Onde ficar em Buenos Aires 2017? Bairros Buenos Aires e melhor lugar para se hospedar

Não sabe onde ficar em Buenos Aires? Confira nossas dicas de bairros e hotéis na capital Argentina!

Buenos Aires é uma cidade formada por bairros bem interessantes, o que acaba causando algumas dúvidas na escolha sobre onde ficar em Buenos Aires: Quais são os melhores bairros de Buenos Aires? Qual o melhor lugar para se hospedar? Para te ajudar na escolha do melhor bairro em Buenos Aires e também dos melhores hotéis para se hospedar, nós juntamos várias dicas importantes sobre onde ficar em Buenos Aires em 2017.

Vamos lá!

O primeiro passo é entender como funciona a divisão dos bairros de Buenos Aires.

Confira a imagem abaixo, ela apresenta um mapa de Buenos Aires com todos os seus bairros.

Onde ficar em Buenos Aires: Mapa de bairros da cidade

Bairros de Buenos Aires

Repare que Buenos Aires é formada por 48 bairros no total.

Os bairros mais centrais da capital argentina são:

Palermo, Villa Crespo, Almagro são outros bairros famosos da cidade, mas não são tão centrais assim. Apesar disso, esses bairros também possuem boas opções de hospedagens em Buenos Aires.

Vamos falar primeiro sobre os bairros no centro de Buenos Aires, começando pelo bairro mais procurado pelos turistas: Recoleta.

 

1) Onde ficar em Buenos Aires: Bairro Recoleta

Onde ficar em Buenos Aires: Bairro Recoleta

Bairros de Buenos Aires: Recoleta. Clique na imagem para visualizar melhor.

Recoleta é o bairro mais nobre de Buenos Aires. Você vai encontrar belos prédios e mansões em estilo francês por lá. É um bairro caro não apenas para se hospedar, mas também para comer em restaurantes ou curtir os bares.

 

Quais são as vantagens em se hospedar na Recoleta?

As vantagens do bairro Recoleta são a segurança e a localização, já que é próximo do centro e das principais atrações de Buenos Aires como o Obelisco e o Teatro Colón.

Na Recoleta você pode visitar o Centro Cultural da Recoleta, Recoleta Mall, livraria El Ateneo Grand Splendid, Cemitério da Recoleta, Basílica Nuestra Señora del Pilar, Feira Artesanal na Plaza Francia, Museu Nacional Bellas Artes, Museu Nacional de Artes Decorativas e a Floralis Genérica.

A estação de metrô mais utilizada é a Las Heras, que está bem próxima do Cemitério da Recoleta e que é onde finaliza a linha amarela (H) do Subte. O bairro está próximo o Aeroparque, um dos aeroportos de Buenos Aires.

 

O que nós achamos do bairro Recoleta?

Nossa opinião: a Recoleta é uma ótima opção para quem possui condições para pagar uma diária mais cara. Para quem é viajante econômico, não vale a pena pagar caro para se hospedar por lá. Há opções mais baratas em outros bairros e que não vão comprometer a sua experiência em Buenos Aires.

 

Onde ficar em Buenos Aires: Melhores Hotéis na Recoleta, Buenos Aires

Apart San Diego Recoleta: apartamentos. Diária a partir de 150 reais.

O Apart San Diego Recoleta é uma das melhores hospedagens na Recoleta com relação ao custo x benefício. São oferecidos apartamentos de 40 m² com cozinha equipada com geladeira, micro-ondas, mesa, cadeiras, poltronas. Está localizado a 1 km do Cemitério da Recoleta. É o lugar ideal para quem deseja se sentir em casa, sem gastar muito.

Esplendor Plaza Francia: quarto duplo com café da manhã incluído. Diária a partir de 265 reais.

O Hotel Esplendor Plaza Francia está colado na famosa Plaza Francia e do Museu Nacional de Bellas Artes. Possui quartos confortáveis, tirando o banheiro que é pequeno. Você pode utilizar a academia e bicicletas que oferecem. Os funcionários são simpáticos.

Dazzler Recoleta: quarto duplo com café da manhã incluído. Diária a partir de 270 reais.

