O que fazer na Cidade do México? Pontos turísticos da Cidade do México

A Cidade do México é uma das melhores cidades grandes para turistar na América Latina. Proporcional ao seu tamanho é a quantidade de pontos turísticos, como museus bons, bairros diferentes e história por todo o lado. Há muito o que fazer na Cidade do México para vários públicos.

Neste post mostramos os principais pontos turísticos da Cidade do México, com destaque para o Centro Histórico, os melhores museus, os bairros mais interessantes e, é claro, a zona arqueológica de Teotihuacán.

Se você quer planejar uma viagem perfeita à Cidade do México, vale muito a pena conferir o nosso Guia de Viagem sobre a Cidade do México. Atual e completo (com mais de 150 páginas), nosso e-book traz as melhores dicas para visitar a capital mexicana com profundidade.


O que fazer na Cidade do México?

Pontos turísticos no Centro Histórico da Cidade do México

O que fazer na Cidade do México
Catedral vista do Zócalo

O Centro Histórico é o bairro que os viajantes vão ficar mais tempo turistando, porque há muita o que fazer na Cidade do México no Centro Histórico.

O lugar mais conhecido do Centro é o Zócalo, a praça central onde tudo de importante acontece, desde festas até protestos.

Ao redor do Zócalo estão construções muito relevantes para a história da Cidade do México. A Catedral Metropolitana é um dos cartões postais. A enorme igreja tem duas torres imponentes, a fachada com estilo churrigueresco também chama a atenção, assim como os retábulos dourados.

Ainda no Zócalo fica o Palácio Nacional, que pode ser visitado de graça por qualquer pessoa. No Palácio Nacional, há murais de Diego Rivera sobre a história do país e sobre os Povos Originários.

Além dos murais, é muito comum ter exposições temporárias grandes e excelentes.

Há outros prédios públicos com obras pintadas pelos muralistas mexicanos, como a Secretaria de Educação Pública (murais de Rivera e Siqueiros), o Antigo Colégio de San Ildefonso (Orozco, principalmente) e o Palácio de Bellas Artes (vários pintores).

O que fazer na Cidade do México
Palácio de Bellas Artes

Muito perto do Zócalo e do Palácio Nacional fica um dos museus imperdíveis para quem deseja saber mais sobre os Mexicas (Astecas), o Museu do Templo Mayor.

O Templo Mayor é um complexo de ruínas mexicas do templo mais importante de Tenochtitlán. Além das ruínas, as peças arqueológicas se encontram em exposição em um prédio moderno ao lado do sítio arqueológico e as explicações nas legendas são muito boas.

Ainda no Centro Histórico, há pontos turísticos próximos ao Parque Alameda Central, como o já mencionado Palácio de Bellas Artes, uma das construções mais bonitas da cidade.

O Palácio de Bellas Artes é a casa de espetáculos mais sofisticada do México, onde se apresentam o Ballet Folklórico e a Orquestra Sinfônica Nacional.

Vários andares do Palácio têm murais pintados por artistas mexicanos de peso, como Diego Rivera, José Clemente Orozco, David Alfaro Siqueiros, Rufino Tamayo, Jorge González Camarena, Manuel Rodríguez Lozano e Roberto Montenegro.

Nessa região também fica a Torre Latino-americana, com um ótimo mirante, o prédio histórico Casa de los Azulejos, o Museu Nacional de Arte e o belíssimo Palácio Postal.

Ainda sobre o que fazer na Cidade do México no Centro Histórico, há os mercados: Mercado La Lagunilla, para antiguidades; Mercado de la Merced, para comidas; Mercado de Artesanias La Ciudadela, para souvenires.

Confira também nosso artigo especial sobre onde ficar na Cidade do México!


Melhores museus da Cidade do México

O que fazer na Cidade do México
Piedra del Sol no Museu Nacional de Antropologia

A Cidade do México é cheia de bons museus, com os mais variados temas. Escolher quais museus visitar não é muito fácil, então, vamos falar de lugares indispensáveis. Nós já fizemos um post mais detalhado sobre os museus (clique aqui).

Muitos museus estão localizados no Centro Histórico, mas há vários no Bosque de Chapultepec, como o Museu Nacional de Antropologia. Esse museu é um passeio obrigatório para quem deseja conhecer os Povos Originários do México, como Mexicas, Zapotecos e Mayas.

