Menu
Europa

O que Fazer em Pisa? Top 11 Pontos Turísticos de Pisa

Atualizado em: 3 de dezembro de 2020

Pisa já foi uma das mais importantes cidades da Toscana. Sua república marítima conquistou territórios em várias partes da Europa e do Oriente Médio. Toda a riqueza cultural e econômica dessa época ainda pode ser vista nas atrações sobre o que fazer em Pisa.

A Torre de Pisa ou apenas Torre Pendente data do período áureo dessa república, assim como os outros monumentos do Campo dei Miracoli ou Piazza dei Miracoli, onde estão os principais pontos turísticos da cidade.

Neste post, além de conhecer as atrações mais icônicas, você vai descobrir outros lugares para visitar em Pisa. No final do post, também há uma seção sobre como chegar a Pisa.

Leia também nosso artigo sobre onde ficar em Pisa na melhor localização, inclusive em pousadas tipicamente italianas!

O que fazer em Pisa, Itália? Pontos turísticos de Pisa

Torre de Pisa

Batistério, Catedral e Torre ao fundo
Batistério, Catedral e Torre ao fundo

A Torre de Pisa é mais famosa do que a própria cidade, sendo a primeira atração que os visitantes querem conhecer e que nós fomos ver também.

A Torre Pendente começou a ser construída a partir de 1173, só que antes de terminar, a torre já estava inclinada. Por essa razão, a obra foi interrompida por 100 anos! Mesmo com a finalização, a inclinação nunca parou de aumentar.

A situação se deteriorou no século XX quando turistas do mundo todo subiam os mais de 200 degraus. Acredita-se que ela não resistiria até o ano 2000, por isso de 1990 até 2001, a Torre de Pisa passou por uma complicada e custosa recuperação.

Essa história mostra que a atual Torre Pendente está segura para visitar, mas a Torre é muito mais interessante vista de longe do que quando estamos nela. Essa é a razão pela qual subir a Torre de Pisa não é imprescindível.

Aliás, a Torre é bem inclinada mesmo. Nas fotos pode até parecer que a inclinação é pouca coisa, mas é super inclinada ao vivo. Muitos visitantes também ficam surpresos com o fato da torre não ser muito grande, mas ela também não chega a ser pequena.

E como visitar a Torre de Pisa? Para subir a Torre é preciso ter boas condições físicas, devido à escada. O ticket para a Torre de Pisa custa € 18 e pode ser comprado com antecedência (boa opção para quem viaja no verão) ou na hora, sempre com horário marcado pelo site oficial Opa Pisa.

Há também opção de tour guiado por Pisa incluindo a Torre Pendente.

Catedral de Santa Maria Assunta – Duomo de Pisa

A exuberante Catedral de Pisa

A Catedral de Santa Maria Assunta (Duomo di Pisa) é um dos mais bonitos monumentos no Campo dei Miracoli, por isso deve estar na lista sobre o que fazer em Pisa.

A arquitetura externa românica é muito esplendorosa e por dentro a Catedral é repleta de obras de arte.

O Duomo di Pisa começou a ser construído em 1063, mas demorou alguns séculos para ser finalizado. O ponto alto do Duomo é o púlpito de Giovanni Pisano, construído entre 1302 e 1311.

Na imagem acima, dá para observar o púlpito, o belo mosaico e outros detalhes da Catedral, uma das mais bonitas da Toscana.

Vale destacar que muitas obras de arte do Duomo estão no Museu dell’Opera del Duomo, como pinturas, esculturas, objetos com centenas de anos e várias peças decorativas do complexo do Duomo.

Para visitar o Duomo de Pisa não precisa pagar nada. Funciona da seguinte forma: se você comprar o ticket para visitar alguma atração do Campo, vai ter entrada livre a qualquer hora no Duomo; caso você não compre ticket nenhum, é só ir à bilheteria para pegar um horário para visitar a Catedral de graça, nesse caso, a visita é com horário marcado.

No site oficial é possível comprar os ingressos para as demais atrações no Campo dei Miracoli que apresentaremos a seguir.

Saiba que também é possível participar de visitas guiadas ao Duomo.

Batistério

O Batistério é uma construção separada da Catedral, mais muito harmônica, já que foi construído pouco tempo depois, especificamente a construção teve início em 1153.

Como o Batistério levou dois séculos para ser finalizado, há elementos góticos na construção e a Catedral é mais românica.

Um dos grandes destaques do Batistério é o púlpito, obra de Nicola Pisano, pai de Giovanni Pisano. A acústica do local é incrível!