O Dazzler Recoleta é um hotel localizado bem próximo do Cemitério da Recoleta, cerca de 450 metros. Os quartos são grandes (30 m²), com mesa de trabalho, TV de tela plana, frigobar, ótima cama e até banheira.

ARC Recoleta Boutique Hotel & Spa: quarto duplo com café da manhã incluído. Diária a partir de 300 reais.

O ARC Recoleta Boutique Hotel & Spa é um hotel boutique com 57 quartos de 30m² e até mais que isso no caso da Suíte Superior. O hotel possui uma área de Spa e Fitness com jacuzzi, hidromassagem e sauna seca. Os turistas costumam criticar a limpeza e o café da manhã.

Hotel Intersur Recoleta: quarto duplo com café da manhã incluído. Diária a partir de 400 reais.

O Hotel Intersur Recoleta fica em um belo edifício com fachada clássica, a 400 metros do Cemitério da Recoleta e a 750 metros do Museu de Belas Artes. Os quartos também são grandes (28 m²), bem bonitos, com mesa, cadeiras, frigobar, banheira e TV de tela plana. O café da manhã é muito elogiado. Há também uma academia no hotel.

 

Mapa dos melhores hotéis em Recoleta

 

2) Onde ficar em Buenos Aires: Bairro San Telmo

Onde ficar em Buenos Aires: Bairro San Telmo

Bairros de Buenos Aires: San Telmo. Clique na imagem para visualizar melhor.

San Telmo é um dos bairros mais tradicionais e antigos de Buenos Aires. Espere encontrar por lá arquitetura do século 19, ruas em paralelepípedo e shows de tango.

 

Quais são as vantagens em se hospedar em San Telmo?

As vantagens do bairro San Telmo são os bons preços das hospedagens, dos restaurantes e também a localização próxima ao centro. Além disso, muitos hostels estão localizados nessa área. A principal desvantagem é a necessidade de tomar cuidado com a segurança ao caminhar à noite; há relatos de assaltos.

Em San Telmo você pode visitar a tradicional Feira de San Pedro Telmo – realizada aos domingos na Praça Dorrego e também nas ruas próximas como a Defensa -, a Iglesia de San Pedro Telmo e o MAMBA (Museu de Arte Moderna de Buenos Aires). Você pode também tirar uma foto com a estátua da Mafalda e caminhar até Puerto Madero.

As estações de metrô mais utilizadas são a Independencia e a San Juan, por onde passa a linha azul (C) do Subte.

 

O que nós achamos do bairro San Telmo?

Nossa opinião: San Telmo possui ótimos preços para o viajante econômico. Foi lá que encontramos um restaurante muito barato (confira no post sobre Onde comer barato em Buenos Aires). A proximidade do centro também facilita visitar os principais pontos turísticos da cidade. Nós chegamos a cogitar se hospedar em San Telmo, mas optamos pelos bairros Retiro e Palermo. Creio que acertamos na escolha e vamos explicar mais adiante o porquê. De qualquer forma, essa é a nossa opinião e você deve levar em conta que as pessoas gostam de San Telmo por ser um bairro boêmio com cafés tradicionais e antiquários bem legais.

 

Onde ficar em Buenos Aires: Melhores Hotéis em San Telmo, Buenos Aires

Circus Hotel & Hostel: quarto duplo com café da manhã incluído. Diária a partir de 150 reais.

O Circus Hotel & Hostel é considerado um dos melhores hostels em Buenos Aires. O hostel fica a poucos metros da Feirinha de San Telmo. Há opções de quartos privativos ou cama em dormitórios compartilhados. Você pode aproveitar a piscina, mesa de bilhar e até uma churrasqueira.

Telmho Hotel Boutique: quarto duplo com café da manhã incluído. Diária a partir de 230 reais.

O Telmho Hotel Boutique está localizado ao lado da Praça Dorrego, perto de bares e restaurantes. Há suítes com dois andares, sendo que no total são 9 quartos. Talvez por não ser um hotel tão grande, possui um ótimo atendimento. Um ponto negativo é o banheiro, considerado pequeno pelos viajantes.

Hotel Scala by Cambremon: quarto duplo. Diária a partir de 235 reais.

