Arquipélago Frioul, Marselha: a beleza do sul da França!

Descubra as belezas do Arquipélago Frioul em Marselha, no sul da França!

Arquipélago Frioul, Marselha: a beleza do sul da França!

Pôr do sol no arquipélago

O Arquipélago Frioul é uma das atrações mais interessantes para quem gosta de natureza e está visitando Marselha, a capital da região da Provença. A história também faz parte do arquipélago, pois a prisão de uma das ilhas serviu de inspiração para Alexandre Dumas escrever o livro “O Conde de Monte Cristo”.

Confira também o episódio sobre Marselha no Papo Viagem Podcast!

O Arquipélago Frioul é composto por quatro ilhas muito próximas ao Porto Velho de Marselha, chamadas de Ratonneau, Pomègues, If e Tiboulen. As duas primeiras são conectadas por uma ponte e possuem alguns calanques de água transparente. Há mais de 200 tipos de plantas e vários pássaros que necessitam das ilhas Ratonneau e Pomègues para sobreviver, pois a região do arquipélago forma um microclima árido.

Arquipélago Frioul, Marselha: a beleza do sul da França!

A ilha de If possui o Chateau d’If, que serviu de inspiração para a prisão que Alexandre Dumas descreve no livro “O Conde de Monte Cristo”. O Chateau d’If foi construído em 1516, a mando do Rei François I, mas apenas com função de proteção a cidade de Marselha. No mesmo século, o Chateau d’If foi transformado em prisão, abrigando durante séculos prisioneiros diversos, entre eles José Custodio Faria, a inspiração de Alexandre Dumas.

Arquipélago Frioul, Marselha: a beleza do sul da França!

Chateau d’If

Já a ilha Tiboulen é bem pequena, mas é um excelente ponto de mergulho. Aliás, todo o Arquipélago Frioul faz parte do Parque Nacional dos Calanques, um parque excelente para a prática de mergulho, snorkeling e natação. Para quem não sabe, os calanques são formações geológicas nas quais o mar adentra ao território, formando praias de água muito clara.

O que fazer em Marselha? Visitando a Provença!

Pequeno calanque

O Arquipélago Frioul possui uma natureza que nós nunca tínhamos visto. Praticamente todas as ilhas são de rocha pura, de cor esbranquiçada e com muitas flores belas. A cor azul do mar se transforma em um verde esmeralda nos pequenos calanques do Arquipélago Frioul. Um passeio que vale muito a pena!

 

Como chegar ao Arquipélago Frioul?

Arquipélago Frioul, Marselha: a beleza do sul da França!

Saem barcos ao arquipélago a cada hora partindo do Porto Velho de Marselha. Primeiro o barco faz uma parada em If, deixando algumas pessoas que irão conhecer a antiga prisão, depois segue à Ratonneau, que se liga a Pomègues por uma passarela.

Para curtir as três ilhas a tarifa é de 15€, para ir apenas a Ratonneau e Pomègues, o custo é de 10€, aproximadamente. Se você tiver tempo, conheça as três ilhas, mas caso contrário escolha apenas um roteiro. Para mais informações, clique aqui.

 

Gostou do post de hoje? Então, curta o nosso site!

Boa viagem, Viajante!

 

[P.S: não se esqueça de reservar o seu hotel pelo nosso link do Booking. Você não paga nada a mais pela sua hospedagem e ainda ajuda o site. Obrigado!]

Posts que você deve ver também!

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Receber notificações de
avatar
wpDiscuz
error: Conteúdo protegido.