Como visitar o Batistério? Para visitar o Batistério tem que comprar o ticket. Você pode comprar o ticket que dá direito a conhecer apenas 1 atração (5 €), ou o ticket de 2 atrações (7 €); ou o ticket de 3 atrações (8 €), ou o ticket de 4 atrações (9 €). As atrações que você pode visitar com os tickets são o Batistério, o Camposanto, o Museu Sinopie e o Museu do Duomo.

Camposanto e Museu delle Sinopie

O que fazer em Pisa
Camposanto. Fonte: Wikimedia

Conta-se que o Arcebispo Ubaldo dei Lanfranchi foi a Jerusalém e trouxe terra do Calvário para espalhar em Pisa.

O solo santo foi colocado na região do Campo dei Miracoli e dai vem o nome Camposanto, porque todos queriam ser enterrados na terra santa.

O Camposanto é uma construção retangular, muito semelhante a um claustro com jardim interno e rodeado de detalhes góticos.

Inclusive o Camposanto era muito rico em decoração, só que grande parte dos afrescos foi destruída por bombardeios na Segunda Guerra Mundial.

Já o Museu delle Sinopie abriga os rascunhos centenários dos afrescos do Campo Santo.

Piazza dei Cavalieri

O que fazer em Pisa? Atrações que vão além da Torre Pendente!

A Piazza dei Cavalieri já foi o centro de Pisa, tanto na época romana quanto medieval, perdendo espaço para o Campo dei Miracoli.

A configuração atual da piazza deriva das modificações feitas por Vasari, a mando de Cosimo I de Médici, que inclusive tem uma estátua no centro da praça.

O nome Piazza dei Cavalieri vem de “cavaleiros”, especificamente dos cavaleiros da Ordem de São Estevão.

Aliás, a igreja presente na praça é a Igreja de Santo Stéfano, dedicada a São Estevão, uma construção do século XVI. Vale destacar também o Palazzo dell’Orológio.

Museu Nazionale e Palazzo Reale

O que fazer em Pisa
Museu Nazionale. Fonte: Wikimedia

Para quem tem mais tempo e quer conhecer obras de arte dessa histórica cidade, o melhor é visitar o Museu Nazionale di San Matteo.

Esse museu conserva esculturas, pinturas, livros, manuscritos e outros objetos de valor inestimável que estavam nas igrejas e outros locais históricos de Pisa.

Até mesmo o prédio do museu é histórico, um antigo convento beneditino, estando ao lado do Palazzo Médici e da Prefettura di Pisa. O ticket custa apenas 5 €.

O Palazzo Reale também abriga um museu nacional e o ticket também custa 5 €. Construído entre 1583 a 1587, a mando de Francesco I de Médici, o Palazzo Reale serviu de residência de verão da família Médici.

O museu abriga pinturas de notáveis italianos como Raphael, Rosso Fiorentino, Antonio Canova, Agnolo Bronzino. Há também coleções de armas, tapeçarias e quartos com mobiliário dos séculos XVII a XIX.

Outro destaque a Torre della Verga d’Oro, onde dizem que Galileu Galilei convidou o Cosimo II para observar as descobertas astronômicas feitas com o seu telescópio.

Com tantas obras históricas, o Museu Nazionale e o Palazzo Reale devem estar da lista sobre o que fazer em Pisa.

Palazzo D’arte e Cultura Blu

O que fazer em Pisa? Atrações que vão além da Torre Pendente!

O Palazzo D’arte e Cultura Blu ou simplesmente Palazzo Blu é um centro cultural que oferece exposições gratuitas ao público.

Assim, o que fazer em Pisa passa também pelo Palazzo Blu, ainda mais para quem vai se hospedar na cidade.

Igreja Santa Maria della Spina

O que fazer em Pisa
Fonte: Flickr por Joe de Sousa

A Igreja Santa Maria della Spina foi construída em 1230, com estilo gótico marcante, apesar do tamanho pequeno da igreja.

Conta-se que a igreja abriga um espinho da coroa de Jesus, uma forma bastante criativa de atrair os peregrinos para Pisa.

Nós tentamos entrar na igreja, mas ela estava fechada. Vale dar uma passadinha por lá para conferir a arquitetura externa. Afinal, a Igreja Santa Maria della Spina é fácil de ser encontrada, pois fica às margens do Rio Arno.

Mapa de Pisa com pontos turísticos

Basta clicar no “botão com seta” na barra superior para acessar a legenda do mapa.

Como chegar a Pisa saindo de Florença?

