O que fazer em Bogotá, Colômbia? Melhores Pontos Turísticos de Bogotá

Confira os melhores pontos turísticos de Bogotá, na Colômbia, e saiba o que fazer em Bogotá!

Bogotá é uma cidade com muitos lugares interessantes para conhecer, mas que costuma ficar encoberta pela fama de Cartagena de Índias e de San Andrés. Por ser uma grande metrópole, o que fazer em Bogotá não falta, com opções culturais, históricas e entretenimento noturno.

Neste post, mostramos os pontos turísticos de Bogotá que mais gostamos, com várias dicas para conhecê-los, além de passeios fora da capital.

O post ficou um pouquinho grande, totalmente condizente com o tamanho e os atrativos de Bogotá. Confira abaixo o que fazer em Bogotá, na Colômbia!

Veja também as nossas dicas sobre onde ficar em Bogotá nos melhores bairros!

 

O que fazer em Bogotá na Candelária

O que fazer em Bogotá, Colômbia

Plaza Bolívar com a Catedral Primada ao fundo

A Candelária é o bairro mais antigo de Bogotá, sendo o centro histórico de Bogotá. Desde os tempos do povo Muisca, essa região desempenhava um papel central. Na época colonial não foi diferente e, ainda hoje, a Candelária é um bairro muito movimentado e importante.

O principal ponto turístico da Candelária é o patrimônio histórico e arquitetônico, tanto da época colonial quanto do período republicano.

Há inúmeras ruas de pedra com casas coloniais coloridas, várias igrejas que merecem ser visitadas, além de atrativos culturais, como museus e teatros.

O coração popular da Candelária fica ao redor da Plaza Santander, onde está o Museu do Ouro e várias igrejas que valem ser conhecidas. Nessa região, podem ser visitadas: Iglesia de San Francisco, com belíssimo altar de ouro; Iglesia de la Veracruz, com decoração simples; Iglesia de La Tercera, com retábulos e altar esculpidos em madeira negra belíssima.

O que fazer em Bogotá, Colômbia

Santuário Nuestra Señora del Carmen

As três igrejas mencionadas acima são pequenas, porém charmosas, mas há duas igrejas que não podem ficar de fora sobre o que fazer em Bogotá, são: Museo Santa Clara e o Santuário Nuestra Señora del Carmen.

O Museo Santa Clara abriga uma pequena e dourada igreja do século XVII, com estilo barroco bem evidente e muitas obras de artes, principalmente pinturas. O Museo Santa Clara é uma das poucas igrejas pagas em Bogotá, no caso, o ingresso adulto custa $ 3 mil (pesos colombianos).

O Santuário Nuestra Señora del Carmen tem entrada gratuita e é impressionante! Por fora, as listras vermelhas e brancas mostram um pouquinho do que tem por dentro.

A Igreja possui vitrais belíssimos, tons de verde e muitos detalhes. O Santuário Nuestra Señora del Carmen é uma construção recente, da década de 1930, mas é um ponto turístico de Bogotá imperdível.

O que fazer em Bogotá, Colômbia

Ruas e casarões históricos na Candelária

Do ponto de vista turístico, normalmente, a visita à Candelária começa pela Plaza Bolívar, que obviamente tem uma estátua de Simón Bolívar ao centro.

A Plaza Bolívar é grande e inclinada e nela estão importantes edifícios governamentais e religiosos. A visita à Catedral Primada é obrigatória e gratuita, sendo uma igreja com interior simples, mas muito grande.

As demais construções na Plaza Bolívar são o Capitólio Nacional, o Palácio da Justiça e o Palácio Liévano, sede da prefeitura. Além das construções, os pombos também sempre estão na Plaza Bolívar.

Outra praça histórica da Candelária é a Plaza del Chorro de Quevedo, local de fundação da cidade. Com ruas apertadas, pequenas capelas e bastante movimento à noite e nos finais de semana, a Plaza del Chorro de Quevedo se tornou um lugar com muitos bares e jovens.

Como você pode notar, há muito o que fazer em Bogotá na Candelária. Vários museus importantes da cidade também estão localizados no bairro histórico, como mostraremos no decorrer deste post!

Vale dizer que no horário comercial, tanto nos dias de semana quanto no final de semana, nos sentimos relativamente seguros na Candelária. Nos dias de semana, o que mais espanta é o movimento frenético do centro, mas o final de semana é bastante agradável.

 

Santuário de Monserrate em Bogotá

O que fazer em Bogotá, Colômbia

Basílica del Señor de Monserrate

Sem dúvida, o que fazer em Bogotá deve incluir o Santuário de Monserrate, com 3152 metros de altitude e muito próximo à Candelária.

