Menu
Europa

O que Fazer em Paris em dia de Chuva? 15 Atrações

Atualizado em: 28 de agosto de 2019

Paris é um dos destinos imperdíveis na Europa, devido à rica história e muitas atrações. Na cidade não chove muito, mesmo assim é bom saber o que fazer em Paris em dia de chuva.

Há muitos museus e atrações protegidas da chuva. O problema é que os locais mais famosos precisam do ingresso comprado com antecedência, para não perder tempo nas filas enormes.

O melhor é ter algumas cartas na manga de atrações bacanas, mas que não exigem comprar o ingresso antes.

A intenção deste artigo é dar dicas para você aproveitar Paris mesmo com chuva!


O que fazer em Paris em dia de chuva?


Melhores Museus em Paris

O que fazer em Paris em dia de chuva
Museu do Louvre

Quando se fala sobre o que fazer com chuva em Paris, os museus são opções muito procuradas.

A capital da França possui inúmeros museus grandes e renomados, como o gigantesco Museu do Louvre.

Só que por ser muito procurado, é mais recomendado comprar o ingresso para visitar o Louvre com antecedência.

Museus bons para visitar em dia de chuva são museus sem fila, que podem ser visitados sem nenhum planejamento prévio.

Até é possível comprar o ingresso para o Museu do Louvre pelo site Get Your Guide no dia anterior à visita ou no mesmo dia, se você estiver visitando Paris fora do verão.

Saiba que o Museu do Louvre fecha às terças-feiras e no primeiro sábado do mês é de graça das 18h às 21h45min. Site oficial do Museu do Louvre.

Um museu em Paris imperdível e mais fácil de visitar em cima da hora é o Museu d’Orsay, que abriga a maior coleção de quadros impressionistas do mundo.

Lá você verá obras de Monet, Renoir, Degas, Pissarro e Van Gogh, entre outros.

O ingresso para o Museu d’Orsay pode ser comprado em um combo com o Museu de l’Orangerie ou com o Museu Rodin, garantindo uma boa economia.

É possível adquirir o ingresso online pelo site do Museu d’Orsay ou em cima da hora no Get Your Guide.

Saiba que o Museu d’Orsay fecha às segundas-feiras e é de graça no primeiro domingo de cada mês.

O que fazer em Paris em dia de chuva
Museu d’Orsay

Um complemento à visita ao Museu d’Orsay é ir ao Museu de l’Orangerie, muito elogiado pela boa coleção de obras impressionistas e pós-impressionista.

O grande destaque é a série de murais Les Nymphéas de Monet.

O Museu de l’Orangerie fecha às terças-feiras e é de graça no primeiro domingo de cada mês.

Outro museu de qualidade indiscutível e não tão visitado quanto deveria é o Museu Rodin, que guarda a maioria das obras famosas desse escultor, incluindo O Pensador, O Beijo e os Portões do Inferno.

Algumas esculturas ficam nos jardins e o próprio jardim é muito bonito, mas se a chuva for forte o passeio pelo interior também rende.

O áudioguia é elucidativo e não precisa comprar o ingresso com antecedência, o que é ótimo para dias de chuva.

O Museu Rodin fecha às segundas-feiras e é de graça no primeiro domingo do mês (de outubro até março).

O Museu de Cluny é o museu dedicado à arte medieval, muito elogiado pela variedade da coleção. O conjunto de seis tapeçarias “A Dama e o Unicórnio” é o destaque, sendo peças únicas e raras do século XV.

Além disso, os turistas gostam muito das ruínas das termas romanas, que fazem parte da estrutura do museu.

Para quem deseja ir além da arte do século XIX, o Museu de Cluny vale a pena.

O Museu de Cluny fecha às terças-feiras e é de graça no primeiro domingo de cada mês. Em 2019, partes do museu estavam em reforma.

