Menu
Europa / Itens para Viagem

Como funciona o Espaço Schengen na União Europeia?

Entenda como funciona o Espaço Schengen e não erre na hora de planejar a viagem à Europa!

Como funciona o Espaço Schengen na União Europeia?

Há muita confusão quando se usa termos aparentemente semelhantes, mas que possuem significados diferentes. O Espaço Schengen, a União Europeia e a Europa, muitas vezes, são termos tratados como sinônimos, mas a história não é bem essa.

A Europa é o continente, como sabemos. Já a União Europeia é um bloco econômico e político, que abrange 28 países. Esses países integram as organizações da União Europeia e possuem diversos acordos econômicos, políticos e sociais. A entrada de um país na União Europeia ocorre por etapas. Assim, não é por que tal país é integrante da União Europeia que, automaticamente, todas as regras e acordos valem para ele.

Como funciona o Espaço Schengen na União Europeia?

Países integrantes da União Europeia. Fonte: União Europeia

O caso mais emblemático é o do Espaço Schengen, definido como a área de livre circulação de pessoas dentro da União Europeia. Essa área é composta por países que uniformizaram seus processos de vistos, os direitos de asilo e os controles das fronteiras.

Países que aderiram a União Europeia, e realizaram todas as etapas necessárias para a livre circulação de pessoas, podem assinar o Acordo Schengen, ou Tratado Schengen, e, por conseguinte, fazer parte do Espaço Schengen.

Há países que não pertencem a União Europeia, mas suas relações são tão estreitas, que se tornou necessário assinar o Acordo Schengen. Esse é o caso da Suíça, Noruega, Islândia e Liechtenstein.

Há também países que pertencem a União Europeia, mas não assinaram o Acordo Schengen e ainda controlam suas fronteiras. Esse é o caso do Reino Unido, Irlanda, Bulgária, Romênia, Croácia e Chipre. Esses quatro últimos são pretendentes a entrar nesse acordo.

Mas o que isso impacta na sua viagem à Europa? O Espaço Schengen significa que não há controle de barreiras e imigração entre os países signatários do Acordo Schengen. Assim, cidadãos desses países e estrangeiros com situação regularizada, como turistas, podem circular livremente pelo Espaço Schengen. Por isso é muito importante você saber quais países fazem parte dessa área.

Como funciona o Espaço Schengen na União Europeia?

Países integrantes do Espaço Schengen. Fonte: União Europeia.

Na imagem acima, há todos os países pertencentes ao Espaço Schengen, são eles: Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Países Baixos, Polônia, Portugal, República Tcheca, Suécia e Suíça.

Os brasileiros podem ficar por 90 dias no Espaço Schengen, sem necessidade de visto para turismo, visitar parentes e participar de congressos. Quando você passar pela imigração no país de chegada, pertencente ao Espaço Schengen, você não precisará passar pela imigração nos demais países signatários do mesmo acordo. É como se fosse um país só.

Mas esqueça a história de sair do Espaço Schengen quando der o prazo de 90 dias e tentar voltar algum tempo depois, já que são 90 dias de permissão dentro de um período de 180 dias. Então, você deve esperar passar esse período de 180 dias para poder ter direito a mais 90 dias.

Vale destacar que você deve possuir os comprovantes de hospedagem, de dinheiro suficiente, seguro saúde e passagem de saída do Espaço Schengen. Se você chegar à imigração sem as informações básicas sobre sua estadia, a permissão de entrada pode ser negada.

 

Gostou das dicas? Então, curta o site e este post!

Boa Viagem, Viajante :)

Fontes: União Europeia (link 1 e 2)

PLANEJAMENTO DE VIAGEM

Reserva de hotéis

RESERVA DE HOTÉIS

Utilize o nosso link do Booking para conseguir as melhores ofertas de hotéis, pousadas e albergues.

O Booking oferece muitas vantagens: preços baixos, cancelamento gratuito de reservas, não é cobrada taxa de reserva e geralmente o pagamento é realizado somente na hora do check-in ou do check-out, na acomodação.

