As 7 melhores ruínas antigas que você nunca ouviu falar!

Confira as 7 melhores ruínas antigas que você nunca ouviu falar, mas vai querer conhecer!

O mundo é um lugar surpreendente e a arqueologia é um dos temas mais interessantes, tanto é que turistas do mundo todo adoram ruínas antigas, seja em Roma, Atenas ou na China.

No post de hoje, vamos apresentar 7 ruínas antigas que poucos conhecem, seja porque são escondidas ou simplesmente não caíram nas graças dos visitantes.

Confira também as cidades muradas mais bonitas do mundo!

 

Choquequirao, Peru

As 7 melhores ruínas antigas que você nunca ouviu falar!

Fonte: TripAdvisor

Os brasileiros são loucos por Machu Picchu, uma das ruínas antigas mais impressionantes e belas do mundo. Mas sua “irmã” Choquequirao, mesmo estando na mesma região dos Andes, é pouco visitada, infinitamente menos que Machu Picchu.

Suas fortalezas, terraços, templos, aquedutos e outras construções com mais de cinco séculos estão esquecidas pelo turismo, muito pelos dois dias de caminhada para chegar até lá. Mas depois de tanto esforço, vem à recompensa de uma ruína quase particular.

 

Pula, Croácia

As 7 melhores ruínas antigas que você nunca ouviu falar!

Fonte: TripAdvisor

Nós, do Guia do Nômade Digital, somos divulgadores das belezas da Croácia. Há tantos lugares incríveis para conhecer nesse país esquecido nos roteiros de viagem dos brasileiros. Na Croácia, você pode visitar vários monumentos com mais de 2 mil anos, mas sem o tumulto da vizinha Itália.

A Croácia foi dominada pelos romanos, principalmente no norte, onde fica Pula. O Anfiteatro de Pula é um dos mais bem preservados do mundo, com os três níveis completos e até hoje é aberto a shows, concertos e encenações teatrais. A cidade ainda possui templos antigos, igrejas e portões da época romana.

 

Fatehpur Sikri, Índia

As 7 melhores ruínas antigas que você nunca ouviu falar!

Fonte: Wikimedia

Fatehpur Sikri é uma cidade abandonada, que data do século XVI. Por ter sido utilizada durante uma década, Fatehpur Sikri está totalmente preservada. A falta de água fez como Fatehpur Sikri não pudesse mais ser capital do Império Mughal.

Fatehpur Sikri possui uma arquitetura uniforme, com predominância de tons terrosos. Há muitos templos e monumentos, inclusive a maior mesquita da Índia, Jama Masjid.

 

Conimbriga, Portugal

As 7 melhores ruínas antigas que você nunca ouviu falar!

Fonte: TripAdvisor

O Império Romano se espalhou por quase toda a Europa. Em Portugal, destino muito visitado pelos brasileiros, há ruínas antigas dos romanos, construídas no século I d. C. A cidade de Conimbriga possui essas ruínas, sendo as maiores ruínas romanas de Portugal. A cidade possui um site sobre esse tema, confira aqui.

 

Ani, Turquia

As 7 melhores ruínas antigas que você nunca ouviu falar!

Fonte: The Atlantic

A Turquia é um país cheio de ruínas antigas, a maioria grega e romana, como Éfeso. Mas no leste do país, região que já pertenceu a Armênia, há a cidade fantasma de Ani, conhecida como a cidade das mil e uma igrejas.

Ani foi um importante centro comercial durante a Idade Média, por isso viviam mais de 100 mil pessoas na cidade (século XI). Com muitas invasões e problemas econômicos, Ani foi abandonada, sobrando hoje ruínas antigas invadidas pela natureza.

 

Koh Ker, Camboja

As 7 melhores ruínas antigas que você nunca ouviu falar!

Fonte: TripAdvisor

Quando se pensa no Camboja, o Angkor Wat é o monumento mais lembrado, mas há outro muito interessante e bem menos visitado, o Koh Ker. No século X, o Koh Ker era capital do Império Angkor, mas foi abandonado e a floresta o invadiu, formando um cenário incrível.

Contudo, o que mais surpreende os visitantes é Prasat Thom, uma pirâmide com estilo semelhante a pirâmides maias, com mais de 40 metros de altura. Um templo grandioso em uma das ruínas antigas menos conhecidas do mundo.

 

Takht-e Soleyman, Irã

As 7 melhores ruínas antigas que você nunca ouviu falar!

Fonte: TripAdvisor

Takht-e Soleyman é uma ruína de meados do primeiro milênio, quando o noroeste do Irã fazia parte do Império Sassânida, além de reconstruções do século XIII pelo Império Mongol. O grande destaque do Takht-e Soleyman é a presença de um santuário do Zoroastrismo.

Além disso, o contraste entre o amarelo das ruínas e da vegetação com o lago azul a frente é magnífico. O Takht-e Soleyman ainda possui um vulcão nas proximidades, que embeleza ainda mais o cenário.

 

Fonte inspiração: The Guardian.

 

Gostou dessas incríveis ruínas antigas? Então, curta o site e este post!

Boa viagem, Viajante!

 

[P.S: não se esqueça de reservar o seu hotel pelo nosso link do Booking. Você não paga nada a mais pela sua hospedagem e ainda ajuda o site. Obrigado!]

Posts que você deve ver também!

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Receber notificações de
avatar
wpDiscuz
error: Conteúdo protegido.