O Hotel Scala by Cambremon não fica no coração de San Telmo, já que sua localização está mais perto da Avenida 9 de Julho. O prédio é bem moderno e possui 143 quartos. Os quartos do hotel são grandes (40 m²), com cama confortável, mesa e cadeiras. Você pode aproveitar a academia e a vista no topo do hotel.

 

Mapa dos melhores hotéis em San Telmo

 

 

3) Onde ficar em Buenos Aires: Bairro Palermo

Onde ficar em Buenos Aires: Bairro Palermo

Bairros de Buenos Aires: Palermo. Clique na imagem para visualizar melhor.

Palermo é um bairro gigante que é dividido em subáreas como Palermo Soho, Palermo Hollywood, Palermo Norte, Palermo Chico, Palermo Zoológico, Palermo Botânico, Palermo Alto, Palermo Pacífico, Palermo Nuevo, Villa Freud.

 

Quais são as vantagens em se hospedar em Palermo?

Independente de qual seja a denominação do sub-bairro de Palermo, essa área de Buenos Aires atrai bastante os brasileiros. O motivo? É um bairro moderno, com forte comércio, restaurantes, bares, supermercados e movimento das pessoas. Sem falar das várias opções de hospedagens, seja em hotéis, hostels, studios ou apartamentos.

Onde ficar em Palermo Buenos Aires

Divisões de Palermo

A linha verde (D) do metrô passa no meio do bairro e leva até o centro, porém é preciso avisar que essa linha é bem cheia, principalmente com vagões lotados nos horários de pico. O bairro está próximo o Aeroparque, um dos aeroportos de Buenos Aires.

Em Palermo você pode visitar a Plaza Serrano, o Distrito Arcos (área de compras), Feira de Livros, Alto Palermo Shopping, Jardim Botânico Carlos Thays, Parque Tres de Febrero, Jardim Japonês, El Rosedal e o Malba (Museu de Arte Latinoamericana de Buenos Aires).

 

O que nós achamos do bairro Palermo?

Nossa opinião: Nós gostamos bastante de se hospedar em Palermo Soho na 2ª parte de nossa viagem por Buenos Aires. Isso porque na 1ª parte da viagem escolhemos um hotel no bairro Retiro, o que facilitou conhecer as atrações mais centrais da cidade. Em Palermo nos concentramos nas imediações do próprio bairro.

Se você nunca visitou Buenos Aires e tem pouco tempo para conhecer a cidade, talvez seja melhor se hospedar em um bairro mais próximo do centro, como na Recoleta, San Telmo ou Retiro. Eu escolheria Retiro!

Mas se você tem tempo na cidade – veja quantos dias ficar em Buenos Aires – ou se já visitou Buenos Aires, com certeza Palermo é uma ótima opção para você. Algumas dicas para levar em conta: escolha uma hospedagem próxima da Avenida Santa Fé para facilitar o transporte por meio do ônibus e metrô e dê preferência ao Alto Palermo, Palermo Botânico e Palermo Soho. Na nossa opinião, essas são as áreas mais legais para se hospedar no bairro Palermo.

 

Onde ficar em Buenos Aires: Hotéis em Palermo, Buenos Aires

Hotel Costa Rica: quarto duplo. Diária a partir de 105 reais.

O Hotel Costa Rica é um hotel simples, mas é uma boa opção para quem precisa economizar na hospedagem em Buenos Aires. A sua principal vantagem é a localização, pois está no Palermo Viejo e próximo da Plaza Armenia. Você só deve prestar atenção na escolha dos quartos, já que alguns são bem pequenos.

Boho Rooms: quarto duplo. Diária a partir de 135 reais.

O Boho Rooms é um Bed & Breakfast com 13 quartos, localizado no Palermo Soho. A desvantagem da sua localização é pela distância até a estação de metrô. Para quem vai utilizá-lo será necessário caminhar bastante. Apesar disso, possui vários restaurantes e bares próximos, já que essa é a área mais boêmia de Palermo.

Sissi Haz Hotel Boutique: quarto duplo com café da manhã. Diária a partir de 240 reais.