No Santuário de Monserrate, o viajante consegue ter as melhores visitas da capital colombiana e, verdadeiramente, é um local muito alto e muito bonito. Os morros são bem verdes e há algumas atrações no “cerro” além da vista maravilhosa.

A Basílica del Señor de Monserrate é a construção que se destaca no cerro. A atual Basílica foi inaugurada em 1920, mas desde o século XVI já existia uma igreja no local. Infelizmente, a igreja original foi destruída por um terremoto.

O que fazer em Bogotá, Colômbia

A enorme Bogotá vista do Cerro de Monserrate

A Basílica del Señor de Monserrate é um local bem simples, com decoração discreta, mas que faz parte do passeio. Há também uma via crusis e alguns restaurantes, como o caro e sofisticado Casa de San Isidro e o mais simples e com belas vistas Casa Santa Clara.

A visita ao Cerro de Monserrate pode ser feita com teleférico, funicular e a pé (para peregrinações). Nós visitamos o cerro no final da tarde, quando o sol apareceu naquele dia, e recomendamos esse período do dia.

Informações práticas – Endereço: entre a Carrera 3 Este e a Carrera 1, nas proximidades do Museo Quinta de Bolívar. O ingresso varia de acordo com o horário da visita (diurno ou noturno), mas no horário comercial, tanto para o teleférico quanto para o funicular custa $ 19 mil para os dois trajetos, o ingresso adulto. Para mais informações, confira o site oficial aqui.

 

Museu do Ouro em Bogotá – Museo do Oro

O que fazer em Bogotá, Colômbia

O Museu do Ouro é um ponto turístico de Bogotá que vale muito a pena ser conhecido. Há milhares de peças de ouro nesse museu rico em história dos Povos Originais da Colômbia.

A quantidade de peças e a maneira como elas são expostas tornam a visita um grande aprendizado. Há inúmeras peças de ouro absurdamente detalhistas. Desde pequenos animais até o deus sol estão imortalizados nas peças de ouro do Museu do Ouro. Um lugar tão único que merece estar na lista sobre o que fazer em Bogotá!

As visitas guiadas gratuitas ajudam muito a entender como eram feitas as peças de ouro e outros metais, quais eram as funções dessas peças e seus significados na cosmovisão dos Povos Originais.

A coleção permanente do Museu do Ouro é divida por temas: o trabalho nos metais (técnicas); os Povos Originais colombianos que faziam peças de ouro; cosmologia e simbolismo e “a oferenda”. Há também exposições temporárias e uma sala de interação e reflexão sobre o museu.

Vale destacar que as salas do Museu do Ouro possuem ótimas legendas em espanhol e inglês. Mesmo que o viajante não participe de uma visita guiada ou não queira alugar um audioguia, é totalmente possível entender a coleção do museu somente com as legendas.

Nós recomendamos a visita guiada gratuita, que acontece em diversos horários (veja informações práticas). A visita guiada percorre apenas uma das salas do museu. No nosso caso, visitamos a sala da cosmologia e simbolismo, mas a guia falou sobre diversos aspectos da ourivesaria indígena.

Informações práticas – Endereço: Parque Santander (Cra. 6 #15-88), Candelária. Fechado às segundas. Ingresso adulto $ 4 mil, gratuito aos domingos. Audioguia $ 8 mil. Visitas guiadas gratuitas. Confira os horários das visitas guiadas e mais informações no site oficial aqui.

 

Museu Botero em Bogotá

O que fazer em Bogotá, Colômbia

As formas arredondadas de Botero e o foco no cotidiano em muitas pinturas

Outro museu que deve estar na lista sobre o que fazer Bogotá é o Museu Botero, que faz parte da Manzana Cultural del Banco de la Repúlica (Biblioteca Luis Ángel Arango, Museo de Arte Miguel Urrutia, Museo Botero e Casa de Moneda).

O Museu Botero teve todas as obras doadas e organizadas pelo artista plástico colombiano Fernando Botero, sendo parte da coleção formada por quadros do artista e outra parte com quadros de vários pintores, mas que pertenciam a Botero.

As pinturas e as esculturas de Botero são os principais destaques do museu. A técnica do artista, com formas arredondadas, é sempre muito interessante e diferente, por isso atrai muito visitantes.

Além disso, muitas ou quase todas as pinturas de Botero tem como pano de fundo as paisagens colombianas, principalmente de Antioquia, região onde ele nasceu. As touradas, o cavalo, o homem ao cavalo, o menino, as unhas vermelhas e tantos outros elementos fazem parte da história de vida do artista.

