Ilha da Queimada Grande: a ilha das cobras!

Confira como é a Ilha da Queimada Grande, a ilha mais assustadora do mundo!

Ilha da Queimada Grande: a ilha das cobras!

Fonte: Discovery

Nós gostamos de recomendar lugares interessantes para você conhecer, seja através dos post ou por meio dos episódios do Papo Viagem Podcast. Mas hoje recomendamos que você passe longe do lugar que é tema deste post, a Ilha da Queimada Grande.

A Ilha da Queimada Grande é Área de Relevante Interesse Ecológico desde 31 de janeiro de 1984. Distante apenas 33 km da cidade de Itanhaém, no litoral de São Paulo, a Ilha da Queimada Grande só pode ser visitada por cientistas e pessoal do Instituto Chico Mendes e autorizados pelo Instituto.

Ilha da Queimada Grande: a ilha das cobras!

Fonte: Viaje Aqui

Conhecida também como ilha das cobras, a Ilha da Queimada Grande é a ilha mais assustadora do mundo. Há muitos fatos que corroboram essa afirmação. Não há mamíferos e água potável na Ilha, sendo que as cobras dominam a cadeia alimentar na ilha, com a jararaca-ilhoa no topo da cadeia alimentar.

A jararaca-ilhoa possui o veneno cinco vezes mais potente do que o veneno da jararaca comum. Como não há mamíferos na ilha, as cobras se adaptaram e ficam nas árvores, a espreita para pegar aves migratórias. As cobras jovens se alimentam de anfíbios e pequenos insetos.

Segundo uma reportagem da National Geographic, apesar do medo que as cobras transmitem aos humanos, os traficantes de animais vêm ameaçando as espécies endêmicas. A jararaca-ilhoa é traficada devido aos compostos de seu veneno, que podem ser usados para produzir remédios.

Ilha da Queimada Grande: a ilha das cobras!

Fonte: Mar sem Fim

Apesar de assustar, a Ilha da Queimada Grande possui grande valor biológico para o Brasil, sendo o lar de muitas espécies endêmicas, como cobras e aranhas. Considerada o maior serpentário natural da Terra, a preservação e estudo da Ilha da Queimada Grande devem ser mantidos.

A comunidade científica e entidades ligadas a preservação do meio ambiente levantaram a proposta de transformar a Ilha da Queimada Grande em Parque Nacional Marinho. Há uma rica biodiversidade marinha ao redor da ilha, como corais, tartarugas e muitos peixes.

Como você pode ver a “ilha das cobras” é surpreendente e verdadeiramente assustadora. Um lugar para ser visitado apenas por estudiosos. Mas a Ilha da Queimada Grande tem seu valor!

 

Gostou do post? Então, confira mais curiosidades aqui!

 

Salvar

[P.S: não se esqueça de reservar o seu hotel pelo nosso link do Booking. Você não paga nada a mais pela sua hospedagem e ainda ajuda o site. Obrigado!]

Posts que você deve ver também!

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Receber notificações de
avatar
wpDiscuz
error: Conteúdo protegido.