O Sissi Haz Hotel Boutique é recomendado para quem gosta de ambientes rústicos, já que sua decoração tem uma cara de sítio. O hotel está localizado bem próximo da Praça Serrano e da Praça Armênia.

Byblos Palermo Soho: quarto duplo. Diária a partir de 275 reais.

O Byblos Palermo Soho oferece estúdios novos e completos (48 m²) no Palermo Soho. Para quem deseja cozinhar suas próprias refeições ou está viajando com crianças é uma boa opção. A localização é interessante, a 200 metros da Praça Armênia e a menos de um quilômetro da estação de metrô.

Aspen Square: quarto duplo.

Vain Boutique Hotel: quarto duplo com café da manhã. Diária a partir de 350 reais.

Vain Boutique Hotel é um dos melhores lugares para você se hospedar em Buenos Aires, no Palermo. Ótimo café da manhã, atendimento, localizado bem próximo da Plaza Italia e do metrô. É um hotel recomendado para quem curte ficar hospedado em um hotel boutique.

 

Mapa dos melhores hotéis em Palermo

 

4) Onde ficar em Buenos Aires: Bairro Retiro

Onde ficar em Buenos Aires: Bairro Retiro

Bairros de Buenos Aires: Retiro. Clique na imagem para visualizar melhor.

Retiro é um pequeno bairro próximo da Recoleta e do centro de Buenos Aires. É um bairro muito elegante que combina prédios altos e modernos com antigas residências das famílias ricas da cidade.

 

Quais são as vantagens em se hospedar no Retiro?

O Retiro é uma ótima alternativa para quem quer ficar próximo ao centro, mas não tem como pagar uma hospedagem na Recoleta e não quer ficar no Microcentro ou em San Telmo por questões de segurança à noite. Falamos disso no Papo Viagem Podcast episódio Buenos Aires.

No Retiro você pode visitar a Plaza San Martin, Galerias Pacífico, Calle Florida, Teatro Colón, Teatro Coliseo e é claro caminhar até o Obelisco, Casa Rosada, Plaza de Mayo e Recoleta.

A linha azul escuro (C) do metrô facilita o deslocamento, basta utilizar a Estação General San Martin, bem como os diversos ônibus que passam pela Avenida del Libertador e Avenida Leandro Além.

Vai para o Uruguai? Saiba que bem próximo do Retiro está o terminal de ferry da Buquebus e da Seacat. Além disso, a empresa de shuttlebus Manuel Tienda Leon deixa os passageiros que chegam do Aeroporto Ezeiza nessa região do Retiro.

 

O que nós achamos do bairro Retiro?

Nossa opinião: A localização e o custo benefício da hospedagem são os principais pontos que levamos em conta na hora de decidir onde vamos ficar. Foi no Retiro que encontramos nosso lugar ideal (Aspen Suites Hotel). A partir do Retiro conhecemos praticamente todo o Microcentro de Buenos Aires a pé. Inclusive, fomos até a Recoleta caminhando. O bairro tem opções de restaurantes e você pode caminhar pela região da Plaza Libertad para encontrar ainda mais. Foi perto dessa praça que encontramos uma das melhores pizzarias de Buenos Aires.

A desvantagem do Retiro é que o bairro fica pouco movimentado no final de semana. Evite também caminhar à noite pelas imediações da estação de trem Retiro. Aliás, caminhar à noite nas imediações de estações de trem não é recomendado em nenhum lugar no Mundo.

 

Onde ficar em Buenos Aires: Hotéis no Retiro, Buenos Aires

Bisonte Libertad: quarto duplo. Diária a partir de 145 reais.

O Hotel Bisonte Libertad está localizado em uma área bem interessante, na Plaza Libertad, onde fica o Teatro Colón. Esse é um dos hotéis mais reservados em Buenos Aires. Você deve prestar atenção no pagamento, já que viajantes relatam problemas.

Aspen Suites Hotel: quarto duplo com cozinha e café da manhã. Diária a partir de 175 reais.

O Aspen Suites Hotel é uma opção interessante para quem busca um quarto com cozinha. Apesar dos quartos serem antigos, o hotel é confortável e possui um bom café da manhã. A localização é perfeita para quem deseja conhecer as principais atrações de Buenos Aires apenas caminhando.