O que fazer em Paris em dia de chuva
Grand Palais

Um museu diferente e que não precisa comprar o ingresso com antecedência é o Museu de Artes e Ofícios.

Cheio de invenções antigas, como aviões pioneiros, o original pêndulo de Foucault, os primeiros carros e muitas máquinas e equipamentos de séculos atrás, o Museu de Artes e Ofícios costuma surpreender os viajantes brasileiros.

Se você gosta de objetos vintage que revolucionaram o dia a dia, sem dúvida, o Museu de Artes e Ofícios em Paris é excelente.

O Museu de Artes e Ofícios de Paris fecha às segundas-feiras e é de graça no primeiro domingo de cada mês no período noturno.

Se a sua intenção é conhecer a fundo as obras de Monet, mas está viajando no verão e os Museus d’Orsay e l’Orangerie estão lotados demais, saiba que há outro local a visitar.

O Museu Marmottan Monet é outro museu em Paris fora da rota convencional, mas com uma coleção imperdível.

A maior coleção de obras de Monet se encontra no Museu Marmottan Monet, constituído a partir de uma coleção privada e doações dos familiares, com destaque para o filho de Monet.

O Museu Marmottan Monet fecha às segundas-feiras e não há dias de entrada gratuita.

O que fazer em Paris em dia de chuva
Centro Georges Pompidou

Para quem procura um museu central e gratuito, vale muito a ir ao Petit Palais, que nunca tem fila para entrar.

O Petit Palais é um museu de Belas Artes, com obras de artistas importantes e uma coleção variada.

Tanto o Petit Palais quanto o Grand Palais foram construídos para a Exposição Universal de 1900. Ambos possuem a arquitetura belíssima e o jardim do Petit Palais é um dos destaques.

O Petit Palais fecha às segundas.

Em relação ao Grand Palais, o local é utilizado para receber exposições temporárias de muita qualidade.

Entre os museus para visitar em Paris com chuva, não podemos deixar de citar o Centro Georges Pompidou. A arquitetura do local é diferenciada, com canos à mostra, muito vidro e metal, com clara influência industrial.

Dentro do centro de arte, há um dos mais ricos museus de Arte Moderna, além de biblioteca e outras áreas de exposição. Até na área externa, há esculturas diferentes.

O Centro Georges Pompidou fecha às terças-feiras e é de graça no primeiro domingo de cada mês.

Um museu diferente é a Galeria Nacional do Jeu de Paume, dedicada à fotografia, além de cinema e outras artes audiovisuais. A localização é super central.

Portanto, bons museus não faltam sobre o que fazer em Paris em dia de chuva!


Panteão de Paris e Tumba de Napoleão

O que fazer em Paris em dia de chuva
Panteão. Fonte: Wikimedia

Além dos museus, o turista pode visitar monumentos icônicos da França, como o Panteão de Paris e o Hôtel des Invalides.

Localizado em pleno Quartier Latin, o Panteão de Paris foi construído em meados do século XVIII como santuário de Santa Genoveva.

Desde o final do mesmo século, a enorme igreja passou a ser o local onde estão os restos mortais dos mais importantes franceses.

A fachada com colunas e um grande pórtico impressionam e, de várias partes da cidade, é possível ver o domo.

O interior é ainda mais esplêndido e grandioso, local onde repousam Voltaire, Rousseau, Emile Zola, Victor Hugo, Alexandre Dumas, entre outros.

Uma curiosidade é que foi no Panteão que o físico Jean Bernard Léon Foucault demonstrou a rotação da terra por meio de um pêndulo.

Saiba que o Panteão de Paris abre todos os dias.

O que fazer em Paris em dia de chuva
Hôtel des Invalides

O personagem mais importante da história da França nos últimos séculos não está enterrado no Panteão, mais sim no Hôtel des Invalides.

Napoleão Bonaparte teve grande impacto na Europa do século XIX e seu sepulcro está localizado em uma das construções mais bonitas de Paris.

