praia e ainda conhecer o Forte São José da Ponta Grossa (entrada R$ 8).

Para saber mais sobre as fortalezas de Florianópolis, visite o site do Projeto Fortalezas da Ilha de Santa Catarina da UFSC.

O que fazer em Florianópolis à noite?

O que fazer em Florianópolis à noite?
Antesano Pizza Bar. Fonte: TripAdvisor

Florianópolis é uma cidade ideal para aproveitar o dia nas praias, lagoas e trilhas, mas a capital catarinense melhorou bastante no quesito vida noturna.

O centrinho da Lagoa da Conceição é um dos melhores lugares para sair à noite em Florianópolis, principalmente sexta e sábado.

No Centrinho da Lagoa, há restaurantes e bares para todos os bolsos e gostos, desde locais para casais até para amigos.

Nós gostamos bastante do Rufus Bar, com 20 tipos de chope e ótimos hambúrgueres.

Para jantar, o Artesano Pizza Bar é um lugar super bonito e tranquilo. Muitos elogiados são o Sushi Yama e o Sabor Perú, para quem procura gastronomias específicas.

As baladas estão localizadas na Avenida das Rendeiras, com a lagoa à frente.

O John Bull Pub é a balada mais estilosa da Lagoa da Conceição, com shows de rock. Já o Santa Club Lagoa tem mais variedade de músicas, desde eletrônica até reggae.

No Centrinho fica o The Black Swan, um pub inglês que vira balada no decorrer da noite.

Há mais variedade sobre o que fazer em Floripa à noite durante o verão, quando a cidade recebe shows nacionais e baladas eletrônicas.

Porém, em qualquer época as casas noturnas mais famosas e caras de Floripa são: Pacha, Parador 12 (P-12) e Café de La Musique em Jurerê Internacional.

Para quem busca o que fazer em Florianópolis à noite para famílias, vale a pena ir aos bairros gastronômicos.

Além da Lagoa da Conceição, os bairros de Santo Antônio de Lisboa e Coqueiros se destacam para jantar.

O Ribeirão da Ilha é mais adequado para almoçar nos finais de semana, podendo apreciar a beleza das construções típicas.

A Avenida Beira Mar Norte é uma região tradicional da elite de Florianópolis e até hoje é a região com bares modernos, diferentes, lojas caras e coisas do tipo.

Lá ficam ótimos restaurantes, como o animado restaurante mexicano Guacamole ou no Didge Stakehouse Pub, com comidas “australianas”.

Se você visitar Floripa no verão, fique de olho na agenda cultural, porque a oferta de shows, apresentações e festas aumenta consideravelmente.

O que fazer em Florianópolis com chuva e no inverno?

O que fazer em Florianópolis com chuva e no inverno?
Palácio Cruz e Sousa. Fonte: Flickr

Saiba que é bem comum pegar dias de chuva em Florianópolis, principalmente entre a primavera e o verão. Ter algumas cartas na mão para esses dias é sempre bom e também ajudam no inverno e dias mais frios.

Como já mencionamos, os bairros gastronômicos e as baladas são também são opções sobre o que fazer em Florianópolis com chuva.

Para muitos turistas, o que fazer em Florianópolis em dia de chuva passa por comprar ou bater pernas pelos shoppings da cidade.

Na Ilha de Santa Catarina, há três shoppings: Shopping Iguatemi (Santa Mônica, mais sofisticado), Floripa Shopping (SC 401, mais simples) e Beiramar Shopping (Beira Mar, o mais antigo).

Recomendo, fora do horário de pico, conhecer também os shoppings da cidade de São José, com destaque para o local do momento, o Continente Park Shopping.

Quando se pensa em o que fazer em Florianópolis em dia de chuva o centro da cidade pode ser uma resposta comum nos dias de semana.

No centro de Florianópolis, recomendamos a você conhecer o Palácio Cruz e Sousa, onde fica o Museu Histórico de Santa Catarina; a Praça XV, com sua figueira centenária; a Catedral Metropolitana dedicada a Nossa Senhora do Desterro; a Praça da Alfândega e o Mercado Público, para petiscar frutos do mar.

