O que fazer em Bolonha? Descubra a cidade vermelha da Itália!

Confira o que fazer em Bolonha e descubra as belezas dessa cidade italiana cheia de estilo!

O que fazer em Bolonha? Descubra a cidade vermelha da Itália!

Bolonha não é a cidade mais turística da Itália e isso é ótimo para quem quer curtir uma cidade cheia de personalidade, mas com bastante tranquilidade. Terra do tagliatelle al ragu, dos pórticos e das construções avermelhadas, Bolonha oferece ótimas atrações para dois ou três dias de viagem.

O Guia do Nômade Digital adorou conhecer Bolonha, por isso fizemos um post sobre o que fazer em Bolonha, mostrando as principais atrações da cidade e as que mais gostamos. Temos certeza que você também irá gostar dessa bela cidade italiana. Confira!

Confira também o episódio sobre Bolonha no Papo Viagem Podcast!

 

Piazza Maggiore e Piazza del Nettuno

As Piazzas Maggiore e del Nettuno são as principais praças de Bolonha, abrigando muitas atrações da cidade. Elas são conectadas, por isso as abordamos conjuntamente. A visita conjunta as duas é mais interessante.

As principais atrações da Piazza Maggiore incluem a Basílica de São Petrônio, o Palazzo d’Accursio (prédio da prefeitura) e o Palazzo dei Notai (palácio do século XIV).

A Basílica de São Petrônio é uma das maiores igrejas católicas do mundo e possui uma história peculiar. Na época da construção, no século XIV, o Papa Inocêncio II ordenou que a construção fosse interrompida, pois a nova basílica seria maior que a Basílica de São Pedro, no Vaticano. Por isso, a Basílica de São Petrônio é metade de mármore, metade de tijolos.

O que fazer em Bolonha? Descubra a cidade vermelha da Itália!

Informações práticas: End. Piazza Maggiore. Horários: todos os dias 7:45-14:00 e 15:00-18:00. Entrada gratuita.

Na Piazza del Nettuno destacam-se as seguintes atrações: Fontana del Nettuno (uma fonte simples, mas bonita, do artista Giambologna), Palazzo Re Enzo, Biblioteca Salaborsa.

Toda arquitetura dessas praças merece muitas fotos e se possível um vídeo, só assim você conseguirá captar a beleza da região histórica mais importante de Bolonha. Não tem como essas praças ficarem de fora de um post sobre o que fazer em Bolonha.

 

Torres de Bolonha

O que fazer em Bolonha? Descubra a cidade vermelha da Itália!

Um dos símbolos de Bolonha são suas duas grandes torres (um pouco tortas para falar a verdade, mas muito altas). Garisenda e Asinelli, é assim que se chamam, são torres construídas no século XII.

Se você quer ter uma vista panorâmica de Bolonha, subir a Torre Asinelli é uma boa pedida, somente esta pode ser visitada. Na mesma região, há o Palazzo della Mercanzia, que pertence a associação comercial da região, um edifício com arquitetura muita bela.

Informações práticas: End. Piazza di Porta Ravegnana. Horários: verão das 9:00-18:00; inverno das 9:00-17:00. Bilhete adulto para subir a Torre Asinelli 3€. Para mais informações, clique aqui.

 

Basílica Santuário Santo Stefano

O que fazer em Bolonha? Descubra a cidade vermelha da Itália!

A Basílica Santuário Santo Stefano é uma complexo religioso formado originalmente por sete construções interligadas, o que faz essa basílica ser muito charmosa. Seu interior de pedra, cheio de passagens, oferece ao visitante uma volta ao passado. Há um pequeno jardim charmoso, formando um cenário romântico, quebrado apenas pelos nomes dos soldados da região mortos em vários conflitos.

Informações práticas: End. Via Santo Stefano, 24. Entrada gratuita, inclusive para um pequeno museu.

 

Archiginnasio

Onde ficar em Bolonha? Melhores bairros!

Fonte: Wikimedia

Abrigado dentro de uma construção de meados do século XVI, o Archiginnasio foi criado como sala de leitura para a Universidade de Artes e Direito de Bolonha. Mas com o passar do tempo incorporou outras salas, que o tornaram conhecido, como o Teatro Anatômico do século XVII, construído por Antonio Levante e que possui a famosa estátua Spellati de Ercole Lelli.

Informações práticas: End. Piazza Galvani, 1 (atrás da Piazza Maggiore). Horários: Seg-Sáb 9:00-19:00; Dom 10:00-14:00. Bilhete adulto 3€.

 

Quadrilátero

Comer bem em Bolonha é obrigatório e muitas vezes se consegue por preços acessíveis, comparados aos de outras cidades italianas. Comer é tão importante que há coração do centro velho o Quadrilátero, uma região que abrigava mercados na Idade Média e hoje se tornou o centro culinário da cidade e não poderia ficar de fora sobre o que fazer em Bolonha.

A localização do Quadrilátero é extremamente central, basicamente entre a Piazza Maggiore, Via Rizzoli, Piazza della Mercanzia, Via Castiglione, Via Farini, Piazza Galvani e Via dell’Archiginnasio.

Mesmo sendo uma região central, os pratos saem por menos de 10€ por pessoa, a média que vimos foi em torno de 8€. Vale ficar atento a uma dica: muitas vezes a comida possui um preço razoável, mas a bebida é caríssima, como a cerveja. Também se atente ao tamanho da lasanha, que é bem pequena (todas as lasanhas que comemos na Itália eram pequenas).

 

Giardino Margherita

O que fazer em Bolonha? Descubra a cidade vermelha da Itália!