No Museu Nacional de Antropologia há salas dedicadas para cada povo, com muitas peças arqueológicas antigas e excelentes explicações. É lá que fica a enigmática Piedra del Sol.

Ainda no Bosque de Chapultepec, há o museu mais indicado para entender o México atual, o Museu Nacional de História.

Além da ótima coleção do período de 1521 até o século XX, o museu fica no Castillo de Chapultepec e, por isso, tem quartos, salas e outros recintos usados pelo Imperador Maximiliano e por vários presidentes. Vale dizer que a vista também é bem bonita.

Completando a lista dos museus básicos sobre o México, há o Museu Nacional de Arte, que fica no centro.

O prédio do museu já é um atrativo e a coleção não deixa a desejar. Há várias salas com obras do período colonial, sempre com temática sacra. As pinturas do século XIX também se destacam pela beleza das paisagens e há esculturas diversas.

Outros bons museus com temas específicos são: Museu de Arte Moderna (arte mexicana do século XX); Museu Tamayo Arte Contemporânea (arte mais atual e abstrata); Museu de Arte Popular (arte dos pueblos mexicanos); Museu Soumaya (arte europeia de grandes mestres).


Atrações em outros bairros da Cidade do México

O que fazer na Cidade do México
Museu Frida Kahlo

Dá para ficar uma semana só conhecendo o Centro Histórico e a região do Bosque de Chapultepec, mas há outros bairros sobre o que fazer na Cidade do México.

Coyoacán é um desses lugares, local onde nasceu, viveu e morreu a artista plástica mais conhecida do México, Frida Kahlo.

A casa museu dedicada à Frida é conhecida como Casa Azul. A casa tem quartos, cozinha, sala e jardim, além de algumas áreas com pinturas e fotografias. Vale dizer que sempre há filas para visitar o museu, então, é preciso planejamento.

Como o ingresso do Museu Frida Kahlo, o visitante pode conhecer o Museu Anahuacalli, que abriga a coleção de objetos pré-colombianos de Diego Rivera, marido de Frida.

Em Coyoacán, o turista encontra também o Museu Casa de Leon Trotsky, onde ele viveu, foi assassinado e sepultado.

Não deixe de sair dos museus e passear pelo bairro, que é mais residencial, porém tem vida própria ao redor da praça principal e no Mercado de Coyoacán, onde é possível almoçar antojitos mexicanos.

Outro bairro a visitar, porém muito mais ao sul do Centro Histórico é Xochimilco, onde é possível fazer passeios de barco nos históricos canais da região, com muita música e comida mexicana.

O Embarcadero Nuevo Nativitas é o porto mais procurado, sendo que há barcos coletivos ou privados, dependendo do seu orçamento.

Para aproveitar a viagem ao sul da cidade, uma opção sobre o que fazer na Cidade do México é visitar o Museu Dolores Olmedo, que conta com a maior coleção de obras de Frida Kahlo, além de mais de 100 obras de Diego Rivera.

Como a Cidade do México é enorme, outros bairros para passar um tempo não faltam. Em San Ángel há feira de arte aos sábados.

Já Roma Norte é o bairro ideal para sair à noite, com muitos bares e restaurantes da moda. Condesa é outro local sofisticado e muito procurado pelos gringos. Nesses dois bairros não há muitas atrações turísticas, é a vida noturna que importa.

Já ao norte do Centro Histórico fica a Basílica de Santa Maria de Guadalupe. Lá o visitante vai ver a antiga Basílica muito torta mesmo! A nova Basílica é mais moderna e bem grande, já que o fluxo de fieis não para.


Teotihuacán

O que fazer na Cidade do México
Vista a partir da Pirâmide de la Luna

Sem dúvida, o que fazer na Cidade do México passa por dedicar um dia inteiro ao passeio para Teotihuacán, ao norte da capital.

Os Teotihuacanos eram um povo que viveu muito antes dos Mexicas, entre os séculos I e VIII, e que até hoje não se sabe ao certo o que levou ao seu declínio.

O significado de Teotihuacán é “lugar onde os homens se convertem em deuses”, porque os Mexicas adoravam a região, inclusive objetos de Teotihuacán foram encontrados em Tenochtitlán.

Teotihuacán é um sítio arqueológico enorme, com vários monumentos piramidais, com destaque para a gigantesca Pirâmide del Sol e a Pirâmide de la Luna.

