Menu
América do Norte

Museu de Arqueologia e História de Montreal: Museu Pointe-à-Callière

Atualizado em: 28 de julho de 2023

Não é sempre que se tem a oportunidade de visitar um museu de arqueologia no Canadá. Uma das exceções fica em Montreal: o Museu Pointe-à-Callière, dedicado à Arqueologia e História de Montreal.

Nós recomendamos que você dedique 2h para conhecê-lo. Visitá-lo é a melhor maneira para entender a história de Montreal, fundamental para os turistas, afinal, a cidade é antiga e conta com um centro histórico preservado.

Além disso, o Museu de Arqueologia e História de Montreal possui exposições temporárias extensas e bem pensadas, como sobre o Egito Antigo, que vimos durante nossa visita.

Leia também nosso artigo especial sobre o Monte Royal, outra região histórica da cidade, além de ter as vistas mais bonitas.

Destaques da visita ao Museu de Arqueologia e História de Montreal: Museu Pointe-à-Callière

Museu de Arqueologia e História de Montreal: Museu Pointe-à-Callière
A Antiga Alfândega faz parte do Museu Pointe-à-Callière

O Museu Pointe-à-Callière é um dos melhores museus de Montreal e ele está abrigado em diversos prédios históricos conectados pelo subsolo, incluíndo sítios arqueológicos.

Entre esses sítios fica o local de fundação de Montreal pelos franceses em 17 de maio de 1642. Nesse mesmo dia em 1992, o Museu de Arqueologia e História de Montreal foi inaugurado, comemorando os 350 anos da cidade.

Antes de sua inauguração, apenas os estudiosos sabiam da importância histórica da região. Atualmente, o Museu ocupa o subsolo, onde estão os sítios arqueológicos, e conecta os prédios antigos.

O nome Museu Pointe-à-Callière é uma homenagem ao terceiro governador da região, Louis-Hector de Callière, que viveu em uma residência onde o museu foi erguido.

Coleção permanente do Museu de Arqueologia e História de Montreal

Éperon Building e exposições no subsolo

A entrada do Museu é no Éperon Building, onde se inicia a visita da coleção permanente. O Éperon Building é uma construção moderna localizada onde ficava o Royal Insurance Building.

Infelizmente, o Royal Insurance Building (alfângeda de Montreal até 1917) foi demolido em 1951 após problemas estruturais somados a um incêndio em 1949. Após a demolição, o espaço foi usado como área verde.

No Éperon Building, as exposições começam pelos Povos Indígenas, como eles viviam, além do início da colônia francesa e suas dificuldades.

Vale ter atenção especial ao acordo de paz entre os Povos Indígenas e os franceses, chamado de a Grande Paz de 1701, fundamental para o crescimento de Montreal.

Além disso, há muitas explicações sobre a história de um dos mais bonitos prédios neoclássicos da cidade, o Royal Insurance Building. Inclusive, as explicações foram postas nas ruínas da fundação do edifício.

A continuação da visita seria pelo primeiro coletor de esgoto da América do Norte (1832-1838) e pelos resquícios do Forte Ville-Marie, porém ambos estavam fechados quando fomos ao Museu Pointe-à-Callière.

O coletor de esgoto é um túnel extenso e bem iluminado, como observei nas fotos.

Museu de Arqueologia e História de Montreal: Museu Pointe-à-Callière
Sítios arqueológicos e arquitetura moderna lado a lado

Já o Forte Ville-Marie é mais importante, sendo o local exato da fundação da cidade por Paul Chomedey de Maisonneuve e Jeanne Mance, assim como local da residência do governador Louis-Hector de Callière.

Pelas fotos e vídeos que vi, essa área é repleta de vidro com os resquícios do Forte no chão, sendo uma maneira de usar a modernidade com o objetivo de preservar a história.

A continuação da nossa visita se deu na Praça do Mercado, que usada como local para as feiras ao ar livre na antiga Montreal, tendo sido encontrados até mesmo artefatos indígenas anteriores a colonização.

Como o espaço é amplo, há vários destaques, como as maquetes no chão, protegidas por vidros grossos, mostrando as etapas de desenvolvimento da cidade ao longo dos séculos.

O mapa digital com a evolução do adensamento urbano foi bem pensado, assim como a riqueza de detalhes dos objetos dos povos que formaram a cidade, incluíndo os imigrantes das últimas décadas.

Praça do Mercado

É ali que você vai entender melhor a história da cidade em ordem cronológica, mas sem ser desgastante, porque há modernidade nas exibições, objetos diferentes e interação.

Outro prédio que faz parte do Museu é a Antiga Alfândega, em frente a Praça do Mercado, sendo um dos primeiros exemplos da arquitetura britânica em Montreal.

Lá fica uma exibição sobre piratas e navegação feita para grupos escolares, assim como uma sala para lanchar com decoração da época da colônia da Nova França, também focada nos grupos de crianças e adolescentes que o Museu recebe aos montes de segunda a sexta.

Visitamos o Museu em um dia de semana no verão e, realmente, a quantidade de grupos escolares era grande, mesmo no começo da manhã. Então, se prepare para isso caso sua visita seja durante a semana.

O último local que visitamos foi a Casa dos Marinheiros, onde ficam as exposições temporárias. Lá havia dois andares dedicado à grande exposição sobre o Egito.

Na Casa dos Marinheiros fica a saída do Museu, assim como a lojinha com itens de bom gosto, porém preços caros, incluíndo acessórios, decoração e muitos livros.