Loi Suites Arenales: estúdio. Diária a partir de 200 reais.

O Loi Suites Arenales oferece opções de estúdios com tamanho a partir de 22 m². Sua localização é bem próxima da Plaza San Martin. O banheiro é um ponto negativo.

Loi Suites Esmeralda: quarto duplo. Diária a partir de 200 reais.

Hotel da mesma rede acima, só que mais próximo do Teatro Colón.

Argenta Tower Hotel & Suites: quarto duplo com cozinha e café da manhã. Diária a partir de 225 reais.

O Argenta Tower Hotel & Suites está localizado bem próximo da Estação Retiro. É uma opção para quem procura um quarto com cozinha. Cama king-size, academia, e piscina. Reclamações por causa da limpeza.

Feir’s Park Hotel: estúdio. Diária a partir de 300 reais.

O Feir’s Park Hotel é um hotel bem moderno com academia e piscina. Os 112 quartos são espaçosos, mas não possuem cozinha. A maioria possui cama king size, mesa, cadeiras e frigobar. Há também quartos mais chiques para quem busca ainda mais conforto.

 

Mapa dos melhores hotéis no Retiro

 

 

4) Onde ficar em Buenos Aires: Bairro San Nicólas (Microcentro)

Onde ficar em Buenos Aires: Bairro San Nicólas

Bairros de Buenos Aires: San Nicólas. Clique na imagem para visualizar melhor.

O bairro San Nicólas praticamente forma o Microcentro de Buenos Aires, área de negócios da capital Argentina.

 

Quais são as vantagens em se hospedar em San Nicólas?

É em San Nicólas que está o Obelisco, Avenida 9 de Julho, Teatro Colón, Catedral Metropolitana de Buenos Aires, Calle Corrientes e Calle Florida.

Por ser o centro nervoso de Buenos Aires, quase todas as linhas de metrô vão até essa região, o que facilita bastante o seu deslocamento para outras regiões da cidade.

 

O que nós achamos do bairro San Nicólas?

Nossa opinião: Não recomendamos você se hospedar em San Nicólas, mas se o seu caso for inevitável, achamos que a área da Estação de Metrô Tribunales / Teatro Colón é a melhor área do bairro. Evite se hospedar na área mais próxima da Plaza del Congreso e da Plaza del Mayo. Isso porque a desvantagem de se hospedar no Microcentro é que no final de semana o bairro San Nicólas não é tão movimentado, principalmente à noite.

 

Onde ficar em Buenos Aires: Hotéis em San Nicólas (Microcentro), Buenos Aires

Hotel El Cabildo: quarto duplo. Diária a partir de 105 reais.

Sarmiento Suites: quarto duplo. Diária a partir de 150 reais.

NH Buenos Aires Tango: quarto duplo. Diária a partir de 235 reais.

Broadway Hotel & Suites: quarto duplo. Diária a partir de 235 reais.

 

Mapa dos melhores hotéis em San Nicólas

5) Onde ficar em Buenos Aires: Bairro Monserrat (Microcentro)

Onde ficar em Buenos Aires: Bairro Monserrat

Bairros de Buenos Aires: Monserrat. Clique na imagem para visualizar melhor.

O outro bairro que faz parte do Microcentro de Buenos Aires é o Monserrat. É em Monserrat que você encontra a Casa Rosada, Plaza de Mayo e o Congresso.

 

O que nós achamos do bairro Monserrat?

Nossa opinião: Não se hospede no bairro Monserrat, pelas mesmas razões do San Nicólas. As praças do Congresso e da Casa Rosada podem estar perigosas à noite.

 

Onde ficar em Buenos Aires: Hotéis em Monserrat (Microcentro), Buenos Aires

Las Cepas Hotel de Cata & Relax: quarto duplo. Diária a partir de 125 reais.

Moreno Hotel Buenos Aires by Tay Hotels: quarto duplo com café da manhã incluído. Diária a partir de 220 reais.

O Moreno Hotel Buenos Aires by Tay Hotels está bem próximo da região da Casa Rosada. O prédio é antigo, mas foi restaurado. Os melhores quartos (Lofts com 56 m²) possuem sofá, mesa de escritório e cadeiras. O café da manhã é servido no terraço do prédio.