O domo dourado do Hôtel des Invalides pode ser visto no horizonte da cidade.

Atualmente, o Hôtel des Invalides possui uma série de atrações, entre elas o Musée de l’Armée, com armas e outros objetos militares de séculos, além da Catedral de St. Louis, onde está a tumba de Napoleão.

O Hôtel des Invalides abre todos os dias e para visitar a tumba é preciso comprar o ingresso, que também inclui o museu. Por não ser uma atração muito procurada, não é preciso comprar o ticket com antecedência.


Jardin des Plantes: Paris com Crianças

O que fazer em Paris em dia de chuva
Fonte: Wikimedia

Quem está visitando Paris com crianças precisa encontrar uma atração que prenda a atenção dos pequenos. A melhor opção é o Jardin des Plantes.

Pode parecer estranho ir a um jardim botânico com chuva, mas o Jardin des Plantes é um complexo de museus dedicado à história natural, mas com áreas pensadas para as crianças.

O Jardin des Plantes é dividido em galerias, com temas diferentes. O grande destaque é a Galeria da Evolução, onde estão centenas de animais empalhados.

Já a Galeria das Crianças busca ensinar sobre ecologia, biodiversidade e temas relevantes nos dias de hoje.

Há também a rica Galeria de Mineralogia, onde são encontradas rochas diversas, inclusive meteoritos. Na Galeria de Paleontologia, há esquentos de vários animais, inclusive dinossauros.

Na área botânica, há as estufas Grandes Serres e a Galeria Botânica.

Todas essas galerias são pagas. Acesse o site oficial do Jardin des Plantes para conferir o valor dos tickets. Não é preciso comprar os ingressos com antecedência. O local fica fechado às terças-feiras.

Já os jardins ao ar livre são gratuitos, porém em dia de chuva fica mais difícil visitá-los.


Melhores cafés em Paris

O que fazer em Paris em dia de chuva
A. Lacroix Patissier. Fonte: TripAdvisor

Em um dia chuvosa, nada mais reconfortante do que diminuir o ritmo da viagem em um café.

Como a gastronomia francesa é cheia de sobremesas interessantes, além dos “sanduíches” cheios de sabor, a ida a um bom café transforma o dia.

Nós separamos algumas opções de cafés em Paris, sendo que muitos deles também oferecem pratos salgados, principalmente para brunch.

Para quem procura uma confeitaria pequena e com doces perfeitos, A. Lacroix Patissier é um ótimo lugar nos arredores da Catedral de Notre-Dame.

Com ambiente minimalista e moderno, A. Lacroix Patissier é uma parada estratégica para comer doces saborosos e super delicados.

Já para quem procura um lugar para tomar um café e comer um pedaço de bolo, o Matamata Coffee vale a pena. Localizado no centro, esse café é pequeno, despretensioso e muito bom.

Com uma filial no Palácio de Versalhes (além do centro), o Angelina é um dos cafés mais tradicionais (e caros) de Paris.

Lá você vai encontrar os típicos doces da confeitaria francesa, assim como opção para brunch e até almoço.

O pequeno e super aconchegante Paul et Rimbaud se destaca pelos ótimos cafés, bolos e cookies super elogiados. Sem dúvida, um lugar tranquilo para um dia de chuva.

O que fazer em Paris em dia de chuva
Paul et Rimbaud. Fonte: TripAdvisor

Para os turistas modernos e que gostam de fugir do óbvio, o Fringe Coffee é um lugar interessante, mesclando muitas fotografias e ambiente minimalista.

Em Paris, é muito fácil encontrar bons cafés que servem brunch, inclusive com opções veganas.

O Cafe Mericourt é uma opção para café da manhã e brunch em um ambiente mais moderno.

Localizado na região da Torre Eiffel, o Coffee Shop tem opções de brunch com muita qualidade e o atendimento é elogiado, além do ótimo banana bread.

