Museu do Ouro em Bogotá, o melhor museu da Colômbia

Descubra os destaques do Museu do Ouro em Bogotá, um passeio imperdível na Capital da Colômbia!

O Museu do Ouro em Bogotá é o museu mais conhecido da Colômbia e um dos mais visitados. Focado na arte da ourivesaria indígena, o Museu do Ouro em Bogotá é imperdível, por ser muito rico em história, ter peças de ouro deslumbrantes e por ser um museu moderno e com boa estrutura.

Neste post, vamos mostrar como é a visita ao Museu do Ouro em Bogotá, trazendo muitas dicas para você aproveitar bastante sua visita.

Confira também os demais posts sobre Bogotá!


Como é a visita ao Museu do Ouro em Bogotá

Museu do Ouro em Bogotá

Peças importantes do Museu do Ouro

Antes de darmos detalhes sobre como é a visita ao Museu do Ouro e seus principais destaques, é importante conhecer os quatros espaços que formam a área da exposição permanente:

  • Sala sobre técnicas de ourivesaria;
  • Sala sobre os Povos Indígenas e sua distribuição geográfica;
  • Sala sobre cosmologia e simbolismo;
  • Sala de La balsa muisca y el Dorado.

A grande coleção do Museu do Ouro e a forma como ela está organizada permitem ao visitante entender diversos aspectos da ourivesaria dos Povos Indígenas.

No Museu, há peças feitas de outros metais (cobre e prata) e também ligas metálicas (como a tumbaga). Diversas técnicas de metalurgia são explicadas no museu. Muitas dessas técnicas foram trazidas ao território da atual Colômbia pelos Povos Andinos.

A partir da sala dedicada aos processos da metalurgia pré-colombiana, o visitante começa a ter contado com diversos aspectos culturais dos Povos Indígenas. Mesmo havendo a separação temática entre as salas da exposição permanente, os assuntos se cruzam.

Para nós, o mais interessante é o aprendizado sobre a importância dos metais na Cosmovisão Indígena.

Museu do Ouro em Bogotá

Ornamentos de ouro usados pelos caciques

Os caciques e chefes indígenas usavam narigueiras, peitorais e coroas de ouro em seus rituais. Normalmente, o ouro era misturado a outros metais para se tornar mais resistente e oxidar menos.

O uso do metal dourado tem a ver com o deus Sol, que na Cosmovisão Indígena é o responsável pela vida, sendo a divindade máxima em várias tribos e povos pré-colombianos.

O ouro em si não tinha valor monetário, mas puramente simbólico, então, não importava o ouro puro. Dessa forma, diversas peças de ouro (misturado) foram feitas pelos Povos Indígenas para praticar suas crenças.

Há inúmeras peças de ouro absurdamente detalhistas. Desde pequenos animais até o deus Sol estão imortalizados na coleção permanente do Museu do Ouro.

Na Colômbia, a ourivesaria e metalurgia surgiram 500 a.C e tiveram grande abrangência geográfica nos séculos seguintes, tendo sido encontradas obras elaboradas no século XV.

Museu do Ouro em Bogotá

Algumas peças do Museu do Ouro

As peças de ouro mais imponentes eram usadas pelos caciques como acessórios para roupas, sendo que muitas delas foram encontradas em túmulos.

Vale destacar as obras em forma de cabaça, que representavam o corpo feminino. Normalmente, elas eram enterradas junto com as pessoas, simbolizando o renascimento.

Há várias peças de animais de diferentes regiões da Colômbia. O jaguar (onça) era um dos mais importantes, porque estava ligado à força e aos guerreiros. As aves representavam a conexão com o céu (o divino), assim como os morcegos.

As serpentes tinham um significado especial, ligadas ao renascimento, pois mantinham contato com mundo da água e o mundo da lua.

Há inclusive peças que mesclam diversos animais, até mesmo de animais com o ser humano. Essas obras eram utilizadas em rituais para trazer a sabedoria e as habilidades dos animais para os caciques.

Algumas peças de ouro tinham função prática, como os cachimbos usados para fumar ervas alucinógenas durante os rituais.

Museu do Ouro em Bogotá

La Balsa Muisca. Fonte: Wikimedia por Andrew Bertram

Um dos grandes destaques do Museu é La Balsa Muisca.

Os espanhóis tiveram conhecido de um rito do povo muisca, no qual o cacique era coberto com pó de ouro, brilhando como o sol, e adentrava a uma balsa. Para os espanhóis, seria a concretização do El Dorado.