HTL 9 de Julio BsAs: quarto duplo. Diária a partir de 260 reais.

 

 

6) Outros bairros de Buenos Aires

 

Puerto Madero

Puerto Madero é o bairro mais moderno e caro da cidade. Não possui tantas atrações turísticas, mas concentra alguns dos hotéis mais caros de Buenos Aires como o Hotel Madero Buenos Aires, Hilton Buenos Aires, Faena Hotel Buenos Aires.

 

Villa Crespo

Villa Crespo é o bairro que concentra lojas e outlets de Buenos Aires. Fica ao lado do Palermo, mas não possui tantas hospedagens, já que é uma área menor. Algumas opções: Pop Hotel e C’Chic Hotel Boutique.

 

Abasto/Balvanera

O Abasto não chega a ser um bairro, mas sim uma área do bairro Balvanera, próximo ao centro. Foi nessa região que viveu Carlos Gardel, um dos cantores mais famosos de tango. Nós gostamos de visitar esse bairro, inclusive por ter restaurantes peruanos. Uma opção de hotel é o Abasto Hotel.

 

Essas foram as nossas dicas sobre onde ficar em Buenos Aires. E você, já se hospedou onde em Buenos Aires? Quais foram as suas impressões? Qual o melhor lugar para se hospedar em Buenos Aires? Comente!

 

Observação: Se você reservar sua hospedagem pelos links no post ou pelo banner no site, você ajuda o Guia do Nômade Digital, mas não paga nenhum centavo a mais por isso. Muito obrigado!

Salvar

[P.S: não se esqueça de reservar o seu hotel pelo nosso link do Booking. Você não paga nada a mais pela sua hospedagem e ainda ajuda o site. Obrigado!]

Posts que você deve ver também!

Deixe um comentário

4 Comentários em "Onde ficar em Buenos Aires 2017? Bairros Buenos Aires e melhor lugar para se hospedar"

Receber notificações de
avatar
Ordenar por:   mais recentes | mais antigos | mais votados
Ana Paula Mendes
Visitante
Ana Paula Mendes
Estou indo para Buenos Aires no mês que vem e irei me hospedar em um hostel na Recoleta achei o preço bem bom em torno de 45,00 já com o ISS, porém é quarto coletivo sem muito luxo mas pelo menos é feminino e está incluso o café da manhã, ainda não sei se o local é bom, deixo aqui a minha opinião quando voltar, hehehehe mas só citei isso pq o post diz que o bairro da Recoleta é muito caro, portanto pra quem não é do luxo e quer se hospedar em um local legal acho que é… Continue lendo »
Jade
Editor

Oi Ana Paula! Que bom que encontrasse uma opção barata na Recoleta. Com certeza vais estar bem localizada. Depois deixa um comentário sobre a hospedagem, obrigada :) Ah, escuta o episódio do Papo Viagem Podcast que a gente fala sobre Buenos Aires, caso ainda não tenhas ouvido: http://guiadonomadedigital.com/buenos-aires-papo-viagem-podcast-035/ Boa viagem para Buenos Aires!

Ricardo Friedrich
Visitante
Ricardo Friedrich

Já fiquei em Monserrat, mais precisamente em frente ao Intercontinental no Hotel Boca.
Achei a localização ótima, realmente a noite é um pouco estranho, mas eu não me senti inseguro. Parece as ruas de Berlin a noite, pixadas e etc, mas não são tão inseguras como falam, e nessa área ficava movimentado por conta das boates que tem ao redor.

O problema da noite é resolvido com táxi, que em buenos aires é bem em conta.

Estou indo a Buenos Aires novamente em agosto, e ficarei na mesma região em um hotel chamado Merit San Telmo, espero não ter problemas :)

Jade
Editor

Olá, Ricardo! Obrigada pelo comentário. É legal você mostrar com foi sua experiência lá. O táxi realmente ajuda quando a hospedagem fica no centro. Também não acho Buenos Aires insegura, mas acredito que há bairros melhores do que Montserrat, mas isso vai de cada um. Boa viagem :D

wpDiscuz
error: Conteúdo protegido.