Já o Café Oberkampf tem como destaque o café da manhã cheio de opções saudáveis.

Os fãs de waffles tem no Le Peloton Café o lugar certo a ir no centro de Paris. Já o Holybelly 5 é conhecido pelas panquecas.

Por fim, há também o Bagel Baget Café, um local ideal para comer o sanduíche bagel, com recheios diferentes e bons preços.

O Bagel Baget Café vale a pena para quem procura um lanche salgado. Sua localização é super central, além do atendimento ser bastante elogiado.


Compras em Paris

O que fazer em Paris em dia de chuva
Galerie Vivienne. Fonte: Wikimedia

A França é conhecida por possuir as mais famosas marcas de luxo do mundo, principalmente em roupas, sapatos e acessórios.

Visitar lojas da Hermès, Loui Vuitton e Dior está fora do orçamento da maioria dos turistas.

Contudo, há opções de turismo de compras mais acessíveis, como as passagens cobertas. A maioria delas foi construída no século XIX e sempre foram um refúgio contra a chuva.

Com delicado trabalho em vitrais, chão com mosaicos e muito charme vintage, as passagens cobertas podem te transportar para a Belle Époque. Portanto, são mais atrações de arquitetura do que de compras.

A mais famosa passagem coberta é a Galerie Vivienne, construída em 1823 por Marchoux.

Atualmente, o local abriga boutiques de luxo e lojas charmosas, além de café, livrarias e outros negócios. Atenção especial aos mosaicos no chão e ao teto de vidro.

Nessa mesma região também fica a Galerie Colbert, com arquitetura belíssima. Atualmente, o local é utilizado por instituições artísticas, sem ser comercial.

Já a Galerie Véro-Dodat conserva muito bem a arquitetura do século XIX. Além das lojas, o teto com pinturas chama a atenção.

A Passage du Grand Cerf possui uma arquitetura especial, não é luxuosa, mas tem o teto de vidro e com metal bem bonito. Lá é possível encontrar lojas variadas, desde locais que vendem artesanato até lojas de roupa.

Uma das mais longas da cidade é a Passage Choiseul, que tem o diferencial de ter muitos restaurantes e lojas variadas. Entretanto, não é um lugar luxuoso, apesar de ser central.

A Passage des Panoramas é considerada a mais antiga de Paris e ainda hoje conserva sua função comercial, com várias lojas e restaurantes.

O que fazer em Paris em dia de chuva
Galeries Lafayette. Fonte: Flickr

É claro que quando se fala em compras em Paris, as Galeries Lafayette ganham destaque.

Essa antiga loja de departamentos possui muitas marcas conhecidas, mas a arquitetura também merece atenção.

No centro de Paris, o turista encontra o Les Halles, um shopping subterrâneo. O local ainda não é aquele charme todo, mas vem passando por reformas e muitas melhorias.

Além das lojas de grifes convencionais (e caras), há lojas boutiques mais modernas, como a Merci, com itens que vão da casa ao vestuário.

Já a Thanx God I’m a VIP é um loja de luxo vintage. Saiba que os preços não são baratos, mas a qualidade das peças é inquestionável.

Como estamos falando sobre o que fazer em Paris em dias de chuva, as ruas de compras ficaram de fora do artigo.

Porém, se o tempo melhorar, dá para bater perna no Boulevard Saint Germain, Boulevard Haussmann, Rue du Commerce, Rue de Rivoli e no bairro Le Marais.


Há outras atrações sobre o que fazer em Paris em dia de chuva como a exuberante Sainte-Chapelle, mas as filas impedem comprar o ingresso na hora.

Talvez, seja possível adquirir o ingresso pelo site Get Your Guide em cima da hora ou no dia anterior.

Por incrível que pareça, o mesmo vale para as Catacumbas de Paris, que foram redescobertas pelos turistas nos últimos anos e são atrações super indicadas para dias de chuva.

