Centro Histórico de Dubrovnik, Croácia: A Pérola do Adriático!

Descubra as belezas do centro histórico de Dubrovnik, na linda Croácia!

Centro Histórico de Dubrovnik, Croácia: A Pérola do Adriático!

Um dos melhores países na Europa para visitar é a Croácia. A cidade de Dubrovnik sintetiza as maravilhas croatas, como: rica história, beleza natural e preços bons (comparados aos da Europa Ocidental). Visitar o centro histórico de Dubrovnik é entrar em contato com uma história milenar riquíssima.

Para entender os monumentos do centro histórico de Dubrovnik, vamos conhecer um pouco da história da República de Dubrovnik, para depois descobrir as atrações da cidade!

 

História de Dubrovnik, na Croácia

Centro Histórico de Dubrovnik, Croácia: A Pérola do Adriático!

A beleza e grandiosidade da cidade histórica

Os eslavos foram os povos que formaram Dubrovnik. Mas a região esteve sob domínio da República de Veneza no século XIII e XIV. Essa influência se refletiu em muitas construções do centro histórico.

Com sua força diplomática e poder mercantil, a República de Dubrovnik conseguiu se manter soberana. Mesmo com influência de reinos, como os Reinos da Hungria e da Croácia, Dubrovnik se manteve livre por séculos.

A República viveu um grande período crescimento, devido ao comércio com o Ocidente e o Oriente. Contudo, em 6 de abril de 1667, um grande terremoto abalou a cidade, matando milhares de pessoas e destruindo muitas construções, mas as muralhas permaneceram de pé.

Centro Histórico de Dubrovnik, Croácia: A Pérola do Adriático!

As estreitas ruas do centro histórico

Depois desse período, a cidade enfraqueceu e foi facilmente conquistada por Napoleão no começo do século XIX, acabando com a autonomia da República. Logo após, a Croácia se tornou parte do Império Austro-Húngaro e Dubrovnik seguiu os rumos da história da Croácia até hoje.

Vale destacar que o centro histórico de Dubrovnik foi declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO em 1979. Mesmo assim, o centro foi bombardeado, sitiado e danificado pelas tropas sérvio-montenegrinas durante a Guerra de Independência da Croácia.

O que vemos hoje no centro histórico é fruto dessa história, muito mais complexa do que mostramos. A UNESCO foi um dos órgãos responsáveis pela restauração do centro como você verá no post de hoje!

 

O que fazer no centro histórico de Dubrovnik

Centro Histórico de Dubrovnik, Croácia: A Pérola do Adriático!

Fonte: Trip and travel news

Há muito que ver e fazer no centro histórico da Pérola do Adriático. O centro histórico de Dubrovnik é completamente envolvido por muros gigantescos, os mais fortes que já vimos. As muralhas começaram a ser construídas no século IX e foram ampliadas com o passar do tempo, até o século XIV.

No passeio pela muralha você vai ter vistas incríveis da cidade e perceber a diferença nos telhados, já que muitos foram reconstruídos. A muralha é absurdamente forte e impressionante!

Centro Histórico de Dubrovnik, Croácia: A Pérola do Adriático!

As muralhas possuem várias torres. Fonte: TripAdvisor

Dentro do centro histórico de Dubrovnik, há forte presença dos estilos gótico, renascentista e barroco, lembrando muito cidades italianas. Vários arquitetos italianos foram contratados para trabalhar na cidade.

A primeira construção que você verá é o Portão Pile de 1537, que chama a atenção pela estrutura forte. Logo depois, está à rua principal, a Stradum, sempre cheia de turistas. A Stradum é uma rua larga, porque foi construída no local que ficou vazio devido ao terremoto de 1667, quando muitos palácios ruíram.

Centro Histórico de Dubrovnik, Croácia: A Pérola do Adriático!

Portão Pile. Fonte: Dubrovnik Croatia

Em toda a Stradum, há muitos monumentos históricos, como a Coluna de Rolando, que fica próxima a Torre do Sino. A coluna foi construída em 1418 e dizem ter sido feita em homenagem a Rolando, que ajudou a defender a cidade de piratas árabes no século VIII.

Assim, a Coluna de Rolando é um símbolo de liberdade. A bandeira da República é posta na coluna em eventos oficiais, mas no Festival de Verão a bandeira “Libertas” é hasteada para abrir o festival. Dubrovnik ainda possui esse sentimento de liberdade.

Centro Histórico de Dubrovnik, Croácia: A Pérola do Adriático!

Stradum. Fonte: TripAdvisor

A Torre do Sino também merece destaque. A torre original foi construída no século XV, mas teve que ser reconstruída por causa de um terremoto. A torre chama atenção pela altura, não muito pela fachada, que é simples.

Contudo, o que mais chama a atenção nessa região é Palácio Sponza, uma construção do século XVI. O Palácio Sponza já serviu de alfândega e de casa da moeda, na época da República de Dubrovnik.