Colada a Casa dos Marinheiros há a Youville Pumping Station, a primeira estação de bombeamento elétrico de Montreal, sendo hoje utilizada para receber grupos privados e escolares. Por isso, não a visitamos.

Exposições temporárias

Museu de Arqueologia e História de Montreal: Museu Pointe-à-Callière
Exposição temporária Egito: Três Milênios no Nilo

O Museu Pointe-à-Callière costuma organizar exposições temporárias extensas e bem pensadas.

Nós visitamos a exposição Egito: Três Milênios no Nilo, que apresentava mais de 300 objetos originais das civilizações egípcias antigas do Museu Egípcio de Turim.

Esse tipo de exposição aguçou ainda mais nossa curiosidade e fascínio sobre o Egito, trazendo informações sobre o dia a dia, vida social e religião.

Além disso, a beleza dos panéis, o uso da tecnologia e a organização do espaço deixaram a exposição impecável.

Informações práticas sobre o Museu Pointe-à-Callière

A primeira informação que você deve saber é que a entrada do Museu fica no endereço 350 Place Royale. É normal ficar confuso sobre em qual prédio é a entrada, já que o Museu é formado por vários prédios.

Em relação aos ingressos, eles têm vários preços: adultos de 31 a 64 anos pagam $26; idosos pagam $24; jovens de 18 a 30 anos pagam $17; adolescentes de 13 a 17 anos pagam $13; crianças de 5 a 12 anos pagam $8.

A entrada é gratuita para crianças de 0 a 4 anos. Há ingressos para famílias por $52, que valem a pena para famílias com 2 adultos e dois menores de idade.

No verão, o Museu fica aberto das 10h às 18h, de segunda a sexta, e das 11h às 18h, de sábado a domingo. Os horários de abertura mudam de acordo com as estações, principalmente no inverno.

Para mais informações, acesse o site oficial.

Esperamos que este artigo sobre o Museu de Arqueologia e História de Montreal tenha te instigado a visitá-lo! Leia também nosso artigo sobre a histórica Catedral de Notre-Dame de Montreal!

Boa viagem!

Comparador de seguro viagem Seletor de hotéis

Teste o seletor de hotéis do Guia!

PLANEJAMENTO DE VIAGEM

Reserva de hotéis

RESERVA DE HOTÉIS

Utilize o nosso link do Booking para conseguir as melhores ofertas de hotéis, pousadas e albergues.

O Booking oferece muitas vantagens: preços baixos, cancelamento gratuito de reservas, não é cobrada taxa de reserva e geralmente o pagamento é realizado somente na hora do check-in ou do check-out, na acomodação.

Reserva de carros

ALUGUEL DE CARROS

O Rentcars é um comparador de preços para encontrar a melhor tarifa no aluguel de carros em mais de 140 países.

Há várias vantagens em utilizar o serviço: não há cobrança de IOF, você pode realizar parcelamento, são muitas locadoras comparadas e não há cobrança de taxa para emissão da sua reserva.

Além disso, por padrão estão inclusas nas diárias Rentcars: quilometragem livre, proteção básica e as taxas administrativas da locadora.

Melhores seguros viagem

SEGURO VIAGEM

Tá em dúvida sobre qual seguro viagem comprar? A Real Seguro Viagem oferece um comparador de seguros viagem que te ajuda a encontrar os melhores preços das principais seguradoras.

Utilize o nosso link para conseguir os preços mais baixos e com desconto.

Loja do viajante

LOJA DO VIAJANTE

Sabe quando você utiliza um check-list de viagem e descobre que faltam alguns itens para a sua bagagem?

Selecionamos produtos importantes que nós utilizamos e recomendamos você levar na sua viagem. Eles estão apresentados na Loja do Viajante

Melhor localização

CHECAR LOCALIZAÇÃO

Encontrou um hotel, mas não tem certeza se ele é bem localizado? Tire a dúvida com esta ferramenta gratuita. Ela analisará a localização, de acordo com uma metodologia específica, e atribuirá uma nota.

Vale dizer que a melhor área possível para se hospedar é aquela área agradável, segura, com acesso ao transporte público, restaurantes e próxima aos principais pontos turísticos.

Melhores hotéis

SELETOR DE HOTÉIS

O Seletor de Hotéis é uma ferramenta online, totalmente gratuita, que seleciona os hotéis, hostels, apartamentos, pousadas e hotéis-fazenda mais adequados ao perfil do viajante. Por meio de um método matemático, o Seletor de Hotéis descobre os hotéis perfeitos para você em qualquer cidade do mundo.

A única coisa que o viajante deve fazer é elencar (de 1 a 5) suas prioridades em relação às características dos hotéis. Qual é a ordem de importância das características do hotel para o viajante? Por exemplo: melhor localização, menor preço, maior qualidade, mais reservado e tamanho do hotel.

Podcast de viagem

GUIA DE VIAGEM

O Papo Viagem Podcast é um guia de viagem em áudio gratuito sobre vários destinos que conhecemos.

Nós contamos a nossa experiência nas cidades e passamos dicas sobre onde se hospedar, melhor época para viajar, atrações e muito mais.

Sobre o autor

Internacionalista, jornalista e viajante apaixonada por cultura e história, todos os dias eu consigo unir minhas paixões escrevendo no Guia do Nômade Digital. Acredito que ler e se informar transformam as férias em uma experiência inesquecível. Já escrevi um guia de viagem sobre a Cidade do México e apresentei mais de 80 episódios do Papo Viagem Podcast.

Sem Comentários

    Deixe um Comentário

    error: Conteúdo protegido.