Melhor localização

CHECAR LOCALIZAÇÃO

Encontrou um hotel, mas não tem certeza se ele é bem localizado? Tire a dúvida com esta ferramenta gratuita. Ela analisará a localização, de acordo com uma metodologia específica, e atribuirá uma nota.

Vale dizer que a melhor área possível para se hospedar é aquela área agradável, segura, com acesso ao transporte público, restaurantes e próxima aos principais pontos turísticos.

Melhores hotéis

SELETOR DE HOTÉIS

O Seletor de Hotéis é uma ferramenta online, totalmente gratuita, que seleciona os hotéis, hostels, apartamentos, pousadas e hotéis-fazenda mais adequados ao perfil do viajante. Por meio de um método matemático, o Seletor de Hotéis descobre os hotéis perfeitos para você em qualquer cidade do mundo.

A única coisa que o viajante deve fazer é elencar (de 1 a 5) suas prioridades em relação às características dos hotéis. Qual é a ordem de importância das características do hotel para o viajante? Por exemplo: melhor localização, menor preço, maior qualidade, mais reservado e tamanho do hotel.

Reserva de carros

ALUGUEL DE CARROS

O Rentcars é um comparador de preços para encontrar a melhor tarifa no aluguel de carros em mais de 140 países.

Há várias vantagens em utilizar o serviço: não há cobrança de IOF, você pode realizar parcelamento, são muitas locadoras comparadas e não há cobrança de taxa para emissão da sua reserva.

Além disso, por padrão estão inclusas nas diárias Rentcars: quilometragem livre, proteção básica e as taxas administrativas da locadora.

Melhores seguros viagem

SEGURO VIAGEM

Tá em dúvida sobre qual seguro viagem comprar? O SegurosPromo é um comparador de seguros viagem que te ajuda a encontrar os melhores preços das principais seguradoras.

Utilize o nosso link para conseguir os preços mais baixos, bem como o cupom de desconto NOMADEDIGITAL5 para ganhar 5% de desconto.

Podcast de viagem

GUIA DE VIAGEM

O Papo Viagem Podcast é um guia de viagem em áudio gratuito sobre vários destinos que conhecemos.

Nós contamos a nossa experiência nas cidades e passamos dicas sobre onde se hospedar, melhor época para viajar, atrações e muito mais.

Loja do viajante

LOJA DO VIAJANTE

Sabe quando você utiliza um check-list de viagem e descobre que faltam alguns itens para a sua bagagem?

Selecionamos produtos importantes que nós utilizamos e recomendamos você levar na sua viagem. Eles estão apresentados na Loja do Viajante

About Author

Internacionalista, jornalista e viajante apaixonada por cultura e história, todos os dias eu consigo unir minhas paixões escrevendo no Guia do Nômade Digital. Acredito que ler e se informar transformam as férias em uma experiência inesquecível. Já escrevi um guia de viagem sobre a Cidade do México e apresentei mais de 80 episódios do Papo Viagem Podcast.

4 Comments

  • Fernando J Silva
    8 de fevereiro de 2017 at 11:02 am

    Ótimas imformações para quem quer visitar a europa valeu …

    Reply
    • Jade
      8 de fevereiro de 2017 at 4:31 pm

      Obrigada, Fernando!

      Reply
  • Diana Barauna
    2 de março de 2017 at 4:58 pm

    Se caso eu for pra Portugal e ficar 1 mês e meio e voltar pro Brasil e depois de um tempinho mas em menos de 180 dias for pra Itália ou até mesmo Portugal de novo, é aceito? ou mesmo assim tenho que esperar os 180 dias pra poder ir de novo mesmo que na minha estadia anterior fiquei menos tempo que o prazo máximo (90 dias)?

    Reply
    • Jade
      2 de março de 2017 at 6:54 pm

      Olá, Diana! Não é preciso esperar os 180 dias passarem se você não ficou todos os 90 dias no Espaço Schengen. Esses 90 dias podem ser ininterruptos ou intercalados. Mas é importante chegar na imigração de qualquer país de lá com todos os documentos, inclusive sua passagem de saída da União Europeia, pra deixar bem claro que você não tem intenção de ficar mais tempo do que o permitido.

      Reply

Leave a Reply

error: Conteúdo protegido.