La Balsa Muisca é uma das peças mais importantes do museu e mostra exatamente essa celebração. A peça foi encontrada em 1969 por um camponês na região de Pasca.

A partir do descobrimento das peças pré-colombianas, cada vez mais, o povo colombiano vem tomando consciência da importância do seu patrimônio histórico.

Os turistas estrangeiros têm no Museu do Ouro o principal meio de entender e valorizar a riqueza artística, histórica e cultural dos Povos Indígenas da Colômbia.

Veja também várias imagens do Museu do Ouro em Bogotá no Google Arts and Culture.


Visita guiada ao Museu do Ouro em Bogotá e outras dicas

Museu do Ouro em Bogotá

O Museu do Ouro possui visitas guiadas já inclusas no ingresso (terça a sábado), sendo uma ótima oportunidade de aprendizado.

Nós fizemos a visita guiada em espanhol, mas há visitas em inglês. A visita abrange apenas uma sala da exposição, escolhida pelos turistas. No nosso caso, a sala escolhida foi sobre cosmologia e simbolismo.

A qualidade da visita guiada é excelente e, mesmo sendo em apenas uma sala, nossa guia trouxe informações sobre várias questões de outras áreas do museu, enriquecendo a experiência.

Há também a opção do audioguia por 8 mil pesos colombianos. Nas salas, o visitante encontra legendas bem explicadas, tanto em espanhol quanto em inglês.

Informações práticas – Endereço: Parque Santander (Cra. 6 #15-88), Candelária. Fechado às segundas. Ingresso adulto $ 4 mil, gratuito aos domingos. Audioguia $ 8 mil. Confira os horários das visitas guiadas e mais informações no site oficial aqui.

 

Esperamos que as dicas sobre o Museu do Ouro em Bogotá tenham sido úteis! Confira também outros posts sobre Bogotá!

Boa viagem, Viajante!

PLANEJAMENTO DE VIAGEM
Reserva de hotéis
RESERVA DE HOTÉIS

Utilize o nosso link do Booking para conseguir as melhores ofertas de hotéis, pousadas e albergues.

O Booking oferece muitas vantagens: preços baixos, cancelamento gratuito de reservas, não é cobrada taxa de reserva e geralmente o pagamento é realizado somente na hora do check-in ou do check-out, na acomodação.

CHECAR LOCALIZAÇÃO

Encontrou um hotel, mas não tem certeza se ele é bem localizado? Tire a dúvida com esta ferramenta gratuita. Ela analisará a localização, de acordo com uma metodologia específica, e atribuirá uma nota.

Vale dizer que a melhor área possível para se hospedar é aquela área agradável, segura, com acesso ao transporte público, restaurantes e próxima aos principais pontos turísticos.

SELETOR DE HOTÉIS

O Seletor de Hotéis é uma ferramenta online, totalmente gratuita, que seleciona os hotéis, hostels, apartamentos, pousadas e hotéis-fazenda mais adequados ao perfil do viajante. Por meio de um método matemático, o Seletor de Hotéis descobre os hotéis perfeitos para você em qualquer cidade do mundo.

A única coisa que o viajante deve fazer é elencar (de 1 a 5) suas prioridades em relação às características dos hotéis. Qual é a ordem de importância das características do hotel para o viajante? Por exemplo: melhor localização, menor preço, maior qualidade, mais reservado e tamanho do hotel.

ALUGUEL DE CARROS

O Rentcars é um comparador de preços para encontrar a melhor tarifa no aluguel de carros em mais de 140 países.

Há várias vantagens em utilizar o serviço: não há cobrança de IOF, você pode realizar parcelamento, são muitas locadoras comparadas e não há cobrança de taxa para emissão da sua reserva.

Além disso, por padrão estão inclusas nas diárias Rentcars: quilometragem livre, proteção básica e as taxas administrativas da locadora.

SEGURO VIAGEM

Tá em dúvida sobre qual seguro viagem comprar? O SegurosPromo é um comparador de seguros viagem que te ajuda a encontrar os melhores preços das principais seguradoras.

Utilize o nosso link para conseguir os preços mais baixos, bem como o cupom de desconto NOMADEDIGITAL5 para ganhar 5% de desconto.

GUIA DE VIAGEM

O Papo Viagem Podcast é um guia de viagem em áudio gratuito sobre vários destinos que conhecemos.

Nós contamos a nossa experiência nas cidades e passamos dicas sobre onde se hospedar, melhor época para viajar, atrações e muito mais.

Posts que você deve ver também!

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
  Subscribe  
Receber notificações de
error: Conteúdo protegido.