Perto do centro fica o Museu de Arte de Santa Catarina, com diversos quadros e exposições de artistas catarinenses. Ele está localizado no Centro Integrado de Cultura (CIC) e tem entrada gratuita, estando fechado apenas as segundas-feiras.

Mapa de Florianópolis com pontos turísticos

Confira no mapa a localização de todos os pontos turísticos de Floripa mencionados neste artigo.

Basta clicar no “botão com seta” para acessar a legenda do mapa.

Gostou das dicas sobre o que fazer em Florianópolis? Então, leia nosso post especial sobre onde ficar em Florianópolis nos melhores bairros e sugestões de hospedagens para todos os bolsos!

Boa Viagem, Viajante!

PLANEJAMENTO DE VIAGEM

Reserva de hotéis

RESERVA DE HOTÉIS

Utilize o nosso link do Booking para conseguir as melhores ofertas de hotéis, pousadas e albergues.

O Booking oferece muitas vantagens: preços baixos, cancelamento gratuito de reservas, não é cobrada taxa de reserva e geralmente o pagamento é realizado somente na hora do check-in ou do check-out, na acomodação.

Melhor localização

CHECAR LOCALIZAÇÃO

Encontrou um hotel, mas não tem certeza se ele é bem localizado? Tire a dúvida com esta ferramenta gratuita. Ela analisará a localização, de acordo com uma metodologia específica, e atribuirá uma nota.

Vale dizer que a melhor área possível para se hospedar é aquela área agradável, segura, com acesso ao transporte público, restaurantes e próxima aos principais pontos turísticos.

Melhores hotéis

SELETOR DE HOTÉIS

O Seletor de Hotéis é uma ferramenta online, totalmente gratuita, que seleciona os hotéis, hostels, apartamentos, pousadas e hotéis-fazenda mais adequados ao perfil do viajante. Por meio de um método matemático, o Seletor de Hotéis descobre os hotéis perfeitos para você em qualquer cidade do mundo.

A única coisa que o viajante deve fazer é elencar (de 1 a 5) suas prioridades em relação às características dos hotéis. Qual é a ordem de importância das características do hotel para o viajante? Por exemplo: melhor localização, menor preço, maior qualidade, mais reservado e tamanho do hotel.

Reserva de carros

ALUGUEL DE CARROS

O Rentcars é um comparador de preços para encontrar a melhor tarifa no aluguel de carros em mais de 140 países.

Há várias vantagens em utilizar o serviço: não há cobrança de IOF, você pode realizar parcelamento, são muitas locadoras comparadas e não há cobrança de taxa para emissão da sua reserva.

Além disso, por padrão estão inclusas nas diárias Rentcars: quilometragem livre, proteção básica e as taxas administrativas da locadora.

Melhores seguros viagem

SEGURO VIAGEM

Tá em dúvida sobre qual seguro viagem comprar? O SegurosPromo é um comparador de seguros viagem que te ajuda a encontrar os melhores preços das principais seguradoras.

Utilize o nosso link para conseguir os preços mais baixos, bem como o cupom de desconto NOMADEDIGITAL5 para ganhar 5% de desconto.

Podcast de viagem

GUIA DE VIAGEM

O Papo Viagem Podcast é um guia de viagem em áudio gratuito sobre vários destinos que conhecemos.

Nós contamos a nossa experiência nas cidades e passamos dicas sobre onde se hospedar, melhor época para viajar, atrações e muito mais.

Loja do viajante

LOJA DO VIAJANTE

Sabe quando você utiliza um check-list de viagem e descobre que faltam alguns itens para a sua bagagem?

Selecionamos produtos importantes que nós utilizamos e recomendamos você levar na sua viagem. Eles estão apresentados na Loja do Viajante

Sobre o autor

Internacionalista, jornalista e viajante apaixonada por cultura e história, todos os dias eu consigo unir minhas paixões escrevendo no Guia do Nômade Digital. Acredito que ler e se informar transformam as férias em uma experiência inesquecível. Já escrevi um guia de viagem sobre a Cidade do México e apresentei mais de 80 episódios do Papo Viagem Podcast.

Sem Comentários

    Deixe um Comentário

    error: Conteúdo protegido.