A principal dica é chegar cedo e aproveitar o local com menos gente e menos calor. Dá para ir ao local de ônibus, basta ir ao Terminal de Autobuses del Norte.

A zona arqueológica de Teotihuacán fica aberta todos os dias das 9h às 17h. Ingresso adulto custa 70 pesos.


Guia de Viagem Cidade do México

Guia de Viagem Cidade do México
Clique para mais informações

Onde ir depois de visitar a Cidade do México?

Puebla: cidade próxima da Cidade do México
Puebla: destino próximo da Cidade do México

Após conhecer a Cidade do México, você pode viajar para outros destinos mexicanos próximos, como Puebla (135 quilômetros) e Querétaro (220 quilômetros).

O Viagens e Caminhos visitou e escreveu sobre o que fazer em Pachuca de Soto, a capital do estado vizinho Hidalgo, localizada a apenas 90 quilômetros de distância.

Há também a opção viajar para destinos um pouco mais afastados, por exemplo Guadalajara e Oaxaca.

Gostou das dicas sobre o que fazer na Cidade do México? Então, leia também nosso post super completo sobre onde ficar na Cidade do México!

Boa viagem, viajante!

PLANEJAMENTO DE VIAGEM

Reserva de hotéis

RESERVA DE HOTÉIS

Utilize o nosso link do Booking para conseguir as melhores ofertas de hotéis, pousadas e albergues.

O Booking oferece muitas vantagens: preços baixos, cancelamento gratuito de reservas, não é cobrada taxa de reserva e geralmente o pagamento é realizado somente na hora do check-in ou do check-out, na acomodação.

Melhor localização

CHECAR LOCALIZAÇÃO

Encontrou um hotel, mas não tem certeza se ele é bem localizado? Tire a dúvida com esta ferramenta gratuita. Ela analisará a localização, de acordo com uma metodologia específica, e atribuirá uma nota.

Vale dizer que a melhor área possível para se hospedar é aquela área agradável, segura, com acesso ao transporte público, restaurantes e próxima aos principais pontos turísticos.

Melhores hotéis

SELETOR DE HOTÉIS

O Seletor de Hotéis é uma ferramenta online, totalmente gratuita, que seleciona os hotéis, hostels, apartamentos, pousadas e hotéis-fazenda mais adequados ao perfil do viajante. Por meio de um método matemático, o Seletor de Hotéis descobre os hotéis perfeitos para você em qualquer cidade do mundo.

A única coisa que o viajante deve fazer é elencar (de 1 a 5) suas prioridades em relação às características dos hotéis. Qual é a ordem de importância das características do hotel para o viajante? Por exemplo: melhor localização, menor preço, maior qualidade, mais reservado e tamanho do hotel.

Reserva de carros

ALUGUEL DE CARROS

O Rentcars é um comparador de preços para encontrar a melhor tarifa no aluguel de carros em mais de 140 países.

Há várias vantagens em utilizar o serviço: não há cobrança de IOF, você pode realizar parcelamento, são muitas locadoras comparadas e não há cobrança de taxa para emissão da sua reserva.

Além disso, por padrão estão inclusas nas diárias Rentcars: quilometragem livre, proteção básica e as taxas administrativas da locadora.

Melhores seguros viagem

SEGURO VIAGEM

Tá em dúvida sobre qual seguro viagem comprar? O SegurosPromo é um comparador de seguros viagem que te ajuda a encontrar os melhores preços das principais seguradoras.

Utilize o nosso link para conseguir os preços mais baixos, bem como o cupom de desconto NOMADEDIGITAL5 para ganhar 5% de desconto.

Podcast de viagem

GUIA DE VIAGEM

O Papo Viagem Podcast é um guia de viagem em áudio gratuito sobre vários destinos que conhecemos.

Nós contamos a nossa experiência nas cidades e passamos dicas sobre onde se hospedar, melhor época para viajar, atrações e muito mais.

Loja do viajante

LOJA DO VIAJANTE

Sabe quando você utiliza um check-list de viagem e descobre que faltam alguns itens para a sua bagagem?

Selecionamos produtos importantes que nós utilizamos e recomendamos você levar na sua viagem. Eles estão apresentados na Loja do Viajante

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Receber notificações de
error: Conteúdo protegido.