Centro Histórico de Dubrovnik, Croácia: A Pérola do Adriático!

Palácio Sponza, Coluna de Rolando e a Torre do Sino

Com estilo gótico e renascentista, o Palácio Sponza guarda os mais importantes documentos da cidade, mas ele mesmo é importante, uma construção que resistiu aos terremotos e às guerras. A arquitetura lembra muito a dos palácios de Veneza.

Se for para visitar algum palácio, recomendamos conhecer o Palácio do Reitor ou do Governador. Esse palácio já foi destruído e reconstruído muitas vezes e é mais simples do que o Palácio Sponza.

Centro Histórico de Dubrovnik, Croácia: A Pérola do Adriático!

Palácio do Reitor. Fonte: Expedia

Ao seu estilo gótico e renascentista original foram incluídos elementos barrocos. Era no Palácio do Reitor que o governador da República vivia. Atualmente, o palácio abriga o Museu Histórico-cultural, com vários objetos que contam a história de Dubrovnik.

As fontes são muito conhecidas na cidade e forneceram água limpa por séculos. A fonte mais conhecida e impossível de não ser notada é a Grande Fonte de Onofrio, que foi quem a construiu no século XV.

Centro Histórico de Dubrovnik, Croácia: A Pérola do Adriático!

Grande Fonte de Onofrio com a Igreja do Salvador ao fundo

Em uma cidade histórica, não poderiam faltar as igrejas e os monastérios. O Monastério Franciscano é um dos mais interessantes. Construído no século XIV, esse monastério possui muitas riquezas, como seus claustros belíssimos, a terceira farmácia mais antiga da Europa, muitas obras de arte e uma bela igreja.

O Monastério Dominicano é muito procurado pelos fãs de Game of Thrones, já que lá foram gravadas cenas. Mesmo perto da Stradun, o local é super tranquilo, ideal para dar uma descansada.

Centro Histórico de Dubrovnik, Croácia: A Pérola do Adriático!

Monastério Dominicano

Dentro do Monastério Dominicano, o destaque é o jardim, além da coleção de pinturas. Esse monastério mescla diversos estilos arquitetônicos porque começou a ser construído no século XIV e passou por reformas.

Em relação às igrejas, destaca-se a Igreja de Saint Blaise ou Igreja de São Brás de Sebaste. Essa igreja possui estilo barroco e leva o nome do santo padroeiro. A Igreja do Salvador também merece destaque porque desde o século XVI resiste a terremotos e guerras. É uma pequena joia da cidade!

Centro Histórico de Dubrovnik, Croácia: A Pérola do Adriático!

Igreja de São Brás

A Igreja Jesuíta é muito mais recente, sendo uma construção do século XVIII, mas com bastante decoração barroca. Não podemos nos esquecer da Catedral da Assunção da Virgem, que dizem que teve a primeira construção com dinheiro de uma Cruzada, mas a construção atual é do século XVIII.

Há outras fontes, igrejas e monumentos no centro histórico, mas fora dele há uma construção que vale conhecer. É do Forte Lovrijenac (Forte Lourenço), de onde você terá uma vista incrível de Dubrovnik.

Centro Histórico de Dubrovnik, Croácia: A Pérola do Adriático!

Forte Lovrijenac

O Forte Lovrijenac começou a ser construído no século XI. Diz a lenda que os venezianos queriam construir um forte no local para ameaçar Dubrovnik. Enquanto os venezianos voltavam para Veneza, para pegar os materiais necessários, o Forte Lourenço foi construído, isso em 3 meses. Há partes do forte com até 12 metros de espessura!

No portão do Forte está escrito em Latim: “a liberdade não pode ser comprada por todos os tesouros do mundo”, praticamente o tema da cidade.

 

Teleférico de Dubrovnik

Centro Histórico de Dubrovnik, Croácia: A Pérola do Adriático!

Fonte: TripAdvisor

Para conhecer o centro histórico de Dubrovnik por outro ângulo, nada melhor do que subir o Monte Srdj de teleférico. A vista a mais de 400 metros de altura é linda. Além da vista, há o histórico Forte Imperial no local.

O Forte Imperial foi construído pelas tropas de Napoleão, quando dominaram a cidade, no começo do século XIX. O Forte Imperial abriga o Museu da Guerra.

Para mais informações sobre o teleférico, clique aqui.

 

Vídeo com as atrações de Dubrovnik

No vídeo, você poderá ver em mais detalhes os monumentos mencionados no post de hoje, assim como a beleza de Dubrovnik. O vídeo é em inglês, mas as imagens também mostram muito.

 

O que você achou mais interessante no post de hoje? Deixe sua opinião e confira também o episódio do Papo Viagem Podcast sobre Dubrovnik!

Boa viagem, Viajante!

Salvar

Posts que você deve ver também!

Deixe seu comentário!

comentários

error: Conteúdo protegido.