O Museu Botero é um museu de tamanho médio, mas bastante focado, que vale a pena ser conhecido com uma visita guiada. Há visitas guiadas todos os dias (com exceção de terça, quando o museu fica fechado) e elas são gratuitas.

Nós fizemos a visita guiada ao Museu Botero e muitos visitantes aproveitaram essa oportunidade. A qualidade da guia é inegável e, realmente, faz diferença no entendimento de todo o museu.

Informações práticas – Endereço: Calle 11 No. 4-41 (perto da Plaza Bolívar), Candelária. Fechados às terças. Entrada gratuita. Há visitas guiadas todos os dias. Para mais informações, confira o site oficial aqui.

 

Museu Nacional da Colômbia

O que fazer em Bogotá, Colômbia

Os museus mencionados anteriormente possuem temas bastante específicos. Já o Museu Nacional da Colômbia trata de diversos aspectos da história colombiana e, por isso, é recomendado para quem deseja entender melhor o país visitado.

Há 17 salas da exposição permanente, com ampla coleção de objetos da época colonial e do período republicano. Vale a pena estudar um pouco da história da Colômbia, principalmente da Independência, para entender melhor as obras do Museu Nacional da Colômbia.

Além da grande coleção, o prédio do Museu Nacional é imponente, já que a construção foi uma prisão durante muito tempo.

Informações práticas – Endereço: Carrera 7 calles 28 e 29. Fechado às segundas. Ingresso adulto $ 4 mil, sendo gratuito às quartas-feiras das 16h às 18h e aos domingos. Para mais informações, confira o site oficial aqui.

 

Feira de Usaquén

O que fazer em Bogotá, Colômbia

Iglesia Santa Bárbara de Usaquén

Para o viajante que vai passar o domingo em Bogotá, dá para aproveitar o Mercado de las Pulgas de Usaquén. Usaquén era uma região de fazendas, que acabou incorporada a Bogotá. Atualmente, o bairro ainda tem um charme colonial, mas também possui modernidade.

O Mercado de las Pulgas de Usaquén é realizado há 20 anos, sempre aos domingos, entre às 10h e 18h. Basicamente, são vendidos diversos produtos novos, como as bolsas colombianas, artesanatos variados e há alguns estandes com comida.

O Mercado ou Feira de Usaquén não é pequeno, porém seu foco é em produtos novos e vários deles não são artesanato. Há pouquíssimos estandes com produtos antigos, algo comum em mercados de pulgas.

Além de visitar o mercado, todos os viajantes sempre dão uma espiadinha na Iglesia Santa Bárbara de Usaquén, que verdadeiramente é um charme. Em Usaquén, há também o shopping Hacienda, que possui praça de alimentação.

 

Melhores Parques de Bogotá

O que fazer em Bogotá, Colômbia

Parque Metropolitano Simón Bolívar

A poucos quilômetros do bairro Chapinero, onde fica a Zona G (gastronômica) de Bogotá, estão vários parques para visitar, como o grandioso Parque Metropolitano Simón Bolívar, o charmoso Parque de Los Novios e o Jardim Botânico de Bogotá.

Visitar os parques é uma excelente atividade sobre o que fazer em Bogotá no final de semana, quando os locais ocupam as ciclovias dessa região e procuram os parques para correr e também para relaxar.

O Parque Metropolitano Simón Bolívar é enorme e com muitas árvores grandes, além de vários gramados e um grande lago. Há áreas para praticar esporte, como circuitos de corrida em meio às árvores. As ciclovias estão por toda a parte nos arredores do Parque.

O que fazer em Bogotá, Colômbia

Jardim Botânico

Pertinho do Parque Metropolitano Simón Bolívar fica a Biblioteca Virgilio Barco, reconhecida como uma das obras emblemáticas do arquiteto colombiano Rogelio Salmona. Além da arquitetura, há exposições.

Vale visitar também o Parque de Los Novios, muito próximo ao Parque Simón Bolívar. O Parque de Los Novios é pequeno, mas bem cuidado, com um lago muito usado pelos visitantes.

O Jardim Botânico de Bogotá José Celestino Mutis é mais um parque para ser visitado, mas nesse caso é pago, apenas $ 2700 para adultos. O Jardim Botânico não é grande, mas oferece diferentes áreas com plantas diversas, desde flores até árvores, assim como pequenas cachoeiras e lagos, sendo uma boa alternativa de passeio com criança.