Descobrimos o Giardino Margherita por meio do mapa que nos deram no hostel. Nossas pesquisas na internet e no guia de viagem nem se querer citaram esse jardim inglês do século XIX super lindo.

Quase que não conhecemos um belíssimo jardim com uma feira ao ar livre maravilhosa. Vendia-se de tudo nessa feira: flores lindas (cheiro de rosas no ar!), comidas variadas, objetos de decoração e muitas bijuterias artesanais.

Depois de conhecer a Basílica Santuário Santo Stefano, vá até o Giardino Margherita. Pena que não encontrei os horários e dias da feira, mas a encontramos no sábado pela manhã. Mesmo que a feira não esteja ocorrendo quando você for, há um bar durante todo o ano, que nas noites da primavera e verão se torna uma balada.

Informações práticas: End. Piazza di Porta Santo Stefano. Entrada gratuita.

 

Bairro Universitário

A Universidade de Bolonha é considerada a universidade ocidental mais antiga, remonta os anos 1000 d.C. Assim, Bolonha atrai estudantes do mundo inteiro. Diversas vias da cidade adquiriram o status de zona universitária, principalmente as Via Marsala e Via delle Belle Arti.

Nas vias ao redor da Universidade, há muitos bares e restaurantes com preços bem em conta, algo como 6€ um bom tagliatelle al ragu. Não deixe de conhecer essa região e aproveitar a vida noturna da cidade.

 

Pórticos

O que fazer em Bolonha? Descubra a cidade vermelha da Itália!

Dizem que em Bolonha nem a chuva nem a neve vão te molhar, mesmo se você não tiver uma capa ou guarda-chuva. Esse ditado é verdadeiro devido aos pórticos, passagens cobertas para pedestres. Um pórtico seria algo como uma calçada coberta no térreo, com os demais andares acima.

Vale ficar atento aos pórticos, por que há muita beleza nessa arquitetura que abunda em Bolonha e que não poderia ficar de fora de um post sobre o que fazer em Bolonha.

 

Outras atrações de Bolonha

O que fazer em Bolonha? Descubra a cidade vermelha da Itália!

Basílica di San Francesco

  • Santuário de Madonna di San Luca: Via di San Luca, 36;
  • Pinacoteca Nacional: Via delle Belle Arti, 56;
  • Basílica de São Domingo: Piazza San Domenico, 12;
  • Basílica de Santa Maria dei Servi: Str. Maggiore, 43;
  • Basílica de San Giacomo Maggiore: Piazza Gioacchino Rossini;
  • Santuário de Santa Maria della Vita: Via Clavature, 10;
  • Museu da Música: Str. Maggiore, 34;
  • Basílica di San Francesco: Piazza S. Francesco, 14.

 

Gostou das dicas sobre o que fazer em Bolonha? Então, curta o site e este post!

Comparador de seguro viagem

Boa Viagem, Viajante!

PLANEJAMENTO DE VIAGEM
Reserva de hotéis
RESERVA DE HOTÉIS

Utilize o nosso link do Booking para conseguir as melhores ofertas de hotéis, pousadas e albergues.

O Booking oferece muitas vantagens: preços baixos, cancelamento gratuito de reservas, não é cobrada taxa de reserva e geralmente o pagamento é realizado somente na hora do check-in ou do check-out, na acomodação.

CHECAR LOCALIZAÇÃO

Encontrou um hotel, mas não tem certeza se ele é bem localizado? Tire a dúvida com esta ferramenta gratuita. Ela analisará a localização, de acordo com uma metodologia específica, e atribuirá uma nota.

Vale dizer que a melhor área possível para se hospedar é aquela área agradável, segura, com acesso ao transporte público, restaurantes e próxima aos principais pontos turísticos.

SELETOR DE HOTÉIS

O Seletor de Hotéis é uma ferramenta online, totalmente gratuita, que seleciona os hotéis, hostels, apartamentos, pousadas e hotéis-fazenda mais adequados ao perfil do viajante. Por meio de um método matemático, o Seletor de Hotéis descobre os hotéis perfeitos para você em qualquer cidade do mundo.

A única coisa que o viajante deve fazer é elencar (de 1 a 5) suas prioridades em relação às características dos hotéis. Qual é a ordem de importância das características do hotel para o viajante? Por exemplo: melhor localização, menor preço, maior qualidade, mais reservado e tamanho do hotel.

ALUGUEL DE CARROS

O Rentcars é um comparador de preços para encontrar a melhor tarifa no aluguel de carros em mais de 140 países.

Há várias vantagens em utilizar o serviço: não há cobrança de IOF, você pode realizar parcelamento, são muitas locadoras comparadas e não há cobrança de taxa para emissão da sua reserva.

Além disso, por padrão estão inclusas nas diárias Rentcars: quilometragem livre, proteção básica e as taxas administrativas da locadora.

SEGURO VIAGEM

Tá em dúvida sobre qual seguro viagem comprar? O SegurosPromo é um comparador de seguros viagem que te ajuda a encontrar os melhores preços das principais seguradoras.

Utilize o nosso link para conseguir os preços mais baixos, bem como o cupom de desconto NOMADEDIGITAL5 para ganhar 5% de desconto.

GUIA DE VIAGEM

O Papo Viagem Podcast é um guia de viagem em áudio gratuito sobre vários destinos que conhecemos.

Nós contamos a nossa experiência nas cidades e passamos dicas sobre onde se hospedar, melhor época para viajar, atrações e muito mais.

Posts que você deve ver também!

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Receber notificações de
error: Conteúdo protegido.