Novamente, talvez o Get Your Guide tenha ingressos em cima da hora ou no dia anterior.

Outro passeio em Paris em um dia de chuva é fazer o tour guiado pela Ópera Garnier, uma das atrações mais elogiadas pelos viajantes brasileiros.

Esperamos que as dicas sobre o que fazer em Paris em dia de chuva tenham sido úteis! Confira também nossos demais posts sobre Paris aqui!

Boa viagem, viajante!

PLANEJAMENTO DE VIAGEM

Reserva de hotéis

RESERVA DE HOTÉIS

Utilize o nosso link do Booking para conseguir as melhores ofertas de hotéis, pousadas e albergues.

O Booking oferece muitas vantagens: preços baixos, cancelamento gratuito de reservas, não é cobrada taxa de reserva e geralmente o pagamento é realizado somente na hora do check-in ou do check-out, na acomodação.

Melhor localização

CHECAR LOCALIZAÇÃO

Encontrou um hotel, mas não tem certeza se ele é bem localizado? Tire a dúvida com esta ferramenta gratuita. Ela analisará a localização, de acordo com uma metodologia específica, e atribuirá uma nota.

Vale dizer que a melhor área possível para se hospedar é aquela área agradável, segura, com acesso ao transporte público, restaurantes e próxima aos principais pontos turísticos.

Melhores hotéis

SELETOR DE HOTÉIS

O Seletor de Hotéis é uma ferramenta online, totalmente gratuita, que seleciona os hotéis, hostels, apartamentos, pousadas e hotéis-fazenda mais adequados ao perfil do viajante. Por meio de um método matemático, o Seletor de Hotéis descobre os hotéis perfeitos para você em qualquer cidade do mundo.

A única coisa que o viajante deve fazer é elencar (de 1 a 5) suas prioridades em relação às características dos hotéis. Qual é a ordem de importância das características do hotel para o viajante? Por exemplo: melhor localização, menor preço, maior qualidade, mais reservado e tamanho do hotel.

Reserva de carros

ALUGUEL DE CARROS

O Rentcars é um comparador de preços para encontrar a melhor tarifa no aluguel de carros em mais de 140 países.

Há várias vantagens em utilizar o serviço: não há cobrança de IOF, você pode realizar parcelamento, são muitas locadoras comparadas e não há cobrança de taxa para emissão da sua reserva.

Além disso, por padrão estão inclusas nas diárias Rentcars: quilometragem livre, proteção básica e as taxas administrativas da locadora.

Melhores seguros viagem

SEGURO VIAGEM

Tá em dúvida sobre qual seguro viagem comprar? O SegurosPromo é um comparador de seguros viagem que te ajuda a encontrar os melhores preços das principais seguradoras.

Utilize o nosso link para conseguir os preços mais baixos, bem como o cupom de desconto NOMADEDIGITAL5 para ganhar 5% de desconto.

Podcast de viagem

GUIA DE VIAGEM

O Papo Viagem Podcast é um guia de viagem em áudio gratuito sobre vários destinos que conhecemos.

Nós contamos a nossa experiência nas cidades e passamos dicas sobre onde se hospedar, melhor época para viajar, atrações e muito mais.

Loja do viajante

LOJA DO VIAJANTE

Sabe quando você utiliza um check-list de viagem e descobre que faltam alguns itens para a sua bagagem?

Selecionamos produtos importantes que nós utilizamos e recomendamos você levar na sua viagem. Eles estão apresentados na Loja do Viajante

Sobre o autor

Internacionalista, jornalista e viajante apaixonada por cultura e história, todos os dias eu consigo unir minhas paixões escrevendo no Guia do Nômade Digital. Acredito que ler e se informar transformam as férias em uma experiência inesquecível. Já escrevi um guia de viagem sobre a Cidade do México e apresentei mais de 80 episódios do Papo Viagem Podcast.

Sem Comentários

    Deixe um Comentário

    error: Conteúdo protegido.