Informações práticas – O Parque Simón Bolívar abre todos os dias das 6h às 18h. O Parque de Los Novios abre todos os dias em horários variados (confira aqui). Esses dois parques são gratuitos. Já o Jardim Botânico de Bogotá custa $ 2700 para adultos. Confira os horários do Jardim Botânico aqui.

 

Zona Gastronômica e Zona Rosa (Zona T) de Bogotá

O que fazer em Bogotá, Colômbia

Na Zona G, muitas construções são parecidas com os restaurantes desta imagem

Bogotá é uma grande metrópole sul-americana e, como toda cidade do seu porte, tem muitas opções de baladas e restaurantes para curtir à noite. As áreas mais conhecidas, com dezenas de restaurantes, são a Zona G, focada em gastronomia, e a Zona Rosa ou T, com muitos restaurantes, mas também com várias baladas.

A Zona G fica no bairro Chapinero e a Zona Rosa no bairro El Retiro, sendo inclusive uma região para se hospedar em Bogotá, tamanha é sua infraestrutura turística.

A Zona Rosa possui uma variedade maior de restaurantes, bares e boates, inclusive com opções que não são caras, mas são boas, como o Restaurante Di Lucca, que recomendamos para quem quer provar uma excelente massa.

Já a Zona G é focada em restaurantes, principalmente restaurantes mais requintados, como o famoso restaurante peruano Astrid & Gastón, que possui preços nada irrealistas para um restaurante dessa categoria.

 

Passeios a partir de Bogotá: Villa de Leyva e a Catedral de Sal em Zipaquirá

O que fazer em Bogotá, Colômbia

Área principal da Catedral de Sal. Fonte: TripAdvisor

Quando se está procurando saber o que fazer em Bogotá, a Catedral de Sal em Zipaquirá costuma aparecer nas pesquisas. A Catedral de Sal está localizada na cidade de Zipaquirá, aproximadamente 1h da capital.

O grande diferencial da Catedral de Sal é ela ter sido construída em uma antiga mina de sal e, portanto, estar no subsolo, especificamente a 180 metros de profundidade. Sua construção foi concluída em 1954, sendo reinaugurada com mais segurança em 1995.

Nós não visitamos a Catedral de Sal em Zipaquirá, mesmo tendo o título de primeira maravilha da Colômbia. Mas ela pode ser um ótimo passeio para outros visitantes, principalmente os mais interessados em construções diferentes e que não tem problemas com a profundidade do local.

Vale dizer que muitos viajantes acham Zipaquirá bem bonitinha, completando o passeio.

Villa de Leyva é uma pacata e histórica cidade a 150 km de Bogotá. A Plaza Mayor da cidade é uma das maiores e mais exuberantes que se pode encontrar na Colômbia, com igrejas e monumentos centenários. Na cidade há ainda belas ruas de pedra, bons restaurantes e muita beleza.

 

Mapa com os pontos turísticos sobre o que fazer em Bogotá

Confira no mapa a localização de todos os pontos turísticos de Bogotá mencionados neste post.

 

Esperamos que as dicas sobre o que fazer em Bogotá tenham sido úteis! Confira também os melhores bairros para se hospedar em Bogotá!


Como descobrir os melhores hotéis para sua próxima viagem: Use o Seletor de Hotéis

O Seletor de Hotéis é uma ferramenta online, totalmente gratuita, que seleciona os hotéis mais adequados ao perfil do viajante. Por meio de um método matemático, o Seletor de Hotéis descobre os hotéis perfeitos para você em qualquer cidade do mundo.

A única coisa que o viajante deve fazer é elencar (de 1 a 5) suas prioridades em relação às características dos hotéis. Qual é a ordem de importância das características do hotel para o viajante? Por exemplo: melhor localização, menor preço, maior qualidade, mais reservado e tamanho do hotel.

Há diversas combinações que podem ser feitas, trazendo como resultado os hotéis que mais se encaixam nas prioridades do viajante. Inclusive, é possível buscar hostels, apartamentos, pousadas e até hotel fazenda.

Então, faça uma pesquisa no Seletor de Hotéis, a ferramenta do Guia do Nômade Digital que ajuda os viajantes a economizar e se hospedar em bons hotéis mundo afora.

Boa viagem, Viajante!

[P.S: não se esqueça de reservar o seu hotel pelo nosso link do Booking. Você não paga nada a mais pela sua hospedagem e ainda ajuda o site. Obrigado!]

Posts que você deve ver também!

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Receber notificações de
avatar
error: Conteúdo protegido.