Centro Histórico de Pisa e o Rio Arno

Pisa é uma cidade muito próxima à Florença e que pode ser visitada em apenas 1 dia. Os trens da Trenitalia conectam essas cidades e possuem diversos horários todos os dias, propiciando uma viagem fácil e tranquila, com aproximadamente 1h de duração.

Há duas estações de trem em Pisa: a Pisa Centrale e a Pisa S. Rossore. A estação Pisa Centrale recebe todos os trens que vão a Pisa, mas fica dois quilômetros distante do Campo dei Miracoli.

Já a estação Pisa S. Rossore fica muito perto do Campo dei Miracoli, mas nem todos os trens que partem de Florença param na Pisa S. Rossore.

Nós descemos na Pisa Centrale e, assim, conhecemos um pouco das áreas mais vivas do Centro Histórico, como o Corso Itália. A caminhada até o Campo dei Miracoli rende belas fotos e, na minha opinião, é uma das atrações sobre o que fazer em Pisa.

Gostou das dicas sobre o que fazer em Pisa? Então, confira também os melhores bairros e hotéis sobre onde se hospedar em Pisa! Leia também os posts sobre nossa viagem a Florença!

Boa viagem!

Comparador de seguro viagem Seletor de hotéis

Teste o seletor de hotéis do Guia!

PLANEJAMENTO DE VIAGEM

Reserva de hotéis

RESERVA DE HOTÉIS

Utilize o nosso link do Booking para conseguir as melhores ofertas de hotéis, pousadas e albergues.

O Booking oferece muitas vantagens: preços baixos, cancelamento gratuito de reservas, não é cobrada taxa de reserva e geralmente o pagamento é realizado somente na hora do check-in ou do check-out, na acomodação.

Reserva de carros

ALUGUEL DE CARROS

O Rentcars é um comparador de preços para encontrar a melhor tarifa no aluguel de carros em mais de 140 países.

Há várias vantagens em utilizar o serviço: não há cobrança de IOF, você pode realizar parcelamento, são muitas locadoras comparadas e não há cobrança de taxa para emissão da sua reserva.

Além disso, por padrão estão inclusas nas diárias Rentcars: quilometragem livre, proteção básica e as taxas administrativas da locadora.

Melhores seguros viagem

SEGURO VIAGEM

Tá em dúvida sobre qual seguro viagem comprar? A Real Seguro Viagem oferece um comparador de seguros viagem que te ajuda a encontrar os melhores preços das principais seguradoras.

Utilize o nosso link para conseguir os preços mais baixos e com desconto.

Loja do viajante

LOJA DO VIAJANTE

Sabe quando você utiliza um check-list de viagem e descobre que faltam alguns itens para a sua bagagem?

Selecionamos produtos importantes que nós utilizamos e recomendamos você levar na sua viagem. Eles estão apresentados na Loja do Viajante

Melhor localização

CHECAR LOCALIZAÇÃO

Encontrou um hotel, mas não tem certeza se ele é bem localizado? Tire a dúvida com esta ferramenta gratuita. Ela analisará a localização, de acordo com uma metodologia específica, e atribuirá uma nota.

Vale dizer que a melhor área possível para se hospedar é aquela área agradável, segura, com acesso ao transporte público, restaurantes e próxima aos principais pontos turísticos.

Melhores hotéis

SELETOR DE HOTÉIS

O Seletor de Hotéis é uma ferramenta online, totalmente gratuita, que seleciona os hotéis, hostels, apartamentos, pousadas e hotéis-fazenda mais adequados ao perfil do viajante. Por meio de um método matemático, o Seletor de Hotéis descobre os hotéis perfeitos para você em qualquer cidade do mundo.

A única coisa que o viajante deve fazer é elencar (de 1 a 5) suas prioridades em relação às características dos hotéis. Qual é a ordem de importância das características do hotel para o viajante? Por exemplo: melhor localização, menor preço, maior qualidade, mais reservado e tamanho do hotel.

Podcast de viagem

GUIA DE VIAGEM

O Papo Viagem Podcast é um guia de viagem em áudio gratuito sobre vários destinos que conhecemos.

Nós contamos a nossa experiência nas cidades e passamos dicas sobre onde se hospedar, melhor época para viajar, atrações e muito mais.

Sobre o autor

Internacionalista, jornalista e viajante apaixonada por cultura e história, todos os dias eu consigo unir minhas paixões escrevendo no Guia do Nômade Digital. Acredito que ler e se informar transformam as férias em uma experiência inesquecível. Já escrevi um guia de viagem sobre a Cidade do México e apresentei mais de 80 episódios do Papo Viagem Podcast.

Sem Comentários

    Deixe um Comentário

